18/11/2017

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

   (Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e se despediu do Trapichão nesta temporada. Audalio, contra, marcou o gol aos 17' do 2º tempo. O jogo valeu pela 37ª rodada e decretou o acesso do Paraná à Série A do Brasileirão 2018. O Portal TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió - 103,7 acompanharam a partida. 

O Galo permaneceu com 45 pontos, na 13ª posição, enquanto o Tricolor chegou aos 63 pontos, subiu para a terceira colocação e não pode mais ser alcançado pelo Londrina, que é o quinto colocado e tem 59 pontos.  

Quem também comemora antecipadamente é o Ceará. O Vozão tem 63 pontos, ocupa a quarta posição e ainda vai jogar contra o Criciúma na noite deste sábado. O Alvinegro é o único representante do Nordeste a subir para a Primeira Divisão neste ano. América-MG e Internacional são os outros dois times do G-4. 

Sem gol

Embalado pela possibilidade do acesso, o Paraná começou atacando logo aos 3'. Robson soltou a bomba de longe e Kölln espalmou. Aos 13', Vitor Feijão chegou pela esquerda, arriscou e Kölln pegou de novo. Aos 17', Boaventura sentiu a coxa e foi substituído por Audalio. O CRB acionava Zé Carlos na frente, mas o atacante foi alvo de várias faltas e não conseguia dar prosseguimento ao lance. Em uma dessas faltas, aos 28', Diego caprichou na cobrança e mandou a bola tirando tinta da trave, na rede pelo lado de fora. Parte da torcia chegou a comemorar, mas a bola não entrou. 


(Foto: Pei Fon / Portal TNH1)

A resposta do Tricolor foi imediata. Aos 29', Zezinho aproveitou bobeira da zaga regatiana e, na cara de Kölln, finalizou para a grande defesa do goleiro. O camisa 11 voltou a assustar aos 38' em cobrança de falta, mas mandou para fora e o placar seguiu inalterado. 

Ficha técnica

CRB

1- Edson Kölln
2- Eduardo (18- Clebinho, aos 20' do 2º tempo)
3- Flávio Boaventura (14- Audalio, aos 16' do 2º tempo)
4- Gabriel
6- Diego
5- Yuri
8- Rodrigo Souza
7- Edson Ratinho
10- Tony
11- Chico
9- Zé Carlos (22- Neto Baiano, aos 20' do 2º tempo)

Técnico: Mazola Jr.

Banco: 12- Bruno, 14- Audalio, 15- Pedro Botelho, 17- Jorginho, 18- Clebinho, 19- Erick Salles, 20- Elvis, 21- Rodolfo, 22- Neto Baiano e 23- Marion.

Paraná

1- Richard
2- Cristovam
3- Maidana
4- Eduardo Brock
6- Rayan
5- Leandro Vilela (16- Gabriel Dias, aos 20' do 2º tempo)
8- Vinícius Kiss
7- Vitor Feijão (18- Felipe Alves, aos 9' do 2º tempo)
10- Renatinho
11- Zezinho (19- Alemão, aos 15' do 2º tempo)
9- Robson

Técnico: Matheus Costa

Banco: 12- Marcos, 13- Artur Jesus, 14- Junior, 15- Igor, 16- Gabriel Dias, 17- Luiz Otavio, 18- Felipe Alves, 19- Alemão, 20- João Pedro, 21- Minho e 22- Giovanny.

Cartão amarelo

Paraná: Zezinho. 

Arbitragem

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CBF/RJ); 

Auxiliar 1: Michael Correia (CBF/RJ);

Auxiliar 2: Silbert Faria Sisquim (CBF/RJ);

4º árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (CBF/RJ).

Inter derrota Goiás fora e segue na briga pelo título da Série B

Ricardo Duarte / Inter,Divulgação

A vitória do Inter por 2 a 0 sobre o Goiás pode ser definida como AC/DC: antes de Camilo, depois de Camilo. O cabeludo camisa 21 entrou no segundo tempo no lugar de Sasha e mudou a cara amarrada de um Inter que simplesmente não conseguia atacar os donos da casa. Com Camilo em campo, o Inter definiu o jogo em dois lances. Com a vitória no Serra Dourada e o tropeço do América-MG no estádio do Café, a equipe de Odair Hellmann chega à última rodada ainda com chances de título na Série B. 

Em um estádio com enormes vazios nas arquibancadas, Goiás e Inter pareciam cumprir um penoso calendário antes das férias no início da partida. No calorão superior a 30° C de Goiânia, o time de Odair Hellmann parecia estar em ritmo de amistoso. Já o Goiás do atacante Nathan Cachorrão, cria da base colorada, desejava carimbar a vaga do Inter à Série A. 
Enquanto os cruzamentos do Goiás zuniam a área de Danilo Fernandes, a equipe de vermelho mal conseguia chegar ao gol de Marcelo Rangel. Além disso, a saída de bola do Inter parecia mais o Jogo dos Sete Erros. Foram raras as vezes em que laterais e zagueiros conseguiram conduzir a bola com alguma qualidade até o meio-campo. 

O Inter precisou de 31 minutos para dar um bom chute a gol. Damião fez a jogada em frente à área e levantou para D'Alessandro, que pegou de primeira e obrigou Rangel a fazer uma difícil defesa. A segunda metade do primeiro tempo redimiu o começo de jogo do Inter. Aos, 43 minutos, Thales marcou um bole gol após cobrança de escanteio, mas a arbitragem anulou, marcando falta de ataque no lance anterior.

O primeiro tempo chegou ao fim com o Inter um pouco melhor do que o Goiás, mas sem qualquer inspiração.

De volta ao jogo para o segundo tempo, o Goiás fez 1 a 0 logo aos três minutos. Porém, o gol foi anulado. O paranaense Héber Roberto Lopes marcou alguma irregularidade que não ficou clara na jogada que antecedeu ao gol. Houve muita reclamação dos jogadores do Goiás. Ninguém entendeu a marcação. 

Com o placar de volta ao 0 a 0, o sistema defensivo do Inter seguiu um convite ao ataque adversário. Aos 10 minutos, Carlos Eduardo - meia que interessa ao Inter para 2018 - passou fácil pela zaga colorada, invadiu a área, ficou cara a cara com Danilo Fernandes e o goleiro colorado fez mais uma defesa salvadora.

Aos 12 minutos, Camilo substituiu Sasha. Um minuto depois, um momento de lucidez no ataque. D'Alessandro ergueu a bola para Camilo, que com um toque tirou a zaga e o goleiro da jogada, encontrando Pottker livre na pequena área. E o camisa 99 apenas empurrou para o gol.

Definitivamente, o time de Hellmann com Camilo no lugar de Sasha destravou, abriu os caminhos, foi ao ataque. E ampliou. O cabeludo meia recebeu a bola na risca do meio-campo, ergueu os olhos e bateu em curva. Um lançamento perfeito, atrás da zaga, e nos pés de Pottker, que correu área adentro e bateu na saída de Rangel: 2 a 0. Com o placar encaminhado, o Inter passou a administrar o jogo e conseguiu defini-lo sem maiores sustos. 

A vitória colorada somada ao empate do América-MG com o Londrina, no Estádio do Café, mantém o Inter com chances de ser campeão na última rodada da Série B. Dois pontos atrás do líder, América-MG, o Inter precisa vencer o Guarani no Beira-Rio e torcer por empate em Belo Horizonte entre América-MG e CRB.

Brasil vence Paraguai e está na final do Sul-Americano sub-15

No primeiro jogo mata-mata deste Sul-Americano Sub-15, a Seleção Brasileira manteve os 100% de aproveitamento na competição. Peglow e Diego fizeram os gols do 2 a 1 em cima do Paraguai nesta sexta-feira, em Mendoza, no Estádio Malvinas Argentinas.
A vitória desta noite garantiu ao Brasil a vaga na final da competição. A Seleção enfrentará a Argentina, dona da casa, que derrotou o Peru por 4 a 1. A decisão será no domingo, às 19h45 (20h45 de Brasília), em San Juan.
O JOGO
Diante de um adversário que mostrou desde o início sua proposta para o jogo desta semi-final, imposição física e bolas longas, a Seleção Brasileira Sub-15 soube trabalhar bem a bola para ser fatal no primeiro tempo.
Quem abriu o placar foi o atacante Peglow. Camisa 9 e goleador desta Sub-15, ele aproveitou o belo passe do lateral-direito Cadu, se livrou do marcador e bateu no canto do goleiro paraguaio.
Depois foi a vez do camisa 18, Diego, ampliar para o Brasil. Reinier ganhou a disputa de cabeça após o tiro de meta, Peglow tocou para a esquerda e achou o companheiro de ataque livre. Aí foi só tirar do goleiro e correr para o abraço.
No segundo tempo, os paraguaios vieram com tudo para o ataque e conseguiram descontar. Foi o suficiente para eles se lançarem ao ataque, o que obrigou a defesa brasileira a trabalhar.
Em três lances de contra-ataque, o Brasil teve chances de ampliar, mas a bola não entrou e o placar não se alterou. Fim de papo: 2 a 1 para a Seleção e vaga na final garantida.

CSKA Moscou vence Energiya Khabarovsk e encosta nos líderes


À atenção do Benfica: CSKA vence lanterna-vermelha da liga russa

O CSKA Moscou venceu hoje o Energiya Khabarovsk, por 4-2, fora de casa, em jogo da 17.ª jornada da liga russa de futebol, a quatro dias de receber o Benfica na Liga dos Campeões.

