31/07/2016

Botafogo-SP vence Ypiranga e segue no G-4 da Série C

O Botafogo-SP conseguiu um grande resultado em sua batalha pelo acesso na Série C do Campeonato Brasileiro. Recebendo o Ypiranga, no Estádio Santa Cruz, o Bota conseguiu marcar um gol no início e sair com a vitória pelo placar de 1 a 0.

Com o resultado, o Botafogo-SP se manteve na terceira posição do Grupo B da Série C, com 19 pontos. Já o Ypiranga terminou a rodada na sétima colocação, com 14.

O gol da vitória do Botafogo-SP saiu logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Zotti aproveitou cruzamento rasteiro de Daniel Borges e só completou para a rede. No restante da etapa inicial, o Ypiranga foi melhor, mas o jogo contou com diversas faltas e entradas mais fortes.

No segundo tempo, a equipe gaúcha seguiu criando as melhores chances e chegou a assustar o gol defendido por Neneca em finalizações de Túlio e João Paulo. Porém, não conseguiu chegar ao empate.

Na próxima rodada, o Ypiranga irá receber a Portuguesa, no Colosso da Lagoa, no domingo, às 11h (de Brasília). Já na segunda-feira, às 19h15 (de Brasília), o Botafogo-SP visita o Boa Esporte, no Municipal de Varginha.

Fortaleza arranca empate contra o Confiança - Pelo Grupo A, o Fortaleza recebeu o Confiança, no Castelão, e conseguiu um empate heroico por 2 a 2 nos minutos finais. Após sair atrás no segundo tempo, sofrendo gols de Cascata e Wallace Pernambucano, a equipe cearense teve raça e foi buscar a reação com gols de Anselmo e Lima, sendo o último aos 45 da etapa final. Com o resultado, o Leão se manteve na liderança de seu grupo, com 19 pontos. Já o Confiança terminou a rodada na oitava posição, com 11 pontos.

Volta Redonda vence URT e está nas oitavas da Série D

Parecia que o gol fora de casa seria o suficiente para o Volta Redonda despachar a URT do Brasileiro na Série D. Mas com David no início da segunda etapa, e João Cleriston, nos acréscimos, o Voltaço fez 2 a 0, venceu o time mineiro no Raulino de Oliveira, neste domingo, em Volta Redonda, e se garantiu na próxima fase da competição nacional. Foi o quarto encontro entre URT e Volta Redonda, que estavam no mesmo grupo da primeira fase da competição. Foram duas vitórias do Volta Redonda e dois empates. Na partida de ida, em Patos de Minas, as equipes tinham empatado em 1 a 1.
Com o resultado, o Volta Redonda eliminou a URT e se classificou para as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. O Voltaço pega o Anápolis que eliminou a Caldense, em Poços de Caldas na disputa por pênaltis. A partida ainda não tem data definida.
Volta Redonda, URT, Série D, Brasileiro (Foto: Dalila Almeida)David comemora primeiro gol sobre a URT (Foto: Dalila Almeida)
O jogoO Volta Redonda marcava forte no início do primeiro tempo e montou um bloqueio que não deixava a URT passar do meio campo. Os mandantes aproveitavam para subir e, por pouco, não marcou aos 13 minutos, quando Pernão cruzou rasteiro para dentro da área. Marcos Júnior quase chegou para completar para o gol. Depois dos primeiros quinze minutos, o time mineiro passou a tocar melhor a bola e rondava a área mandante, principalmente, com Alê. Com regulamento sob o braço, o Volta Redonda tenta cadenciar a partida. A URT tentou aproveitar, mas o primeiro tempo ficou em 0 a 0.
  Na volta para segunda etapa, o Volta Redonda nem deu tempo de a URT respirar. Michel Cury cobrou falta na área e David escorou para abrir o placar para o Voltaço. O gol foi o suficiente para os mandantes gostarem do jogo e criarem outras oportunidades. A URT, mesmo com um a menos, após a expulsão de Luan, chegou a pressionar o Volta Redonda pelo gol que levaria a decisão da vaga para os pênaltis. O ânimo voltou quando Airton, do Voltaço, foi expulso. Mas o time mineiro voltou a ficar com um a menos depois que Guilherme levantou demais o pé e foi para o chuveiro mais cedo. Para fechar o caixão, Cristiano recebeu da esquerda, passou por todo mundo e fez o segundo gol aos 46 sacramentando a vitória e a vaga na próxima fase da Série D.

Melo e Dodig vencem Soares e Murray e faturam título de duplas em Toronto

No último jogo que fizeram antes da estreia juntos nos Jogos Olímpicos do Rio, Marcelo Melo levou a melhor sobre Bruno Soares na decisão de duplas do Masters 1000 de Toronto, no Canadá, neste domingo. Ao lado do croata Ivan Dodig, Melo superou o amigo e futuro parceiro olímpico - que jogou com o britânico Jamie Murray - com um duplo 6/4, em 1h09 de partida.
Se em 2014 Melo perdeu para Bruno na decisão do mesmo torneio, dessa vez deu o troco e levou seu quarto título em Masters 1000. Foi ainda o vigésimo troféu do brasileiro em 39 finais no circuito da ATP. Soares buscava seu terceiro título de Masters, depois de conquistar outros dois exatamente no Canadá.
A partida, que começou na quadra central, precisou ser concluída Grandstand. A chuva caiu logo após Melo/Dodig conseguir a primeira quebra no jogo para ter 4 a 3 no primeiro set. O croata tinha acabado de receber atendimento médico após dores nas costas, mas a partida foi suspensa em seguida por conta da chuva.
Depois de duas horas de paralisação, na nova quadra, Melo e Dodig fecharam o primeiro set sem ceder chances de quebra. O roteiro foi semelhante no segundo set, mas Murray/Soares sofreu a quebra no quinto game desta vez, também sem chances de quebrar os rivais, que comemora a vitória por 2 a 0.
Agora, Marcelo Melo e Bruno Soares se juntam no Rio de Janeiro nesta semana, já que o torneio olímpico começa no próximo sábado.
Bruno Soares Jamie Murray Toronto (Foto: Reuters)Bruno Soares Jamie Murray Toronto (Foto: Reuters)

Djokovic vence Nishikori e conquista o Masters de Toronto

No último teste antes de ir em busca da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, o sérvio Novak Djokovic conquistou mais um título na carreira. Neste domingo, ele venceu o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1h22 de jogo, e chegou ao tetracampeonato no Canadá - duas conquistas foram em Montreal. Foi também o seu 30° título em Masters 1000, dois a mais que Rafael Nadal, um recorde nestes torneios que só perdem em pontuação para os Grand Slam. No discurso de comemoração, Djokovic surpreendeu com um pedido aos torcedores.
- Prometi a um dos meus amigos que se esse momento acontecesse, se ganhasse em Toronto, pediria a todos nesse estádio, para cada uma das pessoas aqui, que dessem um abraço na pessoa ao seu lado. Vamos! - disse o tenista, prontamente atendido pelo público, que aplaudiu a iniciativa.
A campanha de Djokovic em Toronto terminou com cinco vitórias sem perder um set sequer. Este foi também o 66° troféu na carreira do sérvio, que agora fica a três de igualar Nadal como o quinto maior vencedor da Era Aberta do tênis.
Djokovic Masters Toronto (Foto: Reuters)Djokovic Masters Toronto (Foto: Reuters)

Paulista fica no empate com o Juventus, mas segue no G-4 da Copa Paulista

Apesar do Paulista não fazer o dever de casa e garantir os três pontos jogando em casa - onde estava com 100% de aproveitamento -, a equipe pelo menos arrancou um empate sem gols com o Juventus, em duelo disputado na manhã deste domingo, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. 
Com o resultado, o Galo de Jundiaí fica com sete pontos na tabela e se mantém na zona de classificação do Grupo 3 para a próxima fase do campeonato. Do outro lado, o Moleque Travesso fica com quatro pontos, só na frente do lanterna da chave, o São Paulo, que tem só um ponto.
Na próxima rodada do campeonato, o Juventus irá receber em casa, no estádio Rua Javari, na capital paulista, o time do São Paulo, que é até então o lanterna do Grupo 3. A partida acontece no próximo domingo, às 10h.
Enquanto que o Paulista terá um longo período de descanso até a próxima partida pela Copa Paulista, já que só volta a entrar em campo no domingo, dia 14 de agosto. O duelo será contra o Bragantino, de novo, em casa, no estádio Jaime Cintra, marcado para às 10h.
O jogo 
O Galo de Jundiaí começou a partida dando as cartas, dominando a posse de bola, mas com dificuldades na saída de bola, principalmente pelo lado direito. Enquanto que o Moleque Travesso deixava nítido em campo a falta de entrosamento entre os jogadores, até por conta do time ainda estar em formação a essa altura do campeonato.
Apesar de dominar o jogo, as poucas chances reais de gol do Paulista foram resultados do acaso. Porém, no segundo tempo, o time voltou melhor e com mais movimentação no meio de campo e chegando com mais perigo ao gol do adversário. Mesmo com um volume de jogo mais intenso, a partida foi finalizada com igualdade no marcador, sem gols.

Vôlei Bauru vence o Sesi-SP e avança à final da Copa SP

A renovada equipe do Vôlei Bauru conquistou neste sábado a sua primeira vitória de expressão na nova temporada ao vencer o Sesi-SP, fora de casa, em partida válida pela semifinal da Copa São Paulo de vôlei feminino, torneio preparatório ao Campeonato Paulista, que começa no fim de agosto. Jogando no ginásio do Sesi, em Santo André, no ABC paulista, as bauruenses venceram o time da capital por 3 sets a 1, de virada, parciais de 25/18, 22/25, 9/25 e 12/25, em 1h43 de jogo.
Sesi-SP x Vôlei Bauru, Copa São Paulo (Foto: Helcio Nagamine / Fiesp)Atacante Dayse tenta o bloqueio na partida disputada neste sábado, em Santo André (Foto: Helcio Nagamine / Fiesp)
Com o resultado, a equipe bauruense chega pela primeira vez à decisão da competição e terá como adversário o Osasco, atual campeão paulista, que na sexta-feira  derrotou o São Caetano, em casa, pelo mesmo placar de 3 sets a 1 (23/25, 25/20, 25/22 e 25/17). A final está marcada para a próxima quarta-feira, em Osasco.
As principais pontuadoras do Vôlei Bauru na partida foram a ponteira Thaisinha, com 16 pontos, a oposta Bruna Honório, com 14, e a central Valquiria, que anotou 10. Bruna Honório, que entrou no segundo set e teve participação decisiva na vitória, destacou a força do grupo bauruense.
Sesi-SP x Vôlei Bauru, Copa São Paulo (Foto: Helcio Nagamine / Fiesp)Vitória sobre o Sesi coloca time bauruense pela primeira vez na final da Copa SP (Foto: Helcio Nagamine / Fiesp)
– Nós sentimos a falta de ritmo de jogo no primeiro set, mas depois a equipe entrosou, todas ajudaram muito, e conseguimos conduzir o jogo como gostaríamos. Isso é normal em início de temporada, mas agora vamos com tudo para essa final – disse a oposta através da assessoria de imprensa do clube.
O Vôlei Bauru começou a partida com a levantadora Juma, as centrais Valquiria e Angélica, as ponteiras Thaisinha e Dayse, Mari Cassemiro como oposta e a líbero Arlene. Entraram também a levantadora Letícia, a líbero Dani Terra e a oposta Bruna Honório. O Sesi-SP iniciou com a levantadora Giovanna, as centrais Ju Melo e Mari, as ponteiras Gabriela e Ju Souza, a oposta Isabela. Também jogaram a levantadora Thais, a ponteira Cássia, a central Maiara e as opostas Jéssica e Luísa.

Anápolis vence a Caldense nos pênaltis e avança na Série D

O Anápolis está classificado para as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Depois de empatar em 1 a 1 com a caldense no jogo de volta da 2ª fase na tarde deste domingo (31), no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG), a equipe goiana bateu os mineiros por 7 a 6 nas penalidades máximas e garantiu passaporte para enfrentar o Volta Redonda, que eliminou a URT.
Melhor em campo mesmo atuando fora de casa, o Anápolis esteve com o controle da partida praticamente por todo o tempo. O gol do time goiano saiu cedo, logo aos 5 do 1º tempo. Igor aproveitou cobrança na área e subiu mais do que todo mundo para cabecear e marcar. A Caldense tentava jogadas pelo alto, principalmente com lançamentos de Éwerton Maradona, mas esbarrava na forte marcação goiana. 
No segundo tempo, o jogo seguiu a mesma tônica. Um pouco mais cansado, o Anápolis se retraiu e passou a esperar a Veterana, que insistia no chuveirinho. Aos 30 minutos, Éwerton Maradona invadiu a área e foi derrubado. Pênalti que ele mesmo cobrou para empatar e levar ao delírio a torcida mineira. Um presente para um time que fazia pouco na partida. Com o gol, a Veterana se animou e por pouco não ampliou com Rafamar e o próprio Maradona. Patrick chegou a acertar a trave aos 43 da etapa final. Mas, a partida iria mesmo para os pênaltis.
Nas penalidades, nove cobranças para cada lado. Neílson, Igor, Marcelo, Jânio, Marinho Donizete, Régis e Leandro Bulhões fizeram para o Anápolis. Júnior Barros e Bruno Barros desperdiçaram. Na Caldense, Álvaro, Marcelinho, Michel Benhami, Maradona, Tito e Guilherme Noé converteram. Rafamar, Caio Cézar e Patrick, na última cobrança, perderam. Nem mesmo as duas boas defesas de Neguett foram suficientes. João Vitor, do Anápolis, pegou uma. Final, 7 a 6 nos penais e vaga garantida para os goianos. A Caldense, assim como em 2015, cai diante dos pênaltis.
Caldense x Anápolis (Foto: Lúcia Ribeiro)Anápolis bate a Caldense nos pênaltis em Poços de Caldas e se classifica na Série D (Foto: Lúcia Ribeiro)

Atlético-GO atropela o Sampaio Corrêa e se recupera na Série B

O Atlético-GO aproveitou bem o fato de jogar contra o lanterna da Série B e colocou fim ao jejum de três rodadas sem vitória. Neste domingo, em jogo isolado que encerrou a 18ª rodada, o Dragão venceu por 4 a 1, com gols de Magno Cruz, Alison, duas vezes, e William Schuster, e voltou a abrir boa vantagem dentro do G-4. Com 32 pontos, o time rubro-negro segue na quarta colocação, agora com cinco pontos a mais que o Náutico, o quinto colocado.
Já o Sampaio Corrêa terá de melhorar muito se não quiser ser rebaixado. Lanterna com apenas 12 pontos, a equipe maranhense até conseguiu equilibrar a partida na etapa inicial, porém, sucumbiu após o primeiro gol de Alison no segundo tempo. Edgar ainda descontou no fim. Os dois clubes só voltam a campo no dia 16 de agosto. O Atlético-GO visita o Bahia. O Sampaio Corrêa recebe o Goiás.
A diferença entre as duas equipes na tabela de classificação não foi refletida em campo no primeiro tempo. Apesar de estar no G-4 e jogar em casa, o Atlético-GO não conseguiu se impor como esperava e só abriu o placar em cobrança de pênalti. Aos 24 minutos, Magno Cruz fez o passe dentro da área, a bola bateu no braço de Levi, e o árbitro assinalou. O próprio Magno foi para a cobrança e chutou forte, sem chances para Rodrigo Ramos: 1 a 0 Atlético-GO. 
Mesmo com o gol sofrido, o Sampaio Corrêa continuou mantendo a partida equilibrada. Edgar, pela esquerda, e Rayllan, pelo meio, davam trabalho para a defesa do Atlético-GO. Em um dos lances, Rayllan tentou finalizar de letra e consegui escanteio. O Tricolor ainda tentou diminuir com Carlos Alberto, que chutou de fora da área e mandou perto da trave direita do goleiro Kléver. 
Na etapa final, sim, pesou a diferença entre as equipes. Logo aos três minutos brilhou a estrela de Alison. De fora da área, o atacante arriscou e acertou o ângulo de Rodrigo Ramos: 2 a 0. O gol desmoronou o Sampaio Corrêa. Assim que o técnico Wagner Lopes trocou Felipe Baiano por Henrique, o Dragão fez o terceiro gol e praticamente definiu a partida. William Schuster apareceu livre após cobrança de escanteio e mandou para o fundo das redes: 3 a 0 Atlético-GO.
Edgar conseguiu descontar após belo passe de Rayllan aos 42 minutos, mas Alison fez mais um para o Rubro-Negro e fechou o placar: 4 a 1.
Magno Cruz comemora gol do Atlético-GO contra o Sampaio Corrêa (Foto: Reprodução / PFC)Magno Cruz comemora gol do Atlético-GO contra o Sampaio Corrêa (Foto: Reprodução / PFC)

Itabaiana bate o Uniclinic fora de casa e vai às oitavas na Série D

Após três empates entre as equipes no Brasileiro da Série D, enfim uma vitória. Quem levou a melhor foi o Itabaiana. O Tricolor da Serra não se intimidou pelo fato de estar jogando fora de casa e foi ofensivo desde o primeiro minuto de jogo no Presidente Vargas, em Fortaleza.
E coube a um lateral decidir a partida e deixar o torcedor do Tremendão rindo à toa. Anderson Sorriso marcou dois golaços em cobranças de falta e Paulinho Macaíba fechou a conta, de cabeça, eliminando o Uniclinic em casa. Agora, o time sergipano vai enfrentar o vencedor do confronto entre Globo-RN e Campinense-PB. A partida será neste domingo, às 19 horas.
Uniclinic x Itabaiana Série D PV (Foto: Tatiana Alencar/TV Verdes Mares)Gols de Sorriso foram fundamentais para a classificação do Itabaiana (Foto: Tatiana Alencar/TV Verdes Mares)

