1.º de Agosto goleia Progresso do Sambizanga e assume a liderança do Girabola

O 1.º de Agosto ascendeu hoje à liderança isolada do principal campeonato angolano de futebol, ao vencer o Progresso do Sambizanga (4-0) e beneficiar do empate (1-1) do Kabuscorp do Palanca, até então líder do Girabola.

A jogar no estádio 11 de Novembro, para a ronda 10 do Girabola, a equipa dos ‘militares' de Luanda resolveu a partida com o Progresso do Sambizanga, também da capital angolana, logo no arranque do jogo, com os golos de Rambé, aos 11 minutos, e de Buá, três minutos depois.

Aols 37 minutos, o guarda-redes Toni Cabaça defendeu uma grande penalidade, negando o golo ao Progresso do Sambizanga e, quatro minutos depois, o 1.º de Agosto dilatou a vantagem, por Geraldo. Na abertura da segunda parte (47 minutos), foi Rambé a fazer o quarto e o segundo da conta pessoal.

Com esta vitória por 4-0, a equipa campeã em título chega à liderança isolada do Girabola de 2017 ao fim de 10 jornadas, destronando a surpreendente formação do bairro do Palanca, também de Luanda.

No sábado, o Kabuscorp do Palanca não foi além de um empate, o terceiro consecutivo, neste caso em casa, frente ao Progresso da Lunda Sul. Marcou primeiro, para os da casa, Jacques, aos 67 minutos, mas, aos 71, foi Capuco a restabelecer o empate, que se manteve até final.

A jornada 10 abriu na sexta-feira, com o Petro de Luanda a ir vencer ao estádio do Buraco, em Benguela, o Académica do Lobito por 2-0, com golos de Job e Nandinho, beneficiando também os petrolíferos do empate do até então líder isolado do Girabola.

Ainda no sábado, valeu à formação do Sagrada Esperança o golo de Bugos, aos 46 minutos, para selar a vitória por 1-0 na deslocação ao estádio Mundunduleno, no Luena, Moxico, frente ao Bravos do Maquis. Este resultado deixou igualmente os ‘diamantíferos' colados ao Petro de Luanda e ao Kabuscorp, no segundo lugar.

Destaque ainda na ronda 10 para os empates dos dois treinadores portugueses no Girabola, casos de Sérgio Traguil, que com o Santa Rita de Cássia foi arrancar um ‘nulo’ ao terreno do Desportivo da Huíla, e de Paulo Torres, que foi com o Interclube empatar à casa do JGM Huambo, a uma bola.

O Recreativo do Libolo, outro dos candidatos ao título, não jogou este fim de semana e já leva três partidas em atraso no Girabola de 2017.

Ainda assim, a equipa treinada pelo português Carlos Vaz Pinto carimbou no sábado, em casa, na vila de Calulo, a passagem à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol (CAF), ao empatar sem golos com o CNaPS Sport Football, de Madagáscar, beneficiando do empate a uma bola na primeira mão da eliminatória, em Antanarivo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul