Guarani derrota Água Santa fora de casa e encosta no G-4

Guarani segue com esperanças de classificação para as semifinais do Campeonato Paulista da Série A2. Na tarde deste sábado, em pleno Distrital do Inamar, o Bugre contou com a estreia do técnico Osvaldo Alvarez para bater o Água Santa por 2 a 1, pela 13ª rodada da competição.
Com o resultado, o Netuno desperdiça a chance de retomar a liderança e segue na segunda colocação, com 25 pontos, um a menos que o São Caetano. Já o clube de Campinas está em oitavo lugar, com 20 pontos, a quatro do Rio Claro, primeiro time dentro do G4.
O jogo teve um bom público graças ao Futebol Sustentável, que apoiou essa e outras partidas por todos o Estado de São Paulo.
O JOGO
Devido ao difícil acesso às arquibancadas, o público demorou para lotar o Distrital do Inamar. O Guarani aproveitou que a pressão não era tão grande e iniciou a partida com um bom toque de bola. Assim, o gol do time campineiro não demorou a sair. Aos sete minutos, Bruno Nazário escapou pela direita e lançou Eliandro. O camisa 9 deixou o zagueiro para trás e chutou firme de perna direita, sem chances de defesa.

Eliandro fez o primeiro gol do jogo (Gabriel Ferrari)
Eliandro fez o primeiro gol do jogo (Gabriel Ferrari)
A resposta do Água Santa veio aos 16 minutos. Em um rápido contra-ataque, Diogo Campos partiu em velocidade e driblou o goleiro Leandro Santos. Na hora do cruzamento, entretanto, Genílson conseguiu afastar. O risco maior foi aos 28 minutos. Rodrigo Sam escapou da marcação e soltou uma bomba de fora da área que explodiu no travessão.
Quando o intervalo já se aproximava, o Guarani voltou a trazer perigo para o goleiro Richard. Aos 45 minutos, Fumagalli escapou da marcação e levantou para a área. A bola chegou até Uederson, que cabeceou com muito perigo, mas errou o alvo.
BUGRE SEGURA
Para a segunda etapa, o técnico Jorginho apostou na entrada de William para deixar seu time mais ofensivo. A tática deu certo e o Água Santa foi com tudo para cima do Guarani. Aos seis minutos, Ivan arrisca um chute cruzado. Leandro Santos conseguiu desviar e a bola ainda bateu na trave antes de sair em escanteio.
A única jogada de maior ênfase do time campineiro aconteceu aos 21 minutos. Mais uma vez Bruno Nazário fez a jogada e tocou para Eliandro. O centroavante tirou a marcação, mas na hora do arremate, Leandro Silva chegou primeiro e afastou.
Leandro Santos precisou trabalhar para garantir o empate. Aos 34 minutos, a defesa bugrina falhou e após bate e rebate dentro da área, Patrick Silva chutou forte, mas o goleiro do Guarani fez a defesa.
Ao final da partida, dois gols relâmpagos, um de cada lado. Depois de cruzamento de Lorran, Brian Samudio ficou cara a cara com o goleiro e não desperdiçou. Depois da saída no meio-campo, o Água Santa foi para frente e diminuiu. William tocou para Patrick Silva dentro da área e o ex-jogador do Palmeiras só precisou desviar para balançar as redes.
PRÓXIMOS JOGOS
O Água Santa volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30, para enfrentar o Oeste, na Arena Barueri. Já o Guarani atuará apenas na quinta-feira, às 19h15, contra o Taubaté, no estádio Joaquim Moraes Filho, em Taubaté. Os jogos serão válidos pela 14ª rodada.

Comentários

Postagens mais visitadas