Real Madrid se complica, mas consegue vitória sobre o La Coruña (3 a 2)

Após sair na frente e ceder a virada, o Real Madrid contou com um gol de Sergio Ramos para assegurar a vitória por 3 a 2 nos acréscimos sobre o Deportivo La Coruña, neste sábado, em jogo válido pela 15.ª rodada do Campeonato Espanhol, no Santiago Bernabéu.
O feito ainda serviu para ampliar a série invicta da equipe para 35 partidas, a maior na história do clube, às vésperas de viajar para o Mundial de Clubes da Fifa, no Japão.

Com 35 partidas, o atual elenco comandado pelo francês Zinedine Zidane superou a série de 34 jogos sem derrota do Real na temporada 1988/1989. Entre as cinco grandes ligas da Europa (Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França), o time só fica atrás de Barcelona (39 jogos em 2015/2016), Nottingham Forest (40 em 1977/1978) e Juventus (43 em 2011/2012)

O resultado fez com que o Real Madrid mantivesse os seis pontos de vantagem na ponta do Espanhol em relação ao vice Barcelona - 37 a 31. Com a derrota, o La Coruña estacionou nos 13 pontos, em 16.º lugar, ameaçado pela zona de rebaixamento, já que o Sporting Gijón aparece na 18.ª posição, com um jogo a menos e com 12 pontos.

Pensando no Mundial, o técnico Zinedine Zidane abriu mão dos titulares Luka Modric, Karim Benzema e Cristiano Ronaldo, que sequer foram relacionados, além de ter deixado outros nomes no banco, como Marcelo,. Além do trio, os lesionados Gareth Bale e Fábio Coentrão já eram desfalques esperados. No dia 15 de dezembro, o Real estreia nas semifinais do torneio da Fifa e encara o vencedor do duelo entre o sul-coreano Jeonbuk e o mexicano América.

Após um primeiro tempo sem gols, as equipes voltaram do intervalo determinadas a balançar as redes. Primeiro, aos quatro minutos, o Real Madrid abriu o placar com um golaço de Morata, que recebeu na intermediária, girou o corpo e bateu no ângulo esquerdo.

No entanto, o La Coruña contou com a sorte e com a qualidade de Joselu para virar o jogo rapidamente. Aos 17, Casemiro errou, teve a bola roubada na zaga e Joselu recebeu para mandar uma bomba no ângulo direito de Navas. Logo em seguida, aos 19, o mesmo atacante recebeu passe na grande área e bateu por baixo do goleiro para fazer 2 a 1.

Atrás no marcador, Zidane promoveu a entrada dos atacantes Lucas Vázquez e Mariano Díaz no lugar dos meias Asensio e Isco, além da troca natural entre laterais com Marcelo na vaga de Danilo. 

Aos 38 minutos, a mudança no time do Real Madrid surtiu efeito e, pela direita, Vázquez cruzou na área e Mariano apareceu para, de ombro, mandar para as redes e empatar a partida.

Quando o árbitro anunciou cinco minutos de acréscimos, os donos da casa partiram para uma blitz que contou com um gol de Sérgio Ramos de cabeça. Aos 48, Kroos bateu escanteio na primeira trave e o zagueiro se antecipou aos adversários para testar firme e fazer a festa da torcida na última partida do ano no Santiago Bernabéu.

Também neste sábado, o Las Palmas ficou no empate por 1 a 1 com o Leganés, em casa. Os mandantes estão em oitavo lugar no Campeonato Espanhol, com 21 pontos, enquanto os visitantes somam cinco a menos e ocupam a 15ª colocação.

Comentários

Postagens mais visitadas