08/11/2016

Náutico vence o Goiás em casa e segue próximo ao G4

O Náutico não teve uma grande apresentação, mas conseguiu uma importante vitória sobre o Goiás por 1 a 0 na Arena Pernambuco, na noite desta terça-feira, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O resultado mantém o Timbu na quinta posição, com 57 pontos, contra 59 do Avaí, que abre o G4. E o próximo compromisso do Náutico será justamente contra o time catarinense, no dia 12, na Ressacada, em confronto mais que direto pelo acesso à elite do futebol brasileiro.

Já o Goiás, com a derrota, não tem muito a perder. O time, que não tem mais aspirações no campeonato, caiu para 14º, com 44 pontos, e voltará a entrar em campo no dia 11, contra o desesperado Joinville, no Olímpico de Goiânia.

O jogo – O duelo começou equilibrado, e os goianos foram os primeiros a chegarem com perigo. Aos três minutos, Carlos Eduardo aproveitou bola rebatida da entrada da área, bateu de primeira e obrigou o goleiro Júlio César a fazer boa defesa.

O Náutico tinha mais presença no campo de ataque, mas não conseguia criar chances efetivas, errando muitos passes e finalizações. A primeira oportunidade veio aos 25 minutos: Bergson recebeu na área, fez o giro e bateu perto da trave.

O Goiás voltou a assustar aos 38 minutos, quando Walter ajeitou para Carlos Eduardo tentar mais uma vez e parar nas mãos do goleiro alvirrubro. O Náutico respondeu aos 43, com chute de Bergson após tabela com Vinícius que parou no goleiro Márcio.

O Náutico ficou devendo para o seu torcedor no primeiro tempo, e no segundo continuou deixando a desejar. O Goiás continuava mais efetivo no ataque e, aos 20 minutos, Walter bateu na rede pelo lado de fora.

Quando tudo parecia se complicar para o Timbu, o técnico Guvanildo de Oliveira apostou na estrela do meia Maylson, que entrou no lugar de Rodrigo Souza e, três minutos depois, aos 26, abriu o placar após boa jogada individual e um chute de bico.

O gol sofrido fez o Goiás partir para o ataque: Léo Gamalho entrou no lugar do zagueiro Alex Alves, e o time ficou muito mais ofensivo. Aos 47 minutos, o Esmeraldino não empatou por um triz após cruzamento de Sueliton e cabeçada de David Duarte que passou perto.

FICHA TÉCNICA NÁUTICO 1 X 0 GOIÁS

NÁUTICO: Júlio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón Filgueira; João Ananias, Rodrigo Souza (Maylson), Vinicius e Marco Antônio (Tiago Adan); Rony e Bergson (Negretti)
Técnico: Givanildo Oliveira

GOIÁS: Márcio; Felipe Macedo, David Duarte e Alex Alves (Léo Gamalho); Sueliton, Adriano, Léo Sena, Walter e Juninho; Carlos Eduardo (Patrick) e Rossi (Murilo Henrique)
Técnico: Gilson Kleina

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 8 de novembro de 2016, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Natal da Silva Júnior (TO)
Cartões Amarelos: Gastón Filgueira, Rodrigo Souza e Rony (Náutico); Rossi (Goiás)

GOL: Maylson, aos 26 minutos do segundo tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Porto vence Portimorense de virada e avança na Taça de Portugal

Dois gols já nos descontos permitiram hoje ao FC Porto virar o resultado e apurar-se para os oitavos de final da Taça de Portugal em fut...