15/03/2017

Nishikori vence Young e vai às quartas em Indian Wells

Em seu terceiro compromisso no Masters 1000 de Indian Wells, Kei Nishikori segue sem perder sets. Mais que isso, o japonês sequer cedeu mais do que quatro games em alguma parcial disputada. A vaga nas quartas de final para o número 5 do mundo veio com vitória por 6/2 e 6/4 sobre o canhoto norte-americano Donald Young, 60º do ranking.

Seu adversário desta sexta-feira será o dono da casa Jack Sock, que obteve uma dura virada contra o experiente tunisiano de 33 anos Malek Jaziri, 53º do mundo, com parciais de 4/6, 7/6 (7-1) e 7/5. Cada um venceu uma vez nos confrontos diretos entre os dois, ambos no piso sintético, porém eles não se cruzam há mais de duas temporadas.

Esta é a terceira vez consecutiva que Sock atinge as quartas de final de um torneio de nível Masters 1000, repetindo as campanhas de Xangai e de Paris do final do ano passado. Ele no entanto jamais foi além. Ele também tem chance de atingir o melhor ranking da carreira, com o 17º posto, mas depende de concorrentes diretos como Pablo Carreño e Pablo Cuevas.

Algumas das estatísticas da partida de Nishikori foram próximas, como o acerto de saque em 60%, a vantagem por 62% a 61% no aproveitamento de pontos com o primeiro serviço a favor de Young e os 14 winners do americano contra 13 do japonês. O anfitrião cometeu 25 erros não-forçados contra 18 do asiático, que cedeu só quatro pontos de graça com o backhand.

Também chama atenção o desempenho nos pontos jogados com o segundo saque, já que o americano venceu 10 pontos em 23 possíveis, contra 17 em 22 do japonês. A disparidade de 77% a 43% no aproveitamento desses pontos refletiu no número de chances de quebra criadas, já que Nishikori só enfrentou dois break points e criou nove oportunidades para aproveitar cinco.

Se Young conseguiu equilibrar as ações nos pontos mais longos, vencendo por 6 a 2 nos ralis com mais de nove trocas de bola e perdendo por apenas 21 a 16 nas disputas entre cinco e nove trocas, Nishikori dominou nos pontos mais curtos, vencendo 42 contra 25. Se no primeiro set, o japonês foi pouco ameaçado, no segundo o número 5 do mundo começou perdendo por 3/0 e viu o rival liderar por 4/1 antes de vencer cinco games seguidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seja o primeiro a comentar

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Ma...