Kerber sofre, mas vence Tsurenko e avança em Melbourne

Sob a pressão de defender o título e a liderança do ranking, e vindo de duas derrotas no aquecimento para o Australian Open, a alemã Angelique Kerber deixou escapar uma vitória fácil e precisou lutar por três sets antes de enfim superar a ucraniana Lesia Tsurenko, 61ª do ranking, por 6/2, 5/7 e 6/2.

Kerber teve de salvar um break-point logo no seu primeiro game de serviço, mas depois de ver Tsurenko fazer 2/1 ganhou sete games consecutivos sem sair de perto da linha de base e usando seu melhor, que é a troca perfeita de direções, principalmente na paralela com forehand. 

A ucraniana até elevou o nível no segundo set, mas a situação parecia dominada quando Kerber chegou a 5/4 com saque a favor. Teve até match-point, mas aí vacilou, Tsurenko ficou valente e conseguiu levar ao terceiro set. Kerber salvou um break-point que poderia complicar tudo no terceiro game e em seguida obteve a quebra que facilitou sua vida. Na segunda rodada, enfrentará a compatriota Carina Witthoeft.

Além da atuação firme, Kerber também pode comemorar a queda de duas adversárias que poderiam ser perigosas mais à frente. A russa Daria Kasatkina, que derrotou a número 1 do mundo há poucos dias, não passou da estreia ao cair diante da chinesa Shuai Peng, por 6/0 e 7/6 (7-5). No mesmo setor, a veterana Roberta Vinci não aguentou o jogo pesado da norte-americana CoCo Vandeweghe e perdeu por 6/1 e 7/6 (7-3).

Com bom histórico na Austrália, a espanhola Carla Suárez entrou com dúvidas sobre seu físico, mas teve uma estreia muito firme e despachou a eslovaca Jana Cepelova, por duplo 6/2. Agora, pega a experiente romena Sorana Cirstea.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul