29/01/2017

Manchester United vence Wigan e vai às oitavas da Copa da Inglaterra

O Manchester United, detentor do troféu, qualificou-se hoje para os oitavas de final da Copa da Inglaterra, ao golear por 4-0 o ‘secundário’ Wigan, num dia marcado pela eliminação de todas as restantes equipas favoritas.

Apesar do resultado volumoso, a equipa treinada pelo português José Mourinho só quebrou a resistência do Wigan aos 44 minutos, por intermédio de Fellaini, tendo Smalling (57), Mkhitaryan (74) e Schweinsteiger (81) contribuído também para a goleada.

O jogo marcou também a estreia do guarda-redes português Joel Castro, que substituiu Romero na baliza dos ‘red devils’ aos 81 minutos, imediatamente antes de Schweinsteiger, que não era titular há mais de um ano, fechar a contagem.

O Sutton, equipa do quinto escalão, eliminou o Leeds, da divisão secundária, graças a um golo de Collins, aos 53 minutos, juntando-se ao já apurado Lincoln nos oitavos de final e fazendo com que pela primeira vez a prova tenha duas equipas amadoras em ação nos oitavos de final.

Horas antes, o primodivisionário Hull City, treinado pelo português Marco Silva, também ficou pelo caminho, ao perder por 4-1 no estádio do Fulham, equipa que alinha no segundo escalão.

O Fulham inaugurou o marcador aos 17 minutos, por intermédio de Aluko, e ‘disparou’ para a vitória na segunda parte, graças aos golos marcados por Martin (54), Sessegnon (66), Johansen (78), já depois de os visitantes terem restabelecido momentaneamente o empate, com um tento de Evandro, ex-FC Porto, aos 49.

No espaço de três dias, o Hull foi afastado da Taça de Inglaterra e da Taça da Liga inglesa, apesar de ter vencido por 2-1 o Manchester United, na segunda mão das meias-finais, pois tinha perdido o embate inicial por 2-0, no estádio da equipa treinada pelo português José Mourinho.

Além dos marcadores dos golos, o Fulham teve outro interveniente decisivo para o triunfo obtido hoje, o guarda-redes Bettinelli, que defendeu uma grande penalidade marcada por Hernandez aos 87 minutos, cometeu novo castigo máximo para evitar a recarga e voltou a deter o remate do avançado uruguaio.

Menos volumosa, mas talvez mais surpreendente, foi a derrota do Watford, que alinha na primeira liga, no reduto do Millwall, do terceiro escalão do futebol inglês, por 1-0, consumada com um golo tardio de Morison, marcado aos 85 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Grêmio sofre, mas derrota o Botafogo e avança na Libertadores

Jogando em sua Arena, o Grêmio recebeu o Botafogo, venceu por 1 a 0 e se classificou para a fase semifinal da Libertadores, após ter empatad...