Na casa do lanterna-vermelha do campeonato, o conjunto moscovita entrou no encontro a perder, com um gol do ucraniano Denys Dedechko, aos cinco minutos, mas conseguiu dar a volta ao resultado, por Alan Dazgoev (12) e pelo sueco Pontus Wernbloom (74).

O Energiya Khabarovsk ainda chegou ao empate já dentro dos 10 minutos finais, pelo sérvio Miroslav Markovic (81), antes de Wernbloom (83) e o brasileiro Vitinho (90+3) darem o triunfo ao CSKA.

Com mais um jogo disputado, o CSKA subiu ao terceiro lugar, com mais dois pontos do que o Krasnodar e a quatro do líder Lokomotiv Moscou e a um do Zenit. O Energiya Khabarovsk é último, com apenas 12 pontos.

Na quarta-feira, na quinta jornada do Grupo A, o Benfica, ainda sem pontuar, visita o terreno do CSKA Moscovo, que tem seis, os mesmos do Basileia, que recebe o Manchester United.

Suárez brilha e o Barcelona derrota Leganés fora de casa


Luis Suarez interrompe seca de golos e bisa no triunfo do Barcelona

O uruguaio Luis Suárez brilhou marcando hoje dois gols no triunfo do FC Barcelona sobre  o Leganés, por 3-0, fora de casa, com o clube catalão a manter-se invicto na liga espanhola de futebol, após 12 encontros.

Num encontro em que o Leganés até fez mais remates do que os ‘blaugrana’, o avançado uruguaio, que estava há mais de 500 minutos sem marcar, foi decisivo, aproveitando duas defesas incompletas de Ivan Cuellar, aos 28 e 60 minutos, antes de o brasileiro Paulinho fechar o marcador, aos 90.

Este resultado mantém o FC Barcelona, que teve Nelson Semedo no 'onze' e apenas empatou um jogo, isolado no topo da classificação, com mais sete pontos do que o Valência, que tem menos um jogo disputado, com os dois primeiros a defrontarem-se na próxima ronda, num encontro em que os ‘culés’ não vão poder contar o central Piqué, castigado.

O ‘barça’ tem agora 11 pontos de avanço sobre o Real Madrid e o Atlético de Madrid, equipas que se defrontam ainda hoje no estádio dos ‘colchoneros’.

O Leganés segue no nono lugar, com 17 pontos, mais um do que o Getafe, que goleou hoje o Alavés, 18.º e antepenúltimo, por 4-1.

Com Antunes a titular, o Getafe chegou aos 4-0, com golos de Markel Bergara (06 minutos), Jorge Molina (09), de grande penalidade, e um ‘bis’ de Angel (53 e 64), tendo o venezuelano Christian Santos (81) reduzido.

Piloto britânico morre em acidente de moto no GP de Macau

O piloto britânico Daniel Hegarty morreu neste sábado na prova de moto do GP de Macau, na China. Ele sofreu grave acidente na sexta volta da corrida de rua, que conta também com outras categorias, não resistiu aos ferimentos e faleceu no caminho até o hospital, segundo a organização da prova. Hegarty, de 31 anos, perdeu o controle da sua moto, da equipe Topgun Racing Honda, e foi arremessado com força contra as barreiras do traçado de rua. O impacto foi tão violento que o piloto perdeu o capacete no acidente e permaneceu inerte no asfalto. Ele recebeu atendimento médico na hora, mas não resistiu a caminho do hospital. 

A corrida foi interrompida imediatamente após o acidente fatal e não teve reinício. O piloto Glenn Irwin, da Irlanda do Norte, foi declarado o vencedor da prova. Era a segunda participação de Hegarty na prova anual. Na edição do ano passado, ele terminou no 16º lugar. "A família de Daniel já foi informada e a organização vai garantir toda a assistência a eles. O GP de Macau estende as suas mais profundas condolências aos familiares e amigos de Daniel", informou a organização da corrida. Não é a primeira vez que a corrida de moto do GP de Macau acaba com tragédia. Disputada desde 1954, a prova foi palco da morte do português Luis Carreira, também de moto, na edição de 2012. Ele morreu em acidente sofrido no treino classificatório.  

Daniel Hegarty durante uma volta no circuito de Macau

Fonte: Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/11/esportes/596975-piloto-britanico-morre-em-acidente-de-moto-no-gp-de-macau.html)

LeBron brilha, Cavaliers vence a 4ª seguida e embala na NBA

LeBron James busca a cesta para o Cleveland Cavaliers contra o Los Angeles Clippers

Ganhando embalo na temporada regular da NBA, o Cleveland Cavaliers contou com grande parceria entre LeBron James e Kevin Love para vencer a quarta seguida e confirmar a reação. Com a dupla brilhando na noite desta sexta-feira, os atuais vice-campeões derrotaram o Los Angeles Clippers por 118 a 113, na prorrogação, em casa. LeBron anotou um "double-double" ao registrar 39 pontos - foi o cestinha da partida - e 14 rebotes. Kevin Love marcou 25 pontos e Dwyane Wade, que começou a partida no banco de reservas, contribuiu com 23 pontos e 11 rebotes. A atuação do trio permitiu a grande reação do Cavaliers diante de sua torcida. 

O time anfitrião esteve atrás no placar durante a maior parte do jogo, mas buscou a virada na prorrogação. Com a reação também no campeonato, o Cavaliers soma agora nove vitórias e sete derrotas, subindo para o sétimo lugar da Conferência Leste. Já o Clippers vem em sentido contrário. O time de Los Angeles acumula sete revezes consecutivos. No total, tem nove, e apenas cinco vitórias. Assim, é o 12º colocado na Conferência Oeste. Nesta sexta, a equipe que começou a temporada com quatro triunfos em sequência foi liderada por Blake Griffin e seus 23 pontos. 

DeAndre Jordan registrou um "double-double" de 20 pontos e 22 rebotes. No Texas, o San Antonio Spurs também conquistou vitória suada na noite de sexta, diante de sua torcida. Os anfitriões bateram o Oklahoma City Thunder por 104 a 101, sob o comando de LaMarcus Aldridge, responsável por 26 pontos. Danny Green anotou 17 points e Pau Gasol contribuiu com 14, ajudando os anfitriões a recuperar uma desvantagem de até 23 pontos no placar para superar o rival. 

O bom resultado em casa levou o Spurs à marca de 10 vitórias - tem seis derrotas -, ocupando o quarto posto do lado Oeste. O Thunder, que vinha de três triunfos consecutivos, soma sete vitórias e oito derrotas, aparecendo em nono lugar na mesma tabela. Pela mesma rodada, Raulzinho teve grande noite nesta sexta. Embora não tenha conseguido evitar a derrotar do Utah Jazz para o Brooklyn Nets por 118 a 107, o brasileiro fez sua melhor partida na NBA. Ele foi o cestinha dos visitantes, com 22 pontos, mesmo saindo do banco de reservas. 

Com sua melhor marca na NBA, Raulzinho substituiu o espanhol Rick Rubio, um dos principais jogadores do Jazz, que agora aparece na 11ª colocação da Conferência Oeste, com seis vitórias e dez derrotas. O Nets tem seis triunfos e nove revezes, no 12º posto da Conferência Leste. 

Confira os resultados da noite desta sexta-feira: 

Indiana Pacers 107 x 100 Detroit Pistons Washington Wizards 88 x 91 Miami Heat Brooklyn Nets 118 x 107 Utah Jazz Cleveland Cavaliers 118 x 113 Los Angeles Clippers Toronto Raptors 107 x 84 New York Knicks Chicago Bulls 123 x 120 Charlotte Hornets San Antonio Spurs 104 x 101 Oklahoma City Thunder Dallas Mavericks 87 x 111 Minnesota Timberwolves Sacramento Kings 86 x 82 Portland Trail Blazers Denver Nuggets 146 x 114 New Orleans Pelicans Los Angeles Lakers 113 x 122 Phoenix Suns 

Acompanhe os jogos deste sábado: 

Charlotte Hornets x Los Angeles Clippers Orlando Magic x Utah Jazz Atlanta Hawks x Boston Celtics Philadelphia 76ers x Golden State Warriors Memphis Grizzlies x Houston Rockets Dallas Mavericks x Milwaukee Bucks Portland Trail Blazers x Sacramento Kings 

Fonte: (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/11/esportes/596971-lebron-brilha-e-cleveland-cavaliers-vence-a-4-seguida-na-nba.html)

Bayern de Munique vence Augsburg e dispara na liderança do Campeonato Alemão


Alemanha: Lepizig empata; Bayern vence e isola-se ainda mais na liderança

O Bayern Munique disparou na liderança do Campeonato alemão de futebol, ao vencer o Augsburg por 3 a 0 e ao beneficiar-se do empate do Leipzig com o Bayer Leverkusen, na 12.ª jornada.

Na visita ao Leverkusen, o Leipzig esteve duas vezes em vantagem, com gols apontados na conversão de grandes penalidades, mas acabou por ceder um empate 2-2, que o mantém no segundo lugar da ‘Bundesliga’, mas com menos seis pontos do que o Bayern.

Timo Werner e Emil Forsberg marcaram os golos dos visitantes, aos 13 e 52 minutos, ‘anulados’ por tentos de Leon Balley, aos 44, e Kevin Volland, aos 74, este numa altura em que a equipa da casa jogava reduzida a 10, devido à expulsão de Benjamin Henrichs, que esteve envolvido no lance da segunda grande penalidade.

A jogar em casa, o pentacampeão Bayern Munique impôs-se ao Augsburgo por 3-0, com um gol de Arturo Vidal (31) e dois de Robert Lewandowski (38 e 49).

