17/06/2017

Konta supera Rybarikova e vai à final em Nottingham

Atual oitava colocada do ranking mundial e cabeça de chave número 1 do Torneio de Nottingham, a britânica Johanna Konta avançou à final do evento inglês preparatório para o Grand Slam de Wimbledon ao confirmar o seu favoritismo com tranquilidade neste sábado. Ela se garantiu na decisão com uma vitória sobre a eslovaca Magdalena Rybarikova, a 117ª tenista do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5.

Embora tenha chegado a ser superada com o saque na mão por uma vez no segundo set, no qual a sua adversária conseguiu equilibrar o confronto, a jogadora da casa converteu quatro de sete break points para assegurar o seu triunfo sem maiores problemas, em 1h40min.

Com a vitória sobre a eslovaca, Konta se credenciou para enfrentar na decisão deste domingo a croata Donna Vekic, 70ª colocada da WTA, que surpreendeu a checa Lucie Safarova, atual 44ª do mundo e quinta cabeça de chave, com uma apertada vitória por 2 sets a 1. Para isso, ela precisou levar a melhor em dois tie-breaks na partida que terminou com parciais de 7/6 (7/5), 3/6 e 7/6 (7/4).

Esse foi o segundo triunfo da britânica em dois jogos contra Rybarikova do circuito profissional. E o outro havia sido obtido justamente no Torneio de Nottingham, onde em 2005 derrotou a adversária por duplo 6/3.

Konta irá buscar neste domingo o seu quarto título de simples na elite do tênis feminino, sendo o terceiro apenas nesta temporada, na qual já triunfou em Sydney e Miami. Antes disso, ela também foi campeã em Stanford em 2016.

Já Vekic, de apenas 20 anos, almeja surpreender nesta final para ganhar o seu segundo troféu no circuito, no qual até hoje só ficou com o título do Torneio de Kuala Lumpur de 2014. Essa também será a primeira decisão da croata desde 2015, quando ela caiu no jogo que valeu a taça em Tashkent, no Usbequistão.

Na única vez em que as duas finalistas deste domingo se enfrentaram, Konta levou a melhor no Torneio de Cincinnati do ano passado, nos Estados Unidos.

NA HOLANDA – Em outro evento de preparação para Wimbledon, que começa no dia 3 de julho, foram definidas neste sábado as duas finalistas do Torneio de Hertogenbosch, na Holanda. E a competição terá na luta pelo título duas tenistas que surpreenderam nas semifinais. Uma delas é a estoniana Anett Kontaveit, de 21 anos, que superou a ucraniana Lesia Tsurenko, sétima cabeça de chave, por 2 sets a 1, com 6/3, 6/7 (0/7) e 6/2.

Com isso, a jovem tenista terá neste domingo a chance de conquistar o seu primeiro título como profissional em decisão contra a russa Natalia Vikhlyantseva, que também fez bonito nas semifinais ao passar pela croata Ana Konjuh, quinta pré-classificada, com parciais de 6/3 e 7/5, garantindo vaga em sua primeira final na elite feminina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Coritiba vence Cruzeiro e encerra sequência negativa no Brasileirão

  O Coritiba encerrou um longo jejum e respirou na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o time...