07/04/2017

Bellucci vence Gomez e põe Brasil na frente do Equador na Davis

Começou cheia de emoções a série entre Brasil e Equador pela última rodada do Zonal Americano I da Copa Davis. O paulista Thomaz Bellucci dominou as ações nos dois primeiros sets contra Emilio Gomez, mas depois viu o rival crescer no jogo e vencer os dois seguintes e ter quebra vantagem no quinto. Foi então que o canhoto de Tietê fez o favoritismo e a experiência prevalecerem para fechar o jogo com 6/2, 6/4, 6/7 (1-7), 4/6 e 6/4.

Bellucci se aproveitou muito bem do começo de jogo muito ruim do equatoriano, que parecia tenso e sem confiança até mesmo no saque. Até metade do quinto game, Gomez havia ganhado apenas quatro pontos e perdia de 0/4. A partir daí ele se encontrou mais, porém o brasileiro já estava confiante demais. Fechou o primeiro set com 11 de 12 pontos vencidos ao acertar o saque inicial e 9 de 10 com o segundo serviço. 

O equatoriano conseguiu equilibrar mais e o segundo set começou parelho, mas Bellucci obteve quebra no quinto game e não desperdiçou a vantagem, sempre concentrado no seu próprio saque. Melhorou ainda mais o aproveitamento do primeiro saque para 62% e só perdeu três pontos com ele (12 em 15). Com o segundo serviço, ganhou todos os nove lances. 

A tarefa poderia ter sido ainda mais fácil com a quebra obtida logo no game inicial do terceiro set. No entanto, o brasileiro relaxou, perdeu seu primeiro serviço do jogo e permitiu que Gomez deixasse tudo igual. O roteiro se repetiu com uma quebra para Bellucci no sétimo e a devolução em seguida e assim a definição foi para o tiebreak.

Antes disso, houve uma pausa de 45 minitos por causa da chuva, que interrompeu a partida no 5/5. Gomez se mostrou melhor na volta e dominou as ações no tiebreak, em que venceu três pontos no saque do canhoto de Tietê e só perdeu um ponto, fazendo 7-1 e diminuindo sua desvantagem no placar. 

Gomez levou o bom momento também para o quarto set. Pressionando mais os saques de Bellucci e acertando a mão nos seus, o equatoriano deixou o jogo bastante equilibrado. Em uma parcial bastante parelha um detalhe poderia resolver a parada e foi o que aconteceu quando o equatoriano aproveitou a única chance de quebra que teve a seu favor, no quinto game, precisando apenas administrar a vantagem até o fim.

O quinto e decisivo set foi recheado de emoções para os dois lados. Primeiro a festa foi equatoriana, que viu Gomez anotar quebra e sacar em 3/2. Só que Bellucci tratou de empatar o placar logo em seguida e trouxe o jogo para o lado brasileiro ao ter dois match-points quando o rival sacava em 4/5. O equatoriano salvou o primeiro, mas não o segundo e a vitória acabou nas mãos do canhoto de Tietê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Juventus perde para a Sampdoria e vê Nápoli consolidar liderança do Italiano

A Juventus, hexampeã italiana de futebol, foi hoje derrotada por 3-2 na visita à Sampdoria, em jogo da 13.ª jornada da liga italiana, re...