O Hoffenheim, adversário do Sporting Braga na Liga Europa, empatou 1-1 na visita ao Eintracht Frankfurt e ascendeu ao quarto lugar, em igualdade pontual com o Borussia Dortmund, derrotado na sexta-feira pelo Estugarda (1-0), e com o Schalke 04 que só joga no domingo.

O Colónia, que ainda não venceu e ocupa a última posição com apenas dois pontos, perdeu por 1-0 na visita ao Mainz, que chegou ao gol na sequência de um penálti de Daniel Brosinki (43) e jogou os últimos 20 minutos reduzido a 10, devido à expulsão de Giulio Donati (71).

O Wolfsburg impôs-se em casa por 3-1 ao Friburgo, que se mantém abaixo da ‘linha de àgua’, com um ‘bis’ de Yunus Mali (29 e 70) e um golode Yannick Gerhardt (três), enquanto Bartosz Kapustka marcou para a equip visitante, aos 68.

Ainda hoje o Hertha Berlim recebe o Borussia Mönchengladbach, e no domingo disputam-se os últimos dois encontros da 12.ª jornada.

17/11/2017

Porto vence Portimorense de virada e avança na Taça de Portugal


FC Porto vira resultado nos descontos e apura-se para 'oitavos' da Taça

Dois gols já nos descontos permitiram hoje ao FC Porto virar o resultado e apurar-se para os oitavos de final da Taça de Portugal em futebol, ao vencer no Dragão o Portimonense por 3-2.

Um gol de Danilo, logo aos cinco minutos, parecia encaminhar o FC Porto para uma exibição tranquila, mas os algarvios reagiram e atingiram o intervalo já em igualdade, depois do golo de Wellington, aos 30, tendo Pedro Sá, aos 69, operado a primeira reviravolta no marcador.

Numa altura em que a eliminação parecia inevitável, o FC Porto, a jogar já com mais um elemento em campo devido à expulsão de Felipe Macedo, aos 78, conseguiu virar o jogo, com golos nos descontos de Aboubakar (90+1) e de Brahimi (90+6), assegurando assim a presença na próxima ronda da prova.

Monaco empata com Amiens e pode ficar mais distante do líder PSG


França: Mónaco surpreendido em Amiens

O Mónaco, atual campeão francês de futebol, não conseguiu melhor do que um empate 1-1 em Amiens, ante uma das equipas do fim da tabela da liga gaulesa, mas hoje muito combativa.

O Amiens, apenas 17.º classificado, chegou ao intervalo a ganhar, com um golo de um antigo jogador do Mónaco, Gakpé, aos 31 minutos. Na segunda parte, Leonardo Jardim foi forçado a mudar a equipa e uma das substituições foi a entrada de Jovetic, autor do empate, aos 67 minutos.

Os monegascos manterão o segundo lugar, com 29 pontos em 13 jornadas, mas arriscam-se ver 'fugir' ainda mais o Paris Saint-Germain, que já tem 32, e aproximar-se o Lyon, atual terceiro com 25.

Rony Lopes foi titular na equipa do principado e saiu ao intervalo.

Também hoje, o Lille recebeu e bateu o Saint-Etienne, por 3-1. Golos de Pépé, Thiago Mendes e Ponce, para o Lille, e de Bamba para os 'stephannois', este de grande penalidade.

Chapecoense vence Vitória e se garante na Série A

Em um ano sofrido e de reconstrução, a Chapecoense conseguiu garantir a permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O time catarinense recebeu o Vitória na Arena Condá, pela 35ª rodada, e venceu por 2 a 1, atingindo a marca de 47 pontos.

Com a vitória, a Chapecoense chega à nona colocação e pode até sonhar com uma vaga na Libertadores como objetivo para as três últimas rodadas.
O Vitória, com 39 pontos, é o primeiro time fora da zona do rebaixamento, ficando na frente da Ponte Preta apenas pelo saldo gols (-8 a -11 para os baianos).
PRIMEIRO TEMPO EMPATADO
Mesmo com muita chuva e gramado pesado em Chapecó, o jogo foi corrido no primeiro tempo e o Vitória saiu na frente aos 19 minutos com David. O goleiro Jandrei errou ao sair jogado e entregou a bola nos pés do atacante rubro-negro que invadiu a área e bateu no canto esquerdo para abrir o placar.

A resposta da Chapecoense veio cinco minutos mais tarde. Reinaldo cobrou escanteio e o atacante Arthur Caike se antecipou à marcação e completou de cabeça na primeira trave para empatar a partida.

