29/03/2017

Colômbia vence Equador fora de casa e assume vice-liderança das Eliminatórias

Mesmo jogando fora de casa, em duelo válido pela 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, a Colômbia venceu o Equador, com certa facilidade, por 2 a 0, nesta terça-feira.O primeiro gol colombiano nasceu dos pés do atacante do Palmeiras Miguel Borja, que acertou um belo passe de três dedos para James Rodriguez dentro da área completar para o fundo da rede, aos 19 minutos do primeiro tempo.
Aos 33, foi a vez de Cuadrado deixar sua marca e marcar o segundo gol dos visitantes na partida.
A vida dos colombianos ficou mais fácil aos 15 minutos da etapa final, quando Caicedo levou o cartão vermelho.
Com este resultado, a Colômbia vai aos 24 pontos e pode terminar a rodada na vice-liderança das eliminatórias sul-americanas. Mas, para isso, o Uruguai precisa perder do Peru.
Já o Equador, que estreou ganhando as quatro primeiras partidas e chegou a liderar as eliminatórias, agora cai para a sexta posição e deixa a zona de classificação para a Copa do Mundo.
Na próxima rodada, a Colômbia enfrenta a Venezuela fora de casa, e o Equador viaja para enfrentar o Brasil.

O jogo
A partida começou truncada, com muitas faltas. O Equador pressionava no campo de ataque e a Colômbia se segurava na defesa. A primeira chance de perigo aconteceu na marca de 16 minutos e foi a favor dos donos da casa. Enner Valencia cobrou falta da entrada da área e a bola passou à direita da meta defendida por Ospina.
A Colômbia respondeu na sequência. Borja lançou na área para Cardona, que encobriu Dreer com um leve toque, porém a arbitragem já assinalara a posição irregular do meio-campista. Em seguida, o Equador chegou novamente em cobrança de falta de Ayoví, que mandou uma bomba de longa distância e obrigou Ospina a trabalhar.
Mais qualificada, a Colômbia soube aproveitar os espaços e abriu o placar aos 20 minutos. Borja escapou em velocidade pela esquerda e cruzou para a área de trivela. James Rodríguez apareceu entre os zagueiros e, de carrinho, desviou para o fundo da rede.
Aos 33, os colombianos ampliaram. Cardona lançou na esquerda para James, que dominou com categoria e cruzou para a área. Sem marcação, Cuadrado escorou para o gol.
A Colômbia seguiu melhor no jogo no segundo tempo e por pouco não ampliou logo aos cinco minutos. Cuadrado cobrou falta da esquerda tocando curto para James, que ajeitou para Cardona. O meia chutou colocado, mas errou o alvo. Aos 11, Borja foi acionado na área, passou por Dreer e caiu reclamando de pênalti. O árbitro mandou seguir.
A situação do Equador piorou na marca de 15 minutos, quando Luis Caicedo foi expulso. O zagueiro deu um carrinho duro em Aguilar, recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente foi excluído da partida. Com um jogador a menos, os equatorianos não conseguiam ultrapassar a marcação colombiana.
Com a vitória encaminhada, os colombianos diminuíram o ritmo e passaram a trocar mais passes, no entanto não deixaram de atacar. Aos 27, Arias fez grande jogada pela direita e acionou James, que driblou o marcador e tocou para o meio. Borja bateu de primeira para ótima defesa de Dreer.
Os colombianos chegaram novamente aos 40 minutos. Após cruzamento para a área, Bacca ajeitou para Borja, que dominou e chutou com a esquerda, mas a bola foi travada no meio do caminho e Dreer ficou com ela.
Apesar da insistência, a Colômbia não conseguiu marcar o terceiro gol, entretanto os tentos de James Rodríguez e Cuadrado foram suficientes para assegurar o triunfo.
FICHA TÉCNICA:
EQUADOR 0 X 2 COLÔMBIA
Local: Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador)
Data: 28 de março de 2017, terça-feira
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)
Assistentes: Juan Pablo Belatti e German Delfino (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: Luis Caicedo, Achilier e Orejuela (Equador); Cristián Zapata (Colômbia)
Cartão vermelho: Luis Caicedo (Equador)
GOLS: COLÔMBIA: James Rodríguez, aos 20 min do 1T; Cuadrado, aos 33 min do 1T
EQUADOR: Dreer; Pineida, Arturo Mina, Luis Caicedo e Walter Ayoví; Matías Oyola (Achilier), Orejuela, Antonio Valencia e Ángel Mena (Marcos Caicedo); Enner Valencia (Gabriel Cortez) e Felipe Caicedo. Técnico: Gustavo Quinteros
COLÔMBIA: Ospina; Santiago Arias (Carlos Bacca), Yerry Mina, Cristián Zapata e Farid Díaz; Aguilar (Daniel Torres), Carlos Sanchez, Cardona (Mateus Uribe), Cuadrado e James Rodríguez; Borja. Técnico: José Pékerman

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Liga dos Campeões: Seis equipes nas "oitavas" e mais um recorde de CR7

Há três semanas, depois da 4.ª jornada da fase de grupos, Bayern Munique, Manchester City, Paris Saint-Germain e Tottenham garantiram um l...