25/01/2017

Lucic-Baroni vence Pliskova e faz semi em Melbourne

O conto de fadas da experiente croata Mirjana Lucic-Baroni neste Australian Open ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira, em que ela venceu a tcheca Karolina Pliskova por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4, após 1h47 de partida, e garantiu seu retorno a uma semifinal de Grand Slam, algo que não acontecia desde 1999, quando foi à penúltima rodada em Wimbledon.

Atual 79ª do ranking, Lucic-Baroni terá pela frente a vencedora da última partida de quartas de final da chave feminina entre a norte-americana Serena Williams e a britânica Johanna Konta. A croata de 34 anos perdeu os dois duelos que travou anteriormente com a ex-número 1 do mundo e também enfrentou Konta duas vezes, só que com um triunfo para cada lado. 

Com a campanha até então nas quadras do Melbourne Park, a croata dará um grande salto no ranking entrando pela primeira vez no top 30. Por enquanto, Lucic-Baroni está ganhando 50 lugares na lista da ATP, indo para a 29ª posição, sendo que a melhor da carreira até então fora a 32ª. ELa pode ser a 22ª se for à final e chegará ao 14º posto em caso de título.

Embora tenha conquistado apenas três títulos de simples como profissional, Lucic-Baroni tem um histórico até que vencedor em Melbourne, onde já conquistou três títulos. Ela foi campeã juvenil de simples e duplas em 1997 e também venceu na chave principal de duplas no ano seguinte, jogando ao lado da suíça Martina Hingis. 

Na partida desta quarta-feira, a veterana croata começou atrás e viu Pliskova abrir 3/1 no primeiro set. Mas depois disso, a tcheca venceu apenas um game, perdeu o saque duas vezes e assim também perdeu o set. Um dos segredos de Lucic-Baroni para complicar o serviço da rival foi sua colocação nas devoluções, sempre em cima da linha de base mesmo nas primeira bolas.

A estratégia funcionou na segunda parcial, com duas quebras para a croata, mas isso não foi o suficiente porque Lucic-Baroni não conseguiu confirmar os saques e acabou sofrendo quatro quebras. A definição então foi para o terceiro set, novamente marcado por quebras. 

Lucic-Baroni chegou a abrir 3/1, mas foi quebrada no sexto game e pareceu que iria se complicar quando pediu atendimento médico quando a tcheca fez 4/3. Só que depois disso, a croata foi praticamente impecável, perdeu apenas um ponto nos três games seguinte, conseguiu a quebra que precisava e fechou a partida, se emocionando muito com a vitória e chegando a chorar dentro de quadra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Liga dos Campeões: Seis equipes nas "oitavas" e mais um recorde de CR7

Há três semanas, depois da 4.ª jornada da fase de grupos, Bayern Munique, Manchester City, Paris Saint-Germain e Tottenham garantiram um l...