DEU CHAPE NO FINAL
Na segunda etapa, o time da casa cresceu de rendimento e seguiu atacando em busca da virada. De tanto insistir, aos 32 minutos, Reinaldo cobrou falta, o goleiro Fernando Miguel espalmou e Túlio de Melo, de cabeça, marcou o segundo gol.
A pressão continuou mesmo após o gol e por muito pouco Arthur Caike não marcou mais um. No minuto seguinte ao gol, ele aproveitou cruzamento de Apodi e cabeceou na trave.
O Vitória respondeu na mesma moeda e, na melhor chance que teve no segundo tempo, parou na trave. Patric cruzou e André Lima completou de cabeça para acertar o poste e perder a grande chance de evitar mais uma derrota do time baiano.
PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Vitória recebe o Cruzeiro no Barradão, em Salvador (BA), e a Chapecoense enfrenta o Atlético-GO, no Serra Dourada, em Goiânia (GO).

16/11/2017

Bahia vence Santos de virada e encosta no G-7

O Santos perdeu de virada para o Bahia pelo placar de 3 a 1, em partida realizada na noite desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, pela 35ª rodada do Brasileirão. Apesar do tropeço, o time paulista segue ainda dentro do G4.

O Santos terminou a rodada, com 56 pontos, cinco na frente do Botafogo, primeiro fora da zona de classificação para a Fase de Grupos da Libertadores. Já o Bahia aparece em nono, com 59, um a menos do que o Flamengo.
PEIXE NA FRENTE!
Buscando surpreender o Bahia em Salvador, o Santos partiu para cima e abriu o marcador logo aos 16 minutos. David Braz apareceu de surpresa ao ataque e cruzou rasteiro para Bruno Henrique, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.
Mas não deu tempo para comemorar. O Bahia foi buscar o empate aos 21 minutos. Zé Rafael foi derrubado na área por Lucas Veríssimo e o árbitro marcou penalidade máxima. Mendoza foi para a cobrança e deixou tudo igual. O time paulista ainda tentou esboçar uma pressão, mas o primeiro tempo terminou em 1 a 1.
Bahia vence o Santos em casa - Jayme Brandão/Bahia
Bahia vence o Santos em casa
TOMOU A VIRADA
Na etapa final, o Bahia cresceu e marcou o segundo aos nove minutos. Zé Rafael puxou o contra-ataque e cruzou para Mendoza. Alison entrou no meio do caminho, tentou cortar, e jogou contra o próprio gol.
Quando o Santos dava esperança de que empataria o duelo, o Bahia marcou o terceiro. Aos 31 minutos, Edigar Junior apareceu livre dentro da área, mas foi parado por Jean Mota, pênalti. O próprio artilheiro bateu de deu números finais ao confronto.
PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Bahia enfrenta o Sport no domingo, às 17h, na Ilha do Retiro, em Recife (PE). No mesmo dia, às 19h, o Santos recebe o Grêmio na Vila Belmiro, na Baixada Santista.

15/11/2017

Corinthians vence Fluminense de virada e é heptacampeão brasileiro

Com três rodadas de antecedência, em sua Arena, o Corinthians conquistou o heptacampeonato do Campeonato Brasileiro ao vencer o Fluminense por 3 a 1 com destaque para o atacante Jô, artilheiro do torneio, que marcou dois gols e chegou a 18.

Logo no primeiro minuto de jogo, após escanteio cobrado pela esquerda, por Marcos Júnior, o zagueiro ex-Palmeiras Henrique, de cabeça, marcou o primeiro do jogo, já que o goleiro Caíque França, embaixo das traves, não conseguiu fazer a defesa.

O Corinthians passou a controlar mais o jogo e com cinco minutos, também após escanteio, Pablo teve a chance, mas cabeceou por cima do gol. Aos 21 minutos, após cruzamento, foi a vez de Scarpa cabecear com perigo para o time carioca, mas a bola bateu em Guilherme Arana e não chegou ao gol corintiano.

Grêmio derrota São Paulo por 1 a 0 e garante vaga na Libertadores

A Conmebol Libertadores Bridgestone de 2018 promete e muito. Na noite desta quarta-feira (15 de novembro), o Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0, em duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse placar, o Imortal garantiu vaga pelo menos na primeira fase da Libertadores do próximo ano. Com 61 pontos, a equipe não pode mais deixar o G-7.

O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Kanemann, ainda no primeiro tempo. O resultado deixa o São Paulo ainda mais longe de uma vaga na próxima edição da Libertadores. O Imortal fica na 11ª colocação, com 45 pontos somados.
False

14/11/2017

Boa Esporte derrota Luverdense e praticamente garante permanência na Série B

A luta do Luverdense para fugir do rebaixamento fica ainda mais desesperadora. O clube foi derrotado em casa pelo Boa Esporte na noite desta terça-feira, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Passo das Emas, em

Lucas do Rio Verde-MT, o Boa Esporte venceu por 1 a 0 e praticamente garante sua permanência na Série B do ano que vem.
Com a derrota, o Luverdense segue na zona de rebaixamento, com 40 pontos, a três do Guarani, primeiro time fora da degola. Já o Boa Esporte vai a 46 pontos, ficando em 11º, com uma vantagem de seis pontos e seis posições para o Z4.
DE TIRAR O FÔLEGO
Os times fizeram um primeiro tempo de muitas chances de perigo para ambos os lados. As primeiras grandes chances foram do Luverdense. Aos 2 minutos, Marco Aurélio cobrou falta com perigo. Após os mandantes perderem nova chance aos 16 minutos, o Boa Esporte respondeu aos 24, com cruzamento venenoso de Escobar, mas a bola foi para fora.