Equilíbrio e gol no finalzinho
Determinados a definir o resultado no tempo normal, Itabaiana e Uniclinic foram para o ataque com força total. Desde o primeiro momento os times pressionavam bastante. O Tricolor da Serra era mais incisivo, mas foi a Águia da Precabura que chegou com perigo primeiro. Wanderley chutou e Max defendeu. Depois os cearenses tentaram na jogada aérea, porém o goleiro do Tremendão foi mais esperto e se antecipou no lance. Um minuto depois a equipe sergipana respondeu com Diogo Orlando e Alex espalmou. Com isso, o jogo ganhava em velocidade e em chances de gol. Ambos começavam a ameaçar com mais intensidade as metas.
E assim permanecia a primeira etapa, com boas chegadas das duas equipes. Wanderley e Guto pelo Uniclinic, Macaíba e Janilson Madona pelo Itabaiana. Mas nenhum desses conseguiu balançar a rede. Até que, aos 42 minutos, o Tricolor tem boa chance em cobrança de falta. Sorriso cobra, a bola bate em uma trave, na outra e vai morrer no fundo das redes. Gol do Itabaiana! Enfim, o placar do Presidente Vargas "desencantou". Antes do final do primeiro tempo a Águia da Precabura ainda teve a chance do empate em lance de bola parada, mas não foi eficiente e assim terminaram os primeiros 47 minutos.
Uniclinic x Itabaiana Série D PV (Foto: Tatiana Alencar/TV Verdes Mares)Uniclinic ainda encostou no placar, mas não conseguiu virar o jogo e foi eliminado (Foto: Tatiana Alencar/TV Verdes Mares)
Sorriso "mitou" e Macaíba fechou
Foi só a bola voltar a rolar e o Itabaiana ter uma cobrança de falta para Anderson Sorriso se consagrar como o herói da classificação fora de casa. Aos dois minutos do segundo tempo, em uma falta do lado esquerdo de ataque o lateral do Tremendão mandou direto para o gol e encobriu Alex. Golaço! Com isso, a classificação do time sergipano estava praticamente garantida. Ao Uniclinic era necessário virar a partida. Com a diferença no placar, os visitantes relaxaram um pouco, mesmo assim continuavam chegando nos contra-ataques.
Mas quem pressionava com mais frequência eram os donos da casa. O goleiro Max e a zaga tricolor evitavam de todas as formas que o Uniclinic balançasse a rede. Enquanto, Macaíba e Fabiano Tanque tentavam nos contra-ataques garantir a classificação antes do apito final. Foi aí que, aos 26 minutos, Igor chutou de fora da área, Alex tentou tirar, a bola bateu na trave e, na sobra, Macaíba mandou de cabeça para o fundo das redes, "fechando a conta" para o Itabaiana. Max fez grandes defesas durante a partida, só não conseguiu evitar o chute de Dico e de Preto, que diminuíram para a Águia da Precabura. E a reação do clube cearense parou por aí. Aos 49 minutos o árbitro apitou pela última vez no PV e o Itabaiana avançou na Série D. 

Santos vence, afunda o Cruzeiro e cola no líder

O Santos segue firme na briga pelas primeiras posições do Brasileirão. Neste domingo, na Vila Belmiro, o Alvinegro venceu o Cruzeiro por 2 a 0, gols de Vitor Bueno e Lucas (contra), pela 17ª rodada da competição. Já são cinco jogos de invencibilidade do time do técnico Dorival Júnior. Por falar em treinador, o time mineiro estreou Mano Menezes nesta tarde. Ele vai ter trabalho...
A vitória leva o Peixe aos 32 pontos, agora na vice-liderança. Mas essa condição pode mudar após os resultados dos jogos das 18h30. Palmeiras e Grêmio podem passar o Santos na tabela. O Cruzeiro, por sua vez, segue em situação dramática na vice-lanterna. Já são seis jogos sem vencer, com cinco derrotas e apenas um empate. O time celeste tem 15 pontos em 17 jogos.
Na próxima rodada do Brasileirão, o Santos joga de novo como mandante. Mas dessa vez em Cuiabá. O jogo contra o Flamengo, quarta-feira, às 21h45, será na Arena Pantanal. O Cruzeiro, por sua vez, joga quinta-feira, às 21h, contra o Inter, no Independência, em Belo Horizonte.
Ricardo Oliveira Santos x Cruzeiro (Foto: FLAVIO HOPP/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO)Ricardo Oliveira tenta o arremate na entrada da área (Foto: FLAVIO HOPP/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO)
Primeiro tempo
Não teve gol, não teve nenhuma jogada brilhante, mas o primeiro tempo do duelo entre Santos e Cruzeiro foi bem movimentado. Dos dois lados. Tanto o Peixe quanto a Raposa tentaram chegar ao ataque criando, mas erraram muito passes, perderam muitas bolas e tiveram raras chances. Ricardo Oliveira foi a principal arma dos donos da casa, e Willian comandou o time visitante.
O atacante do Cruzeiro, aliás, perdeu a melhor oportunidade da etapa inicial: o goleiro Vanderlei se atrapalho a bola, Willian ficou com ela e chutou cruzado, sem goleiro. Mas a bola foi pra fora. Do lado santista, Ricardo Oliveira teve boa movimentação no ataque, mas as conclusões foram longe do gol defendido por Fábio. O placar sem gols refletiu, enfim, o que foi o primeiro tempo.
Santos x Cruzeiro (Foto: Lucas Baptista/Futura Press)Caju, que deu assistência para o gol de Vitor Bueno, disputa a bola na lateral (Foto: Lucas Baptista/Futura Press)

Segundo tempo
No retorno para o segundo tempo, o Cruzeiro teve duas boas oportunidades de abrir o placar. Uma seguida da outra. Aos seis minutos, Willian recebeu a bola de Robinho e tocou na saída de Vanderlei. Luiz Felipe tirou, mas a bola iria pra fora. Um minuto depois, Rafael Sóbis apareceu em boa condição do lado esquerdo, mas o goleiro do Peixe fez boa defesa.
Depois desses dois sustos, o Santos acordou. Partiu para cima do Cruzeiro e abriu o placar aos 16 minutos. Caju deu bela assistência para Vitor Bueno, que bateu rasteiro, sem chance para  Fábio. O goleiro da Raposa, aliás, foi surpreendido aos 29 minutos, quando Lucas cabeceou contra o próprio gol (após cruzamento de Victor Ferraz) e aumentou a vantagem do Peixe.
O Cruzeiro até tentou esboçar alguma reação, mas não conseguiu pressionar o Santos, que com bom toque de bola controlou a partida e sacramentou a vitória.
Willian Santos x Cruzeiro (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press)Willian lamenta a derrota do Cruzeiro na Vila Belmiro (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press)

Spartak Moscou goleia Arsenal Tula e lidera na Rússia

O Spartak Moscou goleou o Arsenal Tula por 4-0, neste domingo, e tornou-se o líder da liga russa. Dois gols de Ananidze, na primeira parte, e dois gols de Quincy Promes, no segundo tempo, fizeram os gols da vitória.

