15/11/2016

Paraguai perde para Bolívia em La Paz e se complica nas Eliminatórias

A Bolívia voltou a vencer um jogo pelas Eliminatórias Sul-Americanas nesta terça-feira ao bater o Paraguai por 1 a 0, na altitude de La Paz, pela 12.ª rodada da competição. O triunfo saiu após o time da casa ter um jogador expulso aos 15 minutos do segundo tempo. A equipe paraguaia, por sua vez, se complicou na briga por uma vaga na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

O resultado tirou a Bolívia da lanterna da competição, pela qual não vencia desde a terceira rodada (o 2 a 0 contra o Peru, pela sétima rodada, foi anulado por conta da escalação irregular de um jogador), com sete pontos, dois a mais que a Venezuela. Já o Paraguai estacionou nos 15 pontos, na metade de baixo da tabela de classificação.

Segundo o regulamento das Eliminatórias Sul-Americanas, classificam-se diretamente para o Mundial os quatro primeiros colocados e o quinto vai para uma repescagem contra um representante da Oceania.

A partida iniciou em um ritmo acelerado, com a Bolívia desperdiçando uma boa chance aos nove minutos. Juan Arce foi lançado em ótima posição na grande área, mas furou e deixou a bola passar para a linha de fundo. Aos 11, o Paraguai respondeu com Gustavo Gómez, que dominou na marca do pênalti, mas foi travado na hora de finalizar.

Melhor em campo, a Bolívia passou a arriscar chutes de fora da área, aproveitando os efeitos da altitude, mas a mira não estava regulada. Outra arma do time da casa eram os cruzamentos para o centroavante Marcelo Moreno, mas a rede não foi balançada. O primeiro tiro de longe que assustou o Paraguai aconteceu aos 45 minutos com Castro, mas o goleiro Anthony Silva fez boa defesa.

Na segunda etapa, a seleção boliviana seguia apostando nos cruzamentos para o centroavante, mas sem efetividade. Até que, aos 15 minutos, Gabriel Valverde fez falta infantil no meio de campo, chutando a coxa do adversário, e acabou expulso.

Apesar da vantagem numérica, o time comandado pelo técnico Francisco Arce não conseguiu superar o cansaço na altitude. O ex-lateral-direito, ídolo no Palmeiras, colocou o corintiano Ángel Romero em campo, mas o Paraguai não conseguiu levar perigo

Aos 32 minutos, enfim, a Bolívia conseguiu balançar as redes. Marcelo Moreno foi lançado na área pelo lado esquerdo, driblou o goleiro e, na linha de fundo, rolou para a pequena área. O zagueiro Gustavo Gómez tentou cortar e acabou mandando contra o próprio gol: 1 a 0. Até o final do jogo, o Paraguai não conseguiu reunir forças para buscar o empate.

Na sequência das Eliminatórias para a Copa da Rússia, as duas seleções só voltam a campo em março de 2017. No dia 25 de março, a Bolívia visita a Colômbia e o Paraguai recebe o Equador. Cinco dias depois, os bolivianos encaram a Argentina em casa, enquanto que os paraguaios viajam para pegar o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Corinthians derrota Colo Colo nos pênaltis e conquista a Libertadores Feminina

O Corinthians/Audax conquistou na noite deste sábado o título da Copa Libertadores Feminina, realizada em Assunção, no Paraguai. Na grande...