Juventude derrota Boa Esporte fora de casa e retoma a liderança da Série B

O Juventude conseguiu manter a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B por mais uma rodada. Jogando em Varginha, o time gaúcho venceu o Boa por 2 a 0 e retornou à ponta que na sexta-feira tinha ficado com o Vila Nova-GO.

Ruan e Tiago Marques marcaram neste sábado e mantiveram após a sexta rodada a invencibilidade do Juventude, que agora tem quatro vitórias e dois empates até agora – o adversário entrou na zona de rebaixamento.

Com a segunda derrota consecutiva, o Boa caiu para a 17.ª posição, com cinco pontos, um atrás do Paraná, que perdeu em casa para o Guarani e ficou com seis. O time de Campinas chegou a ameaçar a liderança do Juventude, já que chegou aos 12 pontos, mas os dois gols no segundo tempo levaram os gaúchos aos 14 pontos, sem ninguém para ameaçá-lo.

A entrada dos dois times no gramado serviu para a torcida do Boa festejar o retorno do goleiro Daniel Luiz, que teve sua reestreia debaixo das traves do Melão. Ele foi titular na campanha da Série C na última temporada e no primeiro semestre defendeu o São Bernardo no Campeonato Paulista. Assim que a bola rolou, o time mineiro aproveitou o ânimo da torcida para pressionar a saída do Juventude, buscando o primeiro gol.

Mesmo com a posse de bola, o Boa não tinha espaço para criar e só foi conseguir assustar o adversário aos 18 minutos. Reis recebeu um lançamento longo pelas pontas e bateu cruzado, buscando Rodolfo. No caminho, o goleiro Matheus Cavichioli conseguiu afastar providencialmente, mas acabou deixando ela nos pés de Wesley, que pegou o rebote e ficou livre para marcar. Mas acabou mandando pela linha de fundo.

O segundo tempo começou muito mais eletrizante. O Boa teve que se soltar um pouco mais e naturalmente foi dando espaço para o Juventude jogar. Aos 32 minutos, Leílson cobrou uma falta da intermediária e por pouco não marcou, já que o goleiro Daniel conseguiu espalmar pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, no lance seguinte, Ruan aproveitou uma falha na marcação e testou para o fundo das redes.

Com a desvantagem, o Boa sentiu a pressão por ainda não ter vencido dentro de casa, mesmo com atuações regulares. Já o Juventude demonstrou tranquilidade para pressionar o adversário no momento decisivo e marcar mais uma vez. Caprini recebeu pela direita e tocou para Tiago Marques sozinho na pequena área, apenas escorar aos 47 minutos, no último lance do jogo.

Agora em Caxias do Sul, no Alfredo Jaconi, o Juventude recebe o ABC, às 20h30 da próxima terça-feira, pela sétima rodada. No mesmo dia e horário, o Boa viaja até a região Centro-Oeste enfrentar o Goiás no Serra Dourada, em Goiânia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul

Carreño supera Robredo e faz quartas em Estoril