Refira-se que, depois dos empates no Zenit-Lokomotiv e no Anzhi-CSKA Moscou, também o Ural, o Rostov e o Terek Grozny venceram e somam três pontos nesta fase.

A jornada acaba esta segunda-feira com o Krasnodar-Tom Tomsk e com o Rubin Kazan-Amkar.

Shakhtar Donetsk goleia Chornomorets e lidera na Ucrania

Em duas jornadas, o campeonato ucraniano já tem as equipes de costume na frente. O Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca, que nesta rodada foi vencer o Odessa, ao terreno do Chornomorets (4-1) soma seis pontos, tantos quanto o campeão Dínamo Kiev, que venceu neste domingo em casa do Karpaty por 2-0.

O Shakhtar jogou no sábado e repetiu o resultado da primeira jornada, uma goleada construída apenas na segunda parte. Seleznyov marcou o primeiro golo do jogo aos 51 minutos e Fred fez o 2-0 oito minutos mais tarde. Filimonov ainda reduziu para o Chornomorets, mas nos minutos finais Eduardo da Silva e Kormalenko acabaram com a questão.

PSV derrota o Feyenoord e conquista a Supercopa da Holanda

O PSV entrou na nova temporada a ganhar: a formação de Eidhoven venceu este domingo o Feyenoord por 1-0 e faturou a Supercopa da Holanda.

Num jogo realizado na Arena de Amisterdan, o campeão PSV começou melhor e teve uma soberana ocasião para marcar aos 30 minutos, quando beneficiou de uma grande penalidade, mas Luuk de Jong falhou da marca de onze metros.

O gol não demorou muito, porém, e oito minutos depois Davy Proepper marcou mesmo: na sequência de uma jogada de insistência, encheu o pé de fora da área e atirou colocado.

Refira-se que na segunda parte o Feyenoord, vencedor da Copa da Holanda na época passada, pressionou à procura do empate e até fez cinco remates enquadrados com a baliza, mas não conseguiu marcar.

Pachuca vence Necaxa e segue na liderança do Apertura mexicano

O Pachuca, atual campeão do futebol mexicano, lidera com passo perfeito o torneio Apertura mexicano 2016, na terceira jornada que será concluída hoje com as partidas Chiapas-Toluca e Santos Laguna-Morelia.

O Pachuca, que é dirigido pelo uruguaio Diego Alonso, conseguiu sua terceira vitoria seguida no torneio ao superar por 1-0 o Necaxa com um gol do colombiano Stefan Medina.

Medina, com três gols, está empatado com o argentino Emanuel Villa, do Querétaro, e o mexicano Oribe Peralta em segundo lugar da classificação dos goleadores encabeçada pelo colombiano Dayro Moreno, que marcou quatro gols no Tijuana.

- Resultados da terceira rodada:

. Domingo

Pumas UNAM 1 - León 0

. Sábado:

América 0 - Tigres UANL 3

Pachuca 1 - Necaxa 0

Atlas 1 - Veracruz 0

Monterrey 1 - Cruz Azul 1

Querétaro 2 - Puebla 1

sexta:

Tijuana 4 - Guadalajara 0

hoje: Chiapas-Toluca e Santos Laguna-Morelia

Equipe PJ PG PE PP GF GC Pts

.1. Pachuca 3 3 0 0 8 1 9

.2. Querétaro 3 2 1 0 6 3 7

.3. Pumas UNAM 3 2 1 0 2 0 7

.4. Tijuana 3 2 0 1 8 3 6

.5. América 3 2 0 1 5 4 6

.6. Tigres UANL 3 1 2 0 3 0 5

.7. Atlas 3 1 2 0 2 1 5

.8. Puebla 3 1 1 1 5 5 4

.9. Cruz Azul 3 0 3 0 1 1 3

10. Veracruz 3 1 0 2 2 3 3

11. Guadalajara 3 1 0 2 1 5 3

12. Monterrey 3 0 2 1 2 3 2

13. Necaxa 3 0 2 1 0 1 2

14. Toluca 2 0 1 1 2 4 1

15. Morelia 3 0 1 1 2 4 1

16. Santos Laguna 2 0 1 1 0 2 1

17. León 3 0 1 2 1 6 1

18. Chiapas 2 0 0 2 0 4 0

Gaio bate Bellucci e conquista título na Itália

Depois de desperdiçar chances no primeiro set, o paulista Thomaz Bellucci foi derrotado na decisão do challenger de 85 mil euros disputado sobre o saibro de Biela, ao ser batido em dois sets pelo local Federico Gaio, 215º do mundo, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/2.

Com o resultado, Bellucci perderá três posições no ranking e permanecerá fora da faixa dos top 50. Ele entrou no torneio como 52º e deverá cair para 55º porque somou 65 mas terá retirado 90 de Gstaad. A queda irá aumentar, já que na próxima semana ele terá descontado 45 pontos pelo Masters do Canadá.

Gaio acabou se tornando o carrasco brasileiro no torneio, já que no sábado eliminou João Souza, o Feijão, salvando dois match-points no tiebreak do segundo set.

"Foi uma semana positiva aqui em Biella. Mesmo saindo com o vice, consegui me manter regular durante todo o torneio, estando mentalmente e fisicamente firme para ir avançando jogo a jogo", analisou o número 1 brasileiro.

Bellucci retorna ao Brasil e inicia treinamentos para a temporada de quadra dura. Seu primeiro compromisso serão os Jogos Olímpicos do Rio, que começam no próximo sábado. Ele conhecerá seus possíveis adversários no sorteio previsto para quinta-feira. Atuará também na chave de duplas ao lado do veterano mineiro André Sá.

Halep vence Keys e conquista 14º título da carreira



Depois de ficar com o vice na edição passada, Simona Halep conquistou o título do WTA Premier do Canadá, que este ano foi disputado em Montréal. Número 5 do mundo, a romena venceu a decisão contra a 12ª colocada americana Madison Keys na tarde deste domingo por 7/6 (7-2) e 6/3 em 1h15 de partida.

Este é o 14º título da carreira de Halep, sendo o terceiro na temporada. O torneio canadense dá 900 pontos à campeã, categoria que Halep já venceu em Doha-2014 e Dubai-2015. Ela ainda tem títulos em torneios de 1000 pontos em Indian Wells-2015 e Madri este ano.

A romena de 24 anos já chegou a ocupar a vice-liderança no ranking mundial. Com o título conquistado neste domingo, ela ganha duas posições e volta ao terceiro lugar. Por sua vez, Keys vai igualar o melhor ranking da carreira na nona posição. A americana tem 21 anos e disputou apenas sua quinta final.

O primeiro set teve quatro quebras para cada lado antes do tiebreak. Keys não repetia o bom desempenho no saque das partidas anteriores, mas equilibrava o placar impondo um tênis bastante agressivo. Exemplo disso, foi a contagem de winners do primeiro set, com 14 a 1 para a americana.

Entretanto, os 27 erros de Keys na parcial também foram determinantes. Todos os sete pontos vencidos por Halep no tiebreak vieram da raquete adversária, quatro pararam na rede e três foram para fora. Depois de quebrar logo no início do segundo set, Halep esteve sempre com pelo menos dois games de vantagem e não enfrentou break poitns. Keys liderou nos winners por 22 a 4, mas cometeu 45 erros contra 14 da romena.

União Madeira vence o Freamunde e avança na Taça da Liga portuguesa

Um gol de Breitner, logo aos cinco minutos, permitiu ao União da Madeira apurar-se para a segunda fase da Taça da Liga de futebol, ao vencer o Freamunde por 1-0, em partida da primeira eliminatória da prova.

O União da Madeira inaugurou o marcador aos cinco minutos, por intermédio de Breitner, que, após um cruzamento de Rodrigo Henriques, não desperdiçou a oportunidade.

Os 'capões', por outro lado, a correr atrás do prejuízo desde muito cedo, conseguiram criar situações perigosas que poderiam ter terminado em golo, no entanto, a pontaria não esteve apurada.

O momento mais flagrante aconteceu aos 15 minutos, altura em que Diogo Ramos, após a marcação de um livre, cabeceou ligeiramente ao lado da baliza de Tony, chegando-se a gritar golo no estádio.

No segundo tempo manteve-se a tendência para alguma apatia, no entanto, os insulares estiveram mais perto de aumentar a vantagem. A pouco mais de cinco minutos do final do encontro, Tiago Ferreira, junto à linha de gol, cabeceou com perigo, mas Dany conseguiu evitar o gol.

Brasil conquista o Mundialito de Beach Soccer ao vencer Portugal

O Brasil conquistou hoje o Mundialito de futebol de praia, após derrotar Portugal, por 6-4, no decisivo jogo da última jornada da competição, disputada em Carcavelos, Cascais.

Portugal até começou melhor, estando na frente do marcador por mais do que uma vez, mas o Brasil, mais eficaz, acabou por levar a melhor sobre Portugal, conquistando o Mundialito com nove pontos, mais três do que Portugal, que ficou à frente dos Estados Unidos e China.

Apoiados por um público caloroso que enchia por completo as bancadas no areal da praia de Carcavelos, a seleção portuguesa entrou praticamente a vencer, com Bé Martins a abrir o ativo, num remate de primeira, após um excelente passe de Belchior, aos dois minutos.

A ‘seleção das quinas’ estava melhor e Bruno Novo dispôs de uma soberana ocasião para aumentar a vantagem, mas encontrou pela frente um ‘gigante’ Mão, que fez uma grande ‘mancha’ ao remate do jogador português.

O Brasil respondeu e, no minuto seis, chegou ao empate por intermédio de Datinha, após boa jogada na direita, num minuto ‘alucinante’ e que contou com mais dois golos.

Na sequência da ‘bola de saída’, Bé Martins voltou a marcar, num lance estudado, a que o Brasil respondeu, no mesmo minuto, com novo gol, desta feita por Catarino, que colocou o jogo empatado 2-2 ainda a meio do primeiro período.

Bruno Novo voltou a colocar Portugal na frente a 20 segundos do fim do primeiro período, mas mesmo em cima do apito do árbitro, Bruno Xavier voltou a empatar.

No reatamento do encontro, o Brasil passou pela primeira vez para a frente do marcador, graças a um golo de Lucão, num segundo período muito disputado, com muitas faltas.

No derradeiro período o Brasil foi superior e aumentou a contagem por Filipe, e embora José Maria ainda tenha reduzido para 5-4 aos 30 minutos, a vitória já não fugiu aos ‘canarinhos’ que acabaram por vencer por 6-4.

Guarani derrota o Tombense e segue firme na liderança do Grupo B

O Guarani venceu mais uma partida pela Série C do Campeonato Brasileiro e segue na liderança do Grupo B. Depois de um primeiro tempo pouco inspirado, o time campineiro derrotou o Tombense por 2 a 0 no Binco de Ouro, com gols de Fumagalli e Marcinho. O meia Denis Neves, que entrou na segunda etapa, deu novo ritmo ao time e foi o grande responsável pelo resultado.

Com a vitória, o time paulista chega aos 24 pontos, quatro a mais do que o segundo colocado Boa Esporte. O Tombense, com 16, ainda é o quarto, mas corre o risco de ser ultrapassado por Juventude ou Ypiranga, que ainda entram em campo na rodada.
NADA DE GOLS
Desde o início, o jogo foi muito aberto. O Guarani chegava ao ataque com bom toque de bola, mas também ficava aberto a contragolpes do adversário. Na melhor das oportunidades, Fumagalli cobrou falta com perigo e a bola passou raspando a trave.

