Vitoria vence Coritiba fora de casa e complica a vida do Internacional

O Vitória surpreendeu o Coritiba, em pleno estádio Couto Pereira, evenceu por 1 a 0, dando um grande passo para escapar do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, complicando a vida de Internacional e Sport, adversários diretos na luta contra a degola. Com 45 pontos, o Leão está três pontos à frente do Colorado. Na 14ª colocação vem o Coxa, com 46 pontos, com chances reduzidas de chegar à Sul-americana.
O Rubro-Negro abriu o placar aos 10 minutos, com Marinho, que deixou a defesa coxa-banca para trás e marcou um belo gol no Alto da Glória, garantindo os três pontos mais importantes da equipe na competição.
Na última rodada, o Coritiba enfrenta a Ponte Preta, no domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Vitória encara o Palmeiras, no mesmo dia, no Barradão, em Salvador.
O jogo – Precisando do resultado positivo na luta contra a zona de rebaixamento, o Leão começou a partida no ataque. Aos cinco minutos, marinho recebeu na área, partiu para cima da defesa e foi travado, ficando no chão pedindo impedimento. Um minuto depois, o atacante rubro-negro fez o levantamento e Kieza se esticou todo para tentar desviar, sem sucesso.
O Coxa tocava bola, mas não passava da intermediária. E, aos 10 minutos, ainda viu Marinho arrancar em velocidade, deixar três defensores para trás e bater para marcar um belo gol e abrir o placar no Alto da Glória. O gol acordou os donos da casa que, no entanto, seguiam com dificuldade para entrar na defesa baiana. Aos 18 minutos, Kazim cruzou pra Kléber e Fernando deixou a meta para interceptar.
Se o ataque não estava funcionando, Amaral tentou resolver com um chute de fora da área, aos 28 minutos, para defesa de Fernando Miguel. O goleiro rubro-negro voltou a salvar aos 32 minutos, parando chute de Kazim no cantinho. Aos 38 minutos, Marinho deu trabalho novamente para a defesa alviverde, fazendo fila e soltando o pé pela linha de fundo.
Para a segunda etapa, o Coritiba voltou com Vinicius no lugar de Iago. Logo no primeiro ataque, Kleber levou a bola e arriscou para fora. O time da casa cresceu na partida. Aos quatro minutos, Vinícius cobrou falta fechada e vinguem conseguiu desviar para as redes. Kazim levantou a torcida, aos nove minutos, partindo em velocidade e parando na recuperação de William Farias.
O jogo era confuso, com muitas paradas, ficando mais travado. Aos 12 minutos, Leandro chutou colocado e o goleiro do Leão foi buscar. Mais Alviverde no ataque, aos 20 minutos, com Vinícius servindo Leandro com um toque rasteiro pra uma finalização para fora, com perigo. A resposta veio na sequência, com Euller, que recebeu de Marinho e desviou para uma defesa difícil de Wilson.
Marinho era o grande nome do Vitória e também do jogo. Aos 30 minutos, o atacante cobrou falta venenosa, pela linha de fundo. O Coxa mostrava desanimo. Aos 37 minutos, o Gladiador ainda tentou girar o corpo e chutar na entrada da área, mas carimbou a defesa. Aos 43 minutos, Amaral pegou sobra de bola e assustou Fernando Miguel. Evandro, nos acréscimos, anda teve uma chance, mas furou.
FICHA TÉCNICA CORITIBA 0 X 1 VITÓRIA
CORITIBA: Wilson, Dodô, Walisson Maia, Nery Bareiro e Juninho; Amaral, Yan (Vinicius), Iago; Leandro, Kazim e Kleber
Técnico: Paulo César Carpegiani
VITÓRIA: Fernando Miguel; Norberto, Kanu, Victor Ramos e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho (Amaral), Kieza e Zé Love (David)
Técnico: Argel Fucks
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 28 de novembro de 2016, segunda
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Cartões amarelos : Leandro, Nery Bareiro, Yan (Coritiba); Kanu, Norberto, Victor Ramos e Kieza (Vitória)
Gol:
VITÓRIA: Marinho, aos 10 minutos do primeiro tempo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul