13/06/2017

Náutico leva virada do Paraná e segue sem vencer na Série B

O calvário do Náutico parece não ter fim. Amargando a lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, o time pernambucano não conseguiu encerrar o jejum de vitórias ao ser derrotado nesta terça-feira pelo Paraná, por 2 a 1, em plena Arena Pernambuco, pela sétima rodada. Essa foi a gota d’água para os torcedores, que protestaram contra o técnico Waldemar Lemos.
Ainda sem saber o que é vencer no campeonato, o Náutico somou apenas dois pontos em sete jogos e começa a ver os adversários na luta contra o rebaixamento abrirem vantagem. Por outro lado, o Paraná encerrou um jejum de quatro jogos sem vitória e chegou aos nove pontos, encostando nos primeiros colocados.
O JOGO 
A partida começou movimentada em Recife. Aos cinco minutos, Richard saiu jogando errado e mandou nos pés de Vinícius, que tirou de Leandro Vilela e bateu rasteiro. O empate do Paraná veio três minutos depois em um chute certeiro de Minho no ângulo de Tiago Cardoso. Depois, os dois times tiveram oportunidades, mas o placar permaneceu igual.
O Paraná teve mais posse de bola durante todo o segundo tempo, mas o Náutico foi quem criou os principais lances. Richard teve que trabalhar nas finalizações de Iago e Erick. Quando parecia que o jogo terminaria empatado, o time paranaense chegou a virada aos 45 minutos. Gabriel Dias fez jogada individual e tocou para Robson bater por cima de Tiago Cardoso.
O Náutico volta a campo no próximo sábado, contra o Boa, às 16h30, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha. Na sexta-feira, o Paraná recebe o Figueirense, às 20h30, no Durival Britto, em Curitiba. Os dois jogos são válidos pela oitava rodada.
FICHA TÉCNICA NÁUTICO 1 X 2 PARANÁ
NÁUTICO – Tiago Cardoso; Joazi, Aislan, Feliphe e Janderson; Amaral, Renan Paulino e Giovanni (Esquerdinha); Erick, Gerônimo (Iago) e Vinícius (Alison). Técnico: Waldemar Lemos.
PARANÁ – Richard; Cristovam, Wallace, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias (Jhony), Minho e Guilherme Biteco (Matheus Carvalho); Robson e Felipe Alves (Rafhael Lucas). Técnico: Cristian de Souza.
GOLS – Vinícius, aos cinco, e Minho, aos oito minutos do primeiro tempo; Robson, aos 45 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Marcelo Aparecido de Souza (SP).
CARTÕES AMARELOS – Aislan, Erick e Jeanderson (Náutico); Leandro Vilela e Jhony (Paraná).
RENDA – R$ 11.290,00.
PÚBLICO – 1.700 pagantes.
LOCAL – Arena Pernambuco, em Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Grêmio derrota Cruzeiro por 1 a 0 e fica a um empate da final da Copa do Brasil

O Grêmio fez a lição de casa e venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Lucas...