Luverdense perde em casa e vê rebaixamento mais de perto
Luverdense perde em casa e vê rebaixamento mais de perto
O jogo ficou lá e cá. Aos 25 minutos, Marco Aurélio fez outra boa falta e o goleiro teve que trabalhar. Aos 33 minutos foi a vez do Boa esporte assustar com bola parada, de Reis, que passou tirando tinta.
Após ver o Luverdense acertar o travessão aos 34 minutos, com Rafael Ratão, os visitantes reagiram e abriram o placar aos 41 minutos. Em contra-ataque, Thaciano apareceu para empurrar para o gol. Para evitar o empate, Fabrício fez grande defesa no último lance do primeiro tempo, em chute de Aderlan de primeira.
TENSÃO PURA
Com muitos erros de passes, o ritmo do jogo diminuiu na segunda etapa. Com o Boa Esporte no campo de defesa, o Luverdense encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Aos 5 minutos, os mandantes assustaram em cabeceio de Aderlan, que foi para fora. Já aos 25 foi a vez de Marcos Aurélio arriscar em falta de longe e contar com desvio, mas Fabrício caiu para defender.
Desesperado, o Luverdense tentou atacar de todas as formas nos minutos finais, enquanto o Boa Esporte se fechou na defesa e, quando possível, tentou prender a bola no campo de ataque. A reta final do confronto foi tensa e ficou nisso, vitória do Boa Esporte por 1 a 0.
PRÓXIMOS JOGOS
Na penúltima rodada, o Luverdense jogará fora de casa, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, às 19h15 da próxima sexta-feira. Já o Boa Esporte entrará em campo na 37ª rodada para enfrentar o Brasil de Pelotas, no estádio do Melão, em Varginha-MG, às 17h30 do próximo sábado.

América-MG vence Juventude e se aproxima do título da Série B

O América Mineiro colocou uma mão no título do Campeonato Brasileiro da Série B na noite desta terça-feira ao derrotar o Juventude pelo placar de 1 a 0, em partida realizada na Arena Independência, pela 36ª rodada.
Com o resultado, o América se isolou na liderança da Série B, com 69 pontos, quatro na frente do Internacional. Já o Juventude ficou estacionado na em oitavo, com 50.
LÁ E CÁ!
O América Mineiro entrou em campo sabendo do tropeço do Internacional frente ao Oeste e partiu para cima do Juventude. Logo aos três minutos, Neto Moura avançou pela direita e cruzou para Giovanni, que cabeceou rente à trave de Matheus Cavichioli.
O time mineiro seguiu pressionando e perdeu boas oportunidades de abrir o placar. Aos 20 minutos, Luan foi lançado em velocidade e soltou a bomba. Micael desviou e por muito pouco a bola não parou no próprio gol. Bill também teve a chance de marcar, mas Matheus saiu para afastar o perigo.
Sem mais chances de conquistar o acesso, o Juventude não teve pressa para ameaçar o América. Na última tentativa do time, João Paulo quase acertou um peixinho para colocar o time gaúcho na frente do placar.
América-MG fica com uma mão na taça da Série B - Mourão Panda / América
América-MG fica com uma mão na taça da Série B
SAIU
No segundo tempo, o América-MG foi com tudo para cima do Juventude. De tanto presisionar, o time mineiro chegou ao gol aos 30 minutos. Pará é acionado pelo lado esquerdo e cruzou. A bola vinha na direção de Matheus, mas Maurício tentou cortar e acabou jogando contra o próprio gol.

E o América por muito pouco não fez o segundo logo na sequência. Renan Oliveira fez boa jogada e cruzou para Pará. O lateral pegou de primeira, mas mandou pela linha de fundo. Depois foi a vez de Bill tentar. O atacante, porém, parou na defesa do goleiro Matheus.
A situação do América melhorou ainda mais aos 43 minutos. Caprini entrou com sola em Juninho e acabou expulso. Mesmo com um jogador a menos, o Juventude quase empatou. Ramon dominou e chutou no canto esquerdo de João Ricardo, que pulou para salvar a equipe mineira.
PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Juventude enfrenta o Figueirense na sexta-feira, às 21h30, no Estádio Alfreco Jaconi (RS). No sábado, às 17h, o América-MG visita o Londrina no Estádio do Café, em Londrina (PR).

Internacional segura empate com o Oeste e confirma acesso

O Internacional carimbou na noite desta terça-feira o retorno para a elite do futebol brasileiro. O time gaúcho segurou um empate sem gols diante do Oeste, em plena Arena Barueri, pela 36ª rodada da Série B, para carimbar o passaporte. No entanto, vê a chance de título ficar cada vez mais longe.

Com o tropeço, o Internacional, que já não vence há quatro rodadas, fica na vice-liderança, com 65 pontos. O Oeste, por sua vez, vê a possibilidade de acesso ficar distante. Atualmente, o time paulista soma 58, ainda com chances matemáticas de subir.
TRUNCADO
O jogo entre Oeste e Internacional prometia ser o melhor da antepenúltima rodada da Série B, mas fizeram um jogo muito truncando, com pouca inspiração na Arena Barueri. O time da casa veio com uma postura defensiva e não deu espaço para o adversário, que encontrou inúmeras dificuldades e assustou apenas uma vez nos 45 minutos iniciais, em um chute de William Pottker, pela linha de fundo.
O Oeste tentava encaixar o contra-ataque. O time paulista foi cuidado para não sofrer gol, mas precisava sair se quisesse seguir com chances de conquistar o acesso. A melhor oportunidade saiu apenas aos 42 minutos. William Cordeiro puxou pelo pé direito e encheu o pé para grande defesa de Danilo Fernandes.
Internacional comemora o acesso à Série A do Brasileiro
Internacional comemora o acesso à Série A do Brasileiro
SUBIU!
O panorama do segundo tempo não mudou muito. Enquanto o Internacional se mostrava satisfeito com o empate que o levava para a elite do Brasileirão, o Oeste se abria em busca do resultado. Mas foi Edenilson que chegou de surpresa e exigiu uma boa defesa de Rodolfo.
Roberto Cavalo, então, abriu mão do esquema defensivo, tirou Danielzinho e Velicka e colocou Jheimy e Robert para dar fogo na partida. O Oeste saiu com tudo para cima do Internacional, que se fechou todo para segurar o empate.
O Oeste pressionou no Inter, mas na melhor tentativa Mazinho parou em Danilo Fernandes. O lance ainda deu um contra-ataque de bandeja para o Internacional. Carlos saiu de frente para Rodolfo, porém, chutou para fora.
PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Internacional visita o Goiás no sábado, às 17h, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). No mesmo dia, às 17h30, o Oeste visita o ABC no Frasqueirão, em Natal (RN).

13/11/2017

FOTOS DAS MUSAS DO BRASILEIRÃO 2017

De cinco em cinco, as beldades foram apresentadas ao público. Patricia Monteiro (Vasco), Fernanda Delosi (São Paulo), Camila Amaral (Santos), Andressa Leite (Palmeiras) e Jéssica Maciel (Internacional) foram as primeiras a desfilar.
Em seguida, Marilisy Antonelli, representante do Grêmio, que tem a atual campeã do concurso, abriu a segunda leva:, Bianca Leão (Fluminense), Luana Barreto (Flamengo), Gabriela Avila (Figueirense) e Renata Robini (Cruzeiro).
Quem quer baixar as fotos de musas brasileirão lindas aproveitem, pois as fotos das musas do brasileirao são atuais.
Entre uma reportagem e outra, as meninas bateram um papo com os apresentadores e falaram um pouco sobre a responsabilidade de representar o time de coração. Na sequência, mais cinco musas: Larissa Gomes (Coritiba), Taiana Vasconcelos (Ceará), Caroll Marques (Botafogo), Dani Mangá (Bahia) e Cíntia Müller (Avaí).
Para finalizar, Nádia Kelly (Atlético-PR), Mirian Barbosa (Atlético-MG), Paula Aires (Atlético-GO) e Flávia Lucas (América-MG). A representante do Corinthians, Thalita Bellotti, não esteve presente no estúdio do programa.

Fotos das Musas do brasileirão 2017

* Não há foto da musa do Corinthians. Ela não esteve presente no estúdio do Esporte Espetacular no último domingo (4/09)
Fotos das Musas do brasileirão 2017
Flávia lucas – América-MG
Paula aires – Atlético-GO
Mais fotos e vídeos das gatas do brasileirao 2017
Mirian Barreto – Atlético-MG
Nádia Kelly – Atlético-PR
Cintia Müller – Avaí
Dani Mangá – Bahia
Caroll Marques – Botafogo
Taiana Vasconcelos – Ceará
Thalita bellotti – Corinthians
Renata Robini – Cruzeiro

Larissa Gomes – Coritiba
Larissa Gomes - Coritiba
Larissa Gomes – Coritiba
Gabriela Ávila – Figueirense
Luana Barreto – Flamengo
IMAGENS DA MUSA DO FLAMEGO 2017
Bianca Leão – Fluminense
Marilisy Antonelli – Grêmio
Jéssica Maciel – Internacional
Andressa Leite – Palmeiras
Camila Amaral – Santos
Fernanda Delosi – São Paulo
Patricia Monteiro – Vasco
Paula Aires, musa do Atlético-GO

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Ma...