11/07/2017

Internacional derrota Ceará fora e segue próximo ao G4

O Internacional fez, com certeza, a sua melhor apresentação dentro do Campeonato Brasileiro da Série B e venceu o Ceará, por 2 a 0, nesta noite, na Arena Castelão, pela 13.ª rodada. Com intensidade e eficiência, dominou o jogo e contou ainda com gols de seus atacantes que quebraram o jejum de cinco jogos sem marcar.
William Pottker e Nico López fizeram os gols gaúchos ainda no primeiro tempo.
Esta foi a segunda vitória do time gaúcho em sete jogos, deixando o Internacional com 21 pontos, encostado no G4 – zona de acesso. O Ceará permanece com 18 pontos, em posição intermediária.

SEM MUDANÇAS
Os dois técnicos deram moral aos jogadores que atuaram na rodada anterior. Mas quando começou o jogo o que se viu foi o Internacional muito bem armado na defesa para reagir nos contra ataques. Mostrou força e intensidade.
Tanto que abriu o placar aos 11 minutos. Claudio Winck cobrou lateral para Edenílson que foi até a linha de fundo e cruzou para trás. A bola bateu nas pernas de William Pottker, na pequena área, e entrou.
O time gaúcho soube, com perfeição, tirar proveito do momento de instabilidade do Ceará. Ampliou o placar aos 19 minutos, noutro lance que começou com Claudio Winck. Ele chutou de longe, porém com força, e Éverson mostrou agilidade para defender após toque na trave.
Pottker pegou o rebote de primeira e Éverson salvou com os pés, mas a bola sobrou fora da área para o chute no ângulo de Nico López. Um belo gol. Os cearenses reclamaram de impedimento no lance, que foi muito rápido.

Desta vez o Internacional foi um time unido, coeso e eficiente. Mereceu vencer o Ceará. Foto: Internacional - Oficial
Desta vez o Internacional foi um time unido, coeso e eficiente. Mereceu vencer o Ceará. Foto: Internacional - Oficial
OUTRA CHANCE
Dois minutos depois, quase saiu o terceiro gol. Pottker entrou na área pelo lado esquerdo e bateu no alto. A bola explodiu no travessão e foi aliviada pela defesa. O Ceará, embora com posse de bola, não finalizada. Levou perigo numa cabeçada de Pedro Ken, que passou perto da trave direita e depois num chute cruzado de Rafael Carioca, que quase encobriu Danilo Fernandes.
Na volta para o segundo tempo, Cafu entrou no ataque no lugar de Roberto. Até conseguiu impor mais velocidade e acuar o Internacional para seu campo defensivo. Mas aos 14 minutos a torcida atrapalhou, porque acendeu sinalizadores e o jogo foi paralisado por cinco minutos. Um ‘gol contra para’ o inimigo.
MUDANÇAS EM VÃO
No reinício, Magno Alves arriscou de longe, mas Danilo Fernandes caiu bem na bola e fez o encaixe. O Internacional ficou muito na defesa, tanto que o técnico Guto Ferreira tentou mudar o cenário com duas trocas. Entraram Juan e Diego, respectivamente, nos lugares de D’Alessandro e Nico López. Os dois saíram muito cansados.

Nico López marcou o segundo gol do Colorado. Pottker fez o primeiro
Nico López marcou o segundo gol do Colorado. Pottker fez o primeiro
De outro lado, Marcelo Chamusca arriscou tudo no Ceará, tirando o volante Raul para a entrada do atacante Elton. Ficou sujeito ao contra ataque como o que aconteceu aos 27 minutos. Dourado lançou Winck em velocidade e ele tentou dar por cobertura, mas a bola ficou nas mãos de Éverson.
O goleiro cearense também evitou outro gol aos 35 minutos, quando Diego entrou livre da área e fintou Éverson, que se recuperou no lance aos 35 minutos. O Ceará, batido, não chegou mais com perigo na frente.
PRÓXIMOS JOGOS
No próximo sábado os dois times jogam pela 14.ª rodada. O Ceará, de novo, em casa e diante do Juventude, às 19 horas. O Internacional vai continuar no Nordeste, porque vai enfrentar o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Juventus perde para a Sampdoria e vê Nápoli consolidar liderança do Italiano

A Juventus, hexampeã italiana de futebol, foi hoje derrotada por 3-2 na visita à Sampdoria, em jogo da 13.ª jornada da liga italiana, re...