Barthel vence Pereira e avança no quali do Australian OPen

A sexta-feira no Melbourne Park terminou mal para os brasileiros. Assim como aconteceu com os outros dois compatriotas que entraram em ação pela segunda rodada do quali do Australian Open, a pernambucana Teliana Pereira também foi eliminada, perdendo para a alemã Mona Barthel com direito a "pneu" no primeiro set.

Teliana não resistiu à germânica e acabou derrotada com parciais de 6/0 e 6/4, em apenas 68 minutos de partida. E ela não foi a única a levar um "pneu" nesta sexta, situação que também aconteceu na eliminação do gaúcho Guilherme Clezar, superado pelo experiente francês Julien Benneteau. 

A pernambucana começou bem mal na partida e venceu apenas oito pontos em todo o primeiro set, contra 26 de Barthel. Na segunda parcial, Teliana conseguiu equilibrar mais o panorama do jogo, mas não o suficiente para reagir e acabou mesmo superada pela alemã, atual 150ª do mundo, mas que já foi a 23ª.

Completa a lista de representantes nacionais derrotadas no classificatório do primeiro Grand Slam da temporada a campineira Paula Gonçalves, que até chegou a liderar a partida contra a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, quinta mais bem cotada, mas levou a virada depois. 

Agora, o gaúcho André Ghem é o único brasileiro ainda vivo na chave, precisando de apenas uma vitória para disputar seu primeiro Slam da carreira. Seu oponente será o italiano Thomas Fabbiano, cabeça de chave 31, em duelo inédito no circuito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul