21/10/2017

Corinthians derrota Colo Colo nos pênaltis e conquista a Libertadores Feminina



O Corinthians/Audax conquistou na noite deste sábado o título da Copa Libertadores Feminina, realizada em Assunção, no Paraguai. Na grande decisão, o time paulista superou o chileno Colo Colo por 5 a 4 na disputa de pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo regulamentar da decisão realizada no Estádio Arsenio Erico.

A disputa nos pênaltis foi emocionante e com uma reviravolta, pois o Corinthians errou a sua primeira cobrança, com Cacau, que bateu para fora. Mas o time conseguiu o título com atuação decisiva da goleira Lelê, que defendeu duas cobranças do Colo Colo. No último pênalti da equipe chilena, Rocio Soto bateu para fora, o que garantiu a conquista do time paulista.

No lado do Corinthians, além de Cacau, também Yasmin falhou ao parar na goleira Armijo. Mas o time converteu outras cinco cobranças, com Daiane, Kerolin, Ingrid, Byanca Brasil e Ana Vitória, assegurando o título do torneio continental.

No primeiro tempo da decisão deste sábado, o Corinthians foi bem superior ao Colo Colo, tendo criado diversas oportunidades de gol, mas desperdiçando todas. Ainda assim, levou um grande susto em chute por cobertura de Karen, que acertou o travessão da equipe brasileira.

Na etapa final, o Corinthians seguiu exibindo a sua superioridade técnica, mas as jogadoras pareciam nervosas no momento de finalizar, o que acabou mantendo o placar em 0 a 0. Além disso, o time reclamou muito da árbitra Eryerlitz Escalona. As corintianas pediram a marcação de dois pênaltis. Além disso, Raquel foi expulsa nos minutos finais da segunda etapa.

O Corinthians se classificou para a disputa da Libertadores Feminina ao conquistar o título da Copa do Brasil de 2016. E o time teve campanha perfeita até a decisão deste sábado. Venceu o paraguaio Sportivo Limpeño (2 a 0), o boliviano Deportivo Ita (6 a 1) e o colombiano Santa Fe (2 a 1) na fase de grupos e o paraguaio Cerro Porteño (3 a 0) nas semifinais.

Adversário do Corinthians, o Colo Colo também chegou invicto até a final, mas tendo empatado um dos três jogos que disputou na fase de grupos. O time tentava conquistar o seu segundo título da Libertadores Feminina, pois havia vencido a competição em 2012, mas acabou ficando com o vice-campeonato.

Esta foi a nona edição da Libertadores, sendo que seis delas haviam sido vencidas por clubes brasileiros, com o São José, de São José dos Campos (SP), sendo o maior vencedor, com três conquistas. Agora o sétimo título veio com o Corinthians/Audax.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Ma...