Uruguai vence o Equador em casa e conquista a 7ª vitória nas Eliminatórias

O Uruguai conseguiu sua sétima vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018. Na noite desta quinta-feira, a seleção celeste recebeu o Equador no Estádio Centenário, em Montevidéu e conseguiu o triunfo por 2 a 1, com todos os gols sendo marcados na primeira etapa. Coates e Rolán fizeram para os uruguaios, enquanto Caicedo fez o de honra para os equatorianos.

Com a vitória, o Uruguai chegou aos 23 pontos e está na segunda colocação, na cola do Brasil, que vai liderando as Eliminatórias com um ponto a mais. Em queda na tabela, os equatorianos perderam mais duas posições e estão em quinto, com 17. 

Equipes voltam a campo na próxima terça-feira, para a disputa da 12ª rodada das Eliminatórias. O Uruguai vai até Santiago, encarar o Chile, às 21h30. Mais cedo, às 19h, o Equador joga em casa, no Estádio Olímpico Anahualpa, contra a Venezuela. 

O JOGO 

A partida começou bem aberta, com os equatorianos aproveitando os espaços deixados pelo Uruguai e assustando logo no início com Bolaños, em jogada individual. Os uruguaios responderam com Stuani, que recebeu de Suárez e por pouco não abriu o placar. Aos 12, a celeste conseguiu marcar com Coates, de barriga, após cobrança de escanteio de Carlos Sánchez. O Equador acusou o golpe e viu o adversário crescer na partida. 

Os mandantes quase ampliaram com Suárez, porém o artilheiro não conseguiu alcançar a bola após o desvio de Stuani. Os equatorianos foram para cima e conseguiram o gol de empate aos 44 minutos da primeira etapa, com Caicedo, batendo cruzado sem dar chances para Muslera. A alegria dos visitantes durou pouco, já que no lance seguinte, Rolán voltou a deixar o Uruguai na frente do placar. Sánchez cruzou na medida e o atacante só escorou para balançar as redes. 

Na volta para a etapa final de jogo, o Uruguai candeciava mais a bola e esperava brechas para levar perigo ao gol de Dreer, enquanto o Equador se fechava e tentava investidas nos contra-ataques. Aos 18, Bolaños quase deixou tudo igual, mas foi travado na hora do chute. As duas seleções diminuíram os seus ritmos e a partida caiu de produção. Faltava criatividade para ambos os lados na hora de criar as jogadas. Melhor para o Uruguai, que já estava na frente do placar, soube segurar o jogo e garantir os três pontos jogando em casa. 

FICHA TÉCNICA 
URUGUAI 2 X 1 EQUADOR 

Data e hora: 10/11/16, às 21h (horário de Brasília) 
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (URU) 
Árbitro: Victor Carrillo (PER) 
Cartões amarelos: Arévalo Ríos (URU); Fidel Martínez e Orejuela (EQU) 
Cartão vermelho: Não houve. 
Gols: Coates, 12'/1ºT (1-0); Caicedo, 44'/1ºT (1-1); Rolán, 45'/1ºT (2-1); 

URUGUAI: Muslera; Maxi Pereira, Coates, Godín e Gastón Silva; Arévalo Ríos, Vecino e Carlos Sánhez (Corujo, 41'/2ºT); Stuani, Diego Rolán (Gastón Ramírez, 18'/2ºT) e Suárez. TEC: Óscar Tabárez. 

EQUADOR: Dreer; Paredes, Achilier, Erazo e Walter Ayoví; Orejuela (Jaime Ayoví, 37'/2ºT), Noboa e Miller Bolaños (Cazares, 26'/2ºT); Ibarra, Caicedo e Fidel Martínez (Marcos Caicedo, 17'/2ºT). TEC: Gustavo Quinteros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul