17/02/2017

Wozniacki vence Puig e faz final em Doha

 Depois de uma semana com muita chuva em Doha, as finalistas do WTA Premier do Qatar foram conhecidas nesta sexta-feira. Tanto Caroline Wozniacki quanto Karolina Pliskova precisaram passar por rodadas duplas, vencendo as quartas e semifinais para garantir lugar na decisão do torneio.

Wozniacki e Pliskova duelam às 13h (de Brasília) deste sábado. A dinamarquesa de 26 anos, que está em sua 43ª final e luta pelo 26º título, venceu os três jogos anteriores contra a tcheca de 24 anos que lutará pelo oitavo troféu em 18 finais disputadas. Embora o histórico seja 100% favorável a Wozniacki, todos os embates anteriores foram ao terceiro set.

Na manhã desta sexta-feira, a porto-riquenha Monica Puig venceu o terceiro set da partida contra a russa Daria Kasatkina e completou o jogo com parciais de 4/6, 7/5 e 6/4. Depois disso, ela teve que esperar por quase dez horas para voltar à quadra para enfrentar Wozniacki.

Isso porque o jogo de Wozniacki contra a americana Lauren Davis, que estava marcada para a Quadra 1 e havia sido interrompido após um único game ainda na quinta-feira, teve nova paralisação por chuva ao término do segundo game.

O jogo entre Wozniacki e Davis foi reiniciado após mais de cinco horas de atraso, com muito vento em quadra. A ex-número 1 começou vencendo por 4/1 e perdeu quatro games seguidos, mas depois de salvar dois set points, ela venceu nove dos dez games seguintes para marcar as parciais de 7/5 e 6/1.

Mesmo com apenas 1h30 de descanso, foi Wozniacki quem começou melhor a semifinal contra Puig. Mais adaptada às condições climáticas, a dinamarquesa venceu os quatro primeiros games e fechou o set inicial com ace de segundo serviço Na parcial seguinte, a campeã olímpica foi quebrada no longo quinto game e voltaria a perder o saque, ficando sem forças para reagir. Placar final de 6/1 e 6/2 para a ex-líder do ranking com apenas quatro erros não-forçados.

Do outro lado da chave, Pliskova fez duas partidas na Quadra Central. O duelo contra a chinesa Shuai Zhang pelas quartas de final teve uma longa interrupção por quase cinco horas quando a tcheca vencia por 6/2 e 1/0. Na volta, ela venceu cinco games seguidos rapidamente.

Ao entrar para enfrentar a quinta do ranking Dominika Cibulkova, Pliskova tinha a missão de vencer a eslovaca pela primeira vez depois de três derrotas, além de enfrentar a única atleta que não precisou de rodada dupla nesta sexta-feira. A tcheca disparou 21 aces e anotou 40 winners na vitória por 6/4, 4/6 e 6/3 em 1h53.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Porto vence Portimorense de virada e avança na Taça de Portugal

Dois gols já nos descontos permitiram hoje ao FC Porto virar o resultado e apurar-se para os oitavos de final da Taça de Portugal em fut...