Mesmo com muitas alternativas para os dois times, o primeiro tempo terminou sem gols. Havia espaço, mas os homens de meio-campo falhavam no último passe, mostrando dificuldade para deixar os atacantes em boas condições de finalizar.
O destaque negativo do primeiro tempo foi o centroavante Everton, do Guarani, que mostrou dificuldades em todas as jogadas em que foi acionado e acabou sendo substituído por Pedro Hulk no intervalo. Mesmo sem ter se destacado, o garoto de 21 anos melhorou o desempenho do Bugre, já que Everton estava em manhã para ser esquecida, errando demais.
DENIS NEVES MUDA O JOGO
A segunda etapa mostrava as mesmas características da primeira: muito espaço para criar, mas poucas chances claras de gol, e o Tombense até criava as principais jogadas, exigindo defesas importantes do goleiro Leandro Santos. O jogo só mudou após a entrada de Denis Neves, que deu qualidade no toque de bola do time da casa.
Aos 27 minutos, Denis Neves sofreu falta e Marcinho cobrou na cabeça de Fumagalli, que apareceu livre para completar e abrir o placar.
O gol animou o time da casa e apenas dois minutos mais tarde o próprio Marcinho ampliou. Pipico deu passe preciso para o meia, que finalizou na saída do goleiro Darley, garantindo a vitória dos paulistas.
PRÓXIMOS JOGOS
As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana para a 12ª rodada da Série C. No sábado, às 16 horas, o Tombense visita o Macaé, no Moacyrzão. No domingo, às 19 horas, o Guarani joga mais uma partida no Brinco de Ouro, desta vez recebendo o Juventude.

Grêmio Prudente vence Taboão da Serra e se recupera na Série B Paulista

Grêmio Prudente e Taboão da Serra travaram uma verdadeira Batalha no Paulo Constantino. Quem decidiu esse duelo foi o “guerreio” Willyam Martins. Aos 36 do segundo tempo, o centro avante aproveitou a oportunidade, estufou as redes adversárias e contribui para a vitória. Outro destaque foi o Goleiro Alex Alves que, em sua estreia, defendeu um pênalti e garantiu o triunfo prudentino.
ETAPA INICIAL
O jogo começou movimentado. As duas equipes tocavam a bola bem rápido, uma tentando envolver a outra. E quem colocou na roda primeiro foram ou Touros do Oeste.

Após contra-ataque, Renatinho cruzou, Geovane cabeceou o goleiro Veloso espalmou. No rebote, Nonato tocou de cabeça, mas a zaga interceptou a finalização.
Os gremistas tentavam a todo custo fazer gol e não paravam de criar as jogadas. Tanto no lado direito, com William Dias e Romano, quanto na esquerda, comandada por Renatinho e Geovane Magno.

Matheus Gomes : Assessor de Imprensa
Porém, quem quase marcou foram os visitantes. Após cruzamento na área, Jean Pierre pôs a mão na bola. A arbitragem assinalou Pênalti. O camisa 10 Diego cobrou e Alex Alves defendeu. No rebote, a defesa colocou para escanteio.
Após o tiro de canto, o time de lelo tomou a bola e puxou o contra-golpe, Romano fez grande jogada individual, tabelou com Willian Dias e cruzou no pé do artilheiro Renatinho. O atacante chutou e Veloso defendeu. O resto das emoções ficou guardado para a parte final do jogo.
SEGUNDO TEMPO
Os comandados de Lelo voltaram com todo o gás para a etapa complementar. Depois de uma troca de passes, a redonda chegou em Renatinho. Ela, pingou e ele pegou de primeira. A bola explodiu na forquilha, e Veloso ficou só observou.
Mesmo com um início de segundo tempo tão intenso, o time perdeu um pouco a força. E são nessas horas que mão do treinador é fundamental. Lelo fez duas mudanças em sequência. Trocou Rabiola por Geovane, e Willyam Martins no lugar de Nonato. As alterações funcionaram.
Aos 36, após lançamento, Renatinho tocou para Rabiola, ele escorou para Willyam Martins. O camisa 17 estava de frente para o gol e chapou a bola na bochecha esquerda da rede e decretou números finais à partida. Grêmio Prudente 1 x 0 Cats.
APÓS O CONFRONTO
Depois da partida, o técnico Lelo falou que Alex e Willyam Martins foram muito importantes, porém, o grupo todo foi mais uma vez crucial. “Todos foram muito bem, desde a defesa, até os homens de frente. Entraram empenhados e querendo a vitória.
O técnico ainda disse que o time poderia ter feito mais gols. “Criamos bem, chegamos até à área adversária. Em alguns lances não concluímos bem, e outros não acertamos o último passe. Mas são coisas que acontecem no futebol e grupo todo está de parabéns”, exaltou.
Alex Alves, goleiro estreante que pegou o pênalti, falou que ficou feliz por ajudar a equipe. “Graças a Deus eu fui feliz no lance. Consegui pular no mesmo canto que ele bateu. Não podia ter estreia melhor. Agora é trabalhar para manter nesse foco”, completou.
Outro que ficou feliz foi Willyam Martins. O jogador está no time desde o começo do ano e fez o seu primeiro gol com a camisa gremista. “ Ganhei a oportunidade com o professor e consegui corresponder. Vou continuar trabalhando firme e buscar evolução”, comentou.

Inter de Lages segura empate com Caxias e avança às oitavas da Série D

 Inter de Lages soube usar o bom resultado conquistado na partida de ida para avançar as oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Jogando no Estádio Vidal Ramos Júnior, o time da casa não saiu de um 0 a 0 com o Caxias. No agregado, os mandantes se classificaram com um placar de 2 a 1. A partida foi muito disputada e tensa, oito jogadores da equipe gaúcha receberem o cartão amarelo.
A partida começou com um atraso de 10 minutos, isto pois a arbitragem percebeu que não havia nenhuma ambulância no estádio - o que é exigido no regulamento da competição.

