Tottenham vence West Ham e se aproxima dos líderes

Com dois gols marcados por Harry Kane aos 44 e aos 45 minutos do segundo tempo, o Tottenham venceu o West Ham por 3 a 2, de virada, neste sábado, no estádio White Hart Lane, em Londres. O resultado fez a equipe chegar aos 24 pontos na quinta posição e se aproximar dos primeiros colocados da tabela - o líder Liverpool, que horas mais cedo ficou no 0 a 0 com o Southampton, tem 27 pontos, pela 12.ª rodada.
Já o West Ham, que se viu muito próximo da vitória e depois amargou uma inesperada virada, estacionou nos 11 pontos e está na 17ª posição, logo acima da zona de rebaixamento, encabeçada pelo Hull City, que tem 10.
WEST NO DESESPERO
Desesperado em busca de uma vitória, por sinal, o West Ham saiu na frente no duelo londrino deste sábado. Aos 24 minutos, Reid aproveitou a sobra de uma bola na trave e tentou finalizar. O chute saiu torto, mas acabou encontrando Antonio, que no meio do caminho cabeceou para abrir o placar.
Na etapa final, o Tottenham conseguiu buscar o empate aos 6 minutos. Após arremate do holandês Janssen, o goleiro Randolph deu rebote e Winks, livre, só teve o trabalho de tocar para as redes. Os jogadores do West Ham chegaram a reclamar de um toque de mão de Janssen ao ajeitar a bola no início do lance, mas o árbitro acabou validando o gol.
Kane marcou dois gols e fez 3 a 2, de virada, para o Tottenham, único invicto após a 12.ª rodada
Kane marcou dois gols e fez 3 a 2, de virada, para o Tottenham, único invicto após a 12.ª rodada
E foi o mesmo Janssen que acabou cometendo pênalti em Reid, permitindo que o argentino Manuel Lanzini, ex-Fluminense, fosse para a cobrança e voltasse a colocar o West Ham na frente.
GOLS NO FINAL
O Tottenham, porém, continuou se lançando ao ataque e, apoiado por sua fanática torcida, chegou ao empate aos 44 minutos. Harry Kane aproveitou uma bola cortada errada por Randolph após um cruzamento e finalizou para igualar o jogo em 2 a 2.
E, logo em seguida, veio um novo lance polêmico que acabou sendo decisivo para a vitória do Tottenham. Son Heung-min caiu na área, sem aparentemente ter sido tocado por um defensor que o marcava, e o árbitro assinalou o pênalti. Kane foi para a bola aos 45 e garantiu o triunfo do time da casa, que além de ter vencido se manteve como único invicto deste Campeonato Inglês.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul