Coritiba goleia Atlético-PR e e fica com uma mão na taça do Campeonato Paranaense

Na primeira final de campeonato transmitida pela internet no futebol brasileiro profissional, através do Youtube e Facebook, o Coritiba venceu o Atlético-PR por 3 a 0 neste domingo, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da decisão, e ficou com uma mão na taça do Campeonato Paranaense. Diferente do primeiro turno, a transmissão online teve problemas, saindo do ar antes e durante o duelo, pela grande quantidade de acessos - o servidor não aguentou.

Na primeira final de campeonato transmitida pela internet no futebol brasileiro profissional, através do Youtube e Facebook, o Coritiba venceu o Atlético-PR por 3 a 0 neste domingo, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da decisão, e ficou com uma mão na taça do Campeonato Paranaense. Diferente do primeiro turno, a transmissão online teve problemas, saindo do ar antes e durante o duelo, pela grande quantidade de acessos - o servidor não aguentou.

O primeiro lance de perigo do jogo veio logo no início. Com 3, em rápido contra-ataque após escanteio, Cascardo recebeu de Nikão na direita, cruzou na área e Grafite fez o pivô para João Pedro chutar no travessão. 

Com menos de 10 min, Pachequinho inverteu Anderson e Iago, extremos da equipe, e conseguiu ter maior controle da bola, dominando as ações e, aos poucos, aparecendo no último terço do campo. Cinco minutos depois, em falta da direita sofrida por Kleber e cobrado por Galdezani, a zaga atleticana parou e Werley, entrando por trás, cabeceou cruzado do bico da pequena área. 0x1. 

Apressado, o Furacão não conseguia trabalhar as jogadas e tinha dificuldade de abrir espaços. Aos 24, porém, o lançamento da direita veio para Sidcley, que ajeitou e Grafite, quando ia finalizar na pequena área, foi travado por Werley. E foi só. Melhor distribuído, o Verdão controlava o meio-campo e deixava o rival nervoso em campo. 

A consequência veio com um golaço alviverde, com 28, aproveitando nova falha rubro-negra, dessa vez de Deivid. Iago se aproveitou e entrou em velocidade na área, Weverton tentou bloqueá-lo, mas o jogador foi mais inteligente, adiantou a bola para ter espaço e, sem olhar, girou batendo por cobertura. Uma pintura. 0x2. Aos 40, o Coxa ainda fez o terceiro com Kleber, mas foi anulado por impedimento. 

Na segunda etapa, o Atlético-PR veio com Douglas Coutinho na vaga de João Pedro, lesionado, e Eduardo da Silva no lugar de Nikão. Com isso, a ideia era povoar melhor o meio e explorar os lados para as presenças dos atacantes na área. A estratégia não durou muito. 

Aos 6, em erro de Alan Santos ao cortar na meia lua, Rossetto tocou para Gedoz chutar cruzado e Wilson defender. No lance seguinte, entretanto, o Coritiba aumentou a vantagem. Paulo André falhou e Kleber recebeu de Henrique Almeida entrando na área para, de esquerda e com categoria, deslocar Weverton chutando em seu canto direito, marcando mais um. É o décimo primeiro dele no Estadual e o primeiro em um Atletiba. 0x3.

Bagunçado, o Furacão buscava algum gol para diminuir o placar e ter uma chance considerável de reverter na partida da volta. Mas, assim como na primeira etapa, os erros eram constantes e as únicas chegadas eram de bola parada. Wanderson, aos 16, cabeceou no travessão.

O Verdão, por outro lado, tocava e girava a bola como queria sem o adversário
ter qualquer poder de reação. Não era nem 25min e a torcida alviverde já cantava "olé" com a quantidade de passes realizados em sequência. E era quem também estava mais perto da marcar, mesmo diminuindo a intensidade ofensiva. Sete minutos depois, Berola mandou uma bomba que Weverton espalmou com dificuldades. Com 40 foi a vez de Henrique Almeida completar cruzamento de Iago por cima da trave, perto da pequena área.

O triunfo do Coritiba deixa o time próximo do título. No próximo domingo, às 16h, no Couto Pereira, o Coxa pode perder por até dois gols de diferença - a partir do 4x1 vai para os pênaltis por não ter gol qualificado. Um 3 a 0 para o Atlético-PR leva a finalíssima para os pênaltis.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0X3 CORITIBA

Local : Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data-Hora : 30/4/2017 - 16h
Árbitro : Rodolpho Toski Marques
Auxiliares : Victor Hugo Imazu dos Santos e Diego Grubba Schitovski
Público/renda : 29.031 pagantes/R$ 895.125,00
Cartões amarelos : Wanderson, Felipe Gedoz (ATL); Kleber, Henrique Almeida (COR)
Cartão vermelho : Felipe Gedoz (ATL)
Gols : Werley, 4'/1ºT (0-1); Iago, 28'/1ºT (0-2); Kleber, 6'/2ºT (0-3);

ATLÉTICO-PR : Weverton; Gustavo Cascardo, Paulo André (José Ivaldo, 37'/2ºT), Wanderson e Sidcley; Deivid, Matheus Rossetto, Felipe Gedoz, Nikão (Eduardo da Silva, intervalo) e João Pedro (Douglas Coutinho, 47'/1ºT); Grafite. Técnico : Paulo Autuori.

CORITIBA : Wilson; Rodrigo Ramos, Werley, Juninho e William Matheus; Alan Santos (Tiago Real, 21'/2ºT), Galdezani (Jonas, 18'/2ºT), Anderson e Iago; Henrique Almeida e Kleber (Neto Berola, 28'/2ºT). Técnico : Pachequinho.

 LANCE!

Comentários

Postagens mais visitadas