Ferroviária vence São Caetano nos pênaltis e vai à final da Copa Paulista

Ferroviária e São Caetano fizeram um jogo de muita emoção na tarde deste sábado, que definiu o primeiro finalista da Copa Paulista. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, a Ferroviária venceu por 5 a 4 nas cobranças de pênaltis e agora vai em busca do seu segundo título de Copa Paulista. Na ida, as equipes haviam empatado por 0 a 0.
Com a vaga na final, a Ferroviária também garante uma vaga em uma competição nacional em 2017, já que o campeão da Copa Paulista escolherá entre disputar a Copa do Brasil ou a Série D do Campeonato Brasileiro, deixando o que sobrar para o vice-campeão.A Ferroviária conhecerá o seu adversário na grande decisão neste domingo, às 18h, quando o Rio Claro enfrenta o XV de Piracicaba. Na ida, o XV venceu por 1 a 0.

A Locomotiva segue em busca do bicampeonato e garante o retorno ao cenário nacional em 2017
A Locomotiva segue em busca do bicampeonato e garante o retorno ao cenário nacional em 2017
TUDO IGUAL
A Locomotiva começou a partida ficando com a bola, mas uma desatenção resultou em gol do São Caetano logo aos 8 minutos. O São Caetano chegou pela ponta esquerda com Bruno Recife, que cruzou rasteiro para a área. A defesa afeana afastou mal e Naôh chegou batendo da entrada da área para abrir o placar.
O time mandante partiu para cima tentando a resposta rápida. Aos 11, Willian Cordeiro levantou na medida para Bruno Lopes, que cabeceou com perigo e quase marcou. Aos 13, Kaio recuperou no ataque e passou para Bruno Lopes, que girou bem em cima do zagueiro, mas finalizou em cima de Paes.
Mesmo marcando forte, o São Caetano chegou bem aos 17 minutos. Bruno Recife cruzou da esquerda e Naôh se antecipou para cabecear, mas Matheus fez boa defesa. A posse de bola da Ferrinha virou gol aos 30 minutos, quando Grafite vacilou e Elder Santana ficou com a bola, partiu para cima e bateu no canto direito do goleiro Paes, igualando o marcador. O resultado persistiu até o intervalo.
FERRINHA PRESSIONA NO FIM
Com posse de bola equilibrada entre as duas equipes, Ferroviária e São Caetano demoraram para criar reais chances de gol no segundo tempo da partida. Já na segunda metade da etapa final, a Ferroviária assustou. Aos 26 minutos, Wellington cruzou da direita, Rafael ajeitou de cabeça e Elder Santana, livre, bateu por cima, desperdiçando um ótima chance.
Pressionando, a Ferrinha voltou a chegar aos 30 minutos, quando Wellington inverteu o jogo e achou Elder Santana na esquerda. O atacante dominou bem, tirando da marcação, e bateu forte para o gol, mas no lado de fora da rede. Aos 44, minutos a Ferrinha voltou a assustar. Após bom cruzamento da esquerda, Wellington dominou bem e bateu firme, mas o goleiro Paes espalmou para escanteio.
A Ferroviária começou os pênaltis isolando e deixou o São Caetano sair na frente. Porém o São Caetano desperdiçou seu quinto pênaltis e deixou a disputa ir para as cobranças alternadas. Na primeira cobrança alternada, a Ferroviária marcou e o São Caetano desperdiçou novamente. Com isso, a Ferroviária se garantiu na final do torneio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

San José busca empate com Oriente Petrolero e divide a liderança com o Bolívar

Benede supera Fucsovics e pega Raonic nas oitavas em Istambul