Pliskova vence Ostapenko e vai às 8ªs em Melbourne

 Depois de ceder apenas quatro games combinando as duas primeiras partidas no Australian Open, Karolina Pliskova foi realmente ameaçada neste sábado. A número 5 do mundo viu a jovem letã de 19 anos Jelena Ostapenko sacar duas vezes para o jogo e liderar a última parcial por 5/2, mas escapou da derrota e venceu por 4/6, 6/0 e 10/8 em 2h05.

A vaga de Pliskova nas oitavas, combinada às derrotas de Dominika Cibulkova neste sábado e de Simona Halep ainda na primeira rodada, leva a tcheca de 24 anos ao terceiro lugar no ranking mundial, superando a melhor marca de sua carreira.

Esta é apenas a segunda vez que Pliskova chega às oitavas em um Grand Slam. Ela possuía um incômodo histórico de eliminações precoces desde suas primeiras participações em 2012 e pôs fim à escrita quando chegou à final do último US Open.

A próxima rival de Pliskova será a 26ª colocada australiana Daria Gavrilova que derrotou a suíça Timea Bacsisnzky, número 15 do mundo, por 6/3, 5/7 e 6/4. A tcheca levou a melhor nos dois duelos anteriores.

Ostapenko começou a partida apostando em várias mudanças de direção para deslocar a tcheca lateralmente e acabou ganhando pontos de graça em erros da adversária. Além disso, Pliskova vinha mal quando precisou do segundo serviço e fez só três pontos em doze possíveis, contribuindo para que Ostapenko conseguisse duas quebras de saque.

A tcheca foi muito superior no segundo set, largou com 5/0 em apenas 15 minutos e só perdeu dois pontos com seu saque. O último set foi dramático para a favorita tcheca que sofreu duas quebras seguidas e teve uma rara demonstração de descontentamento em quadra. Ostapenko deixou uma vantagem por 5/2 escapar, mas salvou um match point quando perdia por 6/5. A vitória tcheca só viria nos games extras após agressivas devoluções.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul