07/04/2017

Kyrgios vence Isner e a Austrália lidera por 2 a 0

O time australiano aproveitou muito bem o fator casa no primeiro dia da série contra os norte-americanos e conseguiu abrir confortável vantagem de 2 a 0 no duelo válido pelas quartas de final da Copa Davis. O jovem Nick Kyrgios fez sua parte como número 1 do país, enquanto Jordan Thompson tratou de ser a surpresa desta sexta-feira.

Atual 79 do mundo, Thompson abriu o duelo enfrentando Jack Sock, melhor norte-americano no ranking, ocupando a 15ª colocação. A diferença entre eles na lista da ATP ficou fora de quadra, já que dentro o australiano foi quem levou a melhor, triunfando por 3 sets a 1, com placar final de 6/3, 3/6, 7/6 (7-4) e 6/4, depois de 3h03 de batalha. 

"Consegui colocar o time em vantagem e isso é muito importante. A atmosfera estava ótima, com o público bem perto da quadra, o que deixa o barulho ainda maior e não podíamos esperar mais", festejou o australiano de 22 anos, que ainda não sabe o que é perder na Davis, tendo vencido os dos jogos que fez até então. "Nunca esperva ter um recorde de 100%", brincou Thompson

Na sequência coube a Kyrgios ampliar a vantagem e colocar a equipe da casa a um passo das semifinais. Vivendo grande fase, ele fez a sua parte e despachou o norte-americano John Isner em sets diretos, com parciais de 7/5, 7/6 (7-5) e 7/6 (7-5), em 2h24 de partida. 

Agora a Austrália precisa de apenas uma vitória nas três partidas que tem pela frente e pode selar a vitória já nas duplas do sábado. Sam Groth e John Peers jogarão pelo time da casa, ao passo que os norte-americanos Steve Johnson e Sam Querrey tentarão evitar a eliminação em um dos confrontos mais tradicionais da Copa Davis, que acontece pela 47ª vez e tem vantagem dos Estados Unidos (26 a 20).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Braga vence Tondela e entra na zona de classificação para Liga Europa

Quatro jogos deram sequência a sétima rodada do  Campeonato Português , no decorrer do dia desse domingo. Os grandes destaques ficam por co...