A Inter de Lages está classificada para as oitavas de final da Série D
A Inter de Lages está classificada para as oitavas de final da Série D
PRIMEIRO TEMPO TRUNCADO
Aos 14 minutos da etapa inicial, A Inter chegou bem pela primeira vez. O meia Julio César recebeu e com espaço bateu bem, mas o goleiro do Caxias foi seguro e fez boa defesa. As equipes pouco criavam.
Até os 25 minutos, nenhuma outro ataque levou perigo a meta dos goleiros. A partida era muito truncada, ambos os times demonstravam muita vontade.
Aos 32 minutos, o Caxias reclamou um pênalti em cima de Jajá, o jogador foi agarrado dentro da área. O árbitro entendeu a disputa como normal e não marcou nada, mandou o jogo seguir. Precisando reverter a desvantagem, o Caxias se lançou para cima da Inter. Aos 40 minutos, o veterano Marcelinho Paraíba bateu falta com perigo. A bola saiu forte, mas foi no meio do gol, Marcelo Pitol socou a bola afastando o perigo.
INTER ADMINISTROU BEM O RESULTADO
Aos 7 minutos quase que a Inter se complicou, Rafael Tufa – que entrou no intervalo no lugar de Parrudo – quase entregou. Ele recuou uma bola de forma perigosa, quase Nicolas interceptou a bola. Tendo que marcar dois gols para avançar o Caixas passou a jogar contra o tempo.
A equipe saiu no desespero para cima da Inter, deixando espaços para a equipe catarinense. Aos 37 minutos a Inter quase matou a partida. André Gava girou bem e entregou para Rafael Tufa, que cruzou para Gustavo. Faltou pouco para ele alcançar a bola. Restando 10 minutos para acabar a partida, a torcida da equipe da casa já comemorava a classificação.
PRÓXIMO ADVERSÁRIO
Classificada, a Inter de Lages vai encarar o Ituano. Na tarde deste sábado, o Galo de Itu venceu a Linense, por 1 a 0. A equipe se classificou devido ao gol marcado fora de casa. Na partida de ida realizada em Lins, o time da casa havia vencido por 2 a 1. A data e horário das partidas serão confirmados em breve pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Boa Esporte vence o Macaé e mantém a Lusa fora da zona de rebaixamento

Boa Esporte e Macaé se enfrentaram nesta manhã de domingo pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C. Jogando no estádio Municipal de Varginha, o time da casa jogou melhor e venceu por 2 a 0, seguindo na cola do Guarani, líder do Grupo B.

Com o resultado, os mineiros seguem na vice-liderança com 20 pontos. O Macaé, por sua vez, se afunda cada vez mais. Agora o time ocupa a nona posição com dez pontos, abrindo a zona de rebaixamento.

COMEÇOU COM TUDO

O Boa Esporte não deu tempo para o adversário pensar. Logo em seu primeiro ataque, no primeiro minuto de jogo, Daniel Cruz recebe passe de Fellipe Mateus e abre o placar. O Macaé chegou com perigo aos 26 minutos com Gedeil. Após cobrança de escanteio, o jogador cabeceou na trave, quase empatando a partida.

No final do primeiro tempo, o Macaé estava pressionando em busca do gol de empate. Quem balançou as redes, porém, foi o Boa. Estreante do time, Tchô invade a área, dribla o zagueiro e dá um toque tirando do goleiro, ampliando o placar aos 43 minutos. O placar só não foi maior porque o goleiro Milton salvou um forte chute de Ricardinho aos 46 minutos.

FESTA DA TORCIDA
A equipe mineira seguiu tentando ampliar a vantagem na etapa final. Aos 27 minutos, após boa jogada de Samudio, Fellipe Mateus aparece sozinho, mas chuta para fora. A partir daí, chuva de cartões e poucas oportunidades. Antes do fim da partida, a torcida mineira ainda fez festa nas arquibancadas gritando o tradicional 'Olé'.

Na próxima rodada, o Boa joga novamente em casa contra o Botafogo-SP, no dia 8 de agosto, às 19h15. Já o Macaé enfrenta o Tombense, às 16 horas do domingo, no estádio Moacyrzão.


Genoa anuncia a contratação do meia Miguel Veloso

Os italianos do Genoa oficializaram hoje o regresso do futebolista internacional português Miguel Veloso ao clube, no qual esteve nas épocas de 2010/11 e 2011/12.

“O Genoa Cricket e Football Club comunica ter adquirido os direitos desportivos do médio português Miguel Veloso”, refere hoje o clube da Série A italiana de futebol na sua página oficial na internet.

Num comunicado em que historia a carreira do médio, o Genoa lembra que Miguel Veloso se destacou no Sporting e que já depois de passar por Itália se transferiu para os ucranianos do Dínamo de Kiev, pelos quais venceu dois campeonatos e duas taças.

O percurso na seleção portuguesa também não é esquecido, com os italianos a assinalarem a participação do médio no Mundial 2010 da África do Sul e no Europeu de 2012.

Em Kiev, o jogador, que começou nos iniciados do Benfica, esteve quatro temporadas, o período mais longo da sua carreira a seguir ao Sporting, pelo qual fez quase toda a formação, além de quase cinco épocas como sénior.

Penafiel vence Famalicão e avança na Taça da Liga portuguesa

O Penafiel se classificou hoje para a segunda fase da Taça da Liga em futebol, ao vencer por 3-0 em casa do Famalicão, que acabou uma partida muito intensa com nove jogadores.

Fábio Fortes (46 minutos) inaugurou o marcador quando a equipa famalicense já tinha vivido a primeira expulsão - Ângelo Meneses viu vermelho direto aos 32 - e Fernando Andrade 'bisou' aos 78 e nos descontos, numa altura em que o Famalicão já jogava com menos dois jogadores por expulsão de Medeiros (53).

Naquele que foi o primeiro jogo oficial das duas equipas nesta época, tanto Ulisses Morais como Paulo Alves apostaram em 'onzes' com um misto de caras novas e que transitam da época passada: quatro reforços no emblema local e cinco no visitante.

Os locais entraram melhor e criaram situações para marcar, por Mércio (13), ângelo Meneses (14) e Medeiros (20), mas, aos 32 minutos, Ângelo Meneses viu vermelho direto por falta sobre Hélio Cruz, ficando, no entanto, a ideia de que houve excesso disciplinar por parte do juiz Iancu Vasilica, que, aos 39, anulou um golo ao Famalicão, assinalando fora de jogo a Nailson.

Apesar da inferioridade numérica, o conjunto da casa nunca se 'rendeu' e continuou a impor o seu jogo, enquanto o Penafiel não arriscava, mas logo no primeiro minuto do segundo tempo, apanhando todos de surpresa, Fábio Fortes aproveitou da melhor forma um passe de Gonçalo Abreu e fez o 1-0 (46 minutos).

O Famalicão teve de somar quase de seguida nova contrariedade: o árbitro considerou que Medeiros simulou para conseguir uma grande penalidade e mostrou ao ala brasileiro o segundo amarelo, 'reduzindo' a equipa minhota a nove jogadores.

Não foi difícil ao Penafiel ampliar a vantagem e, aos 78 minutos, Fernando Andrade, após assistência de Mbala, fez o 2-0, tendo sentenciado a partida aos 90+5, com o 3-0.

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Ma...