31/01/2016

Real Madrid massacra o Espanyol e segue à caça do líder Barcelona

Zinedine Zidane segue com 100% de aproveitamento comandando o Relal Madrid no Santiago Bernabéu. Neste domingo, o time merengue fez 6 a 0 no Espanyol, em mais uma goleada sob o comando do francês.

Cristiano Ronaldo foi à rede três vezes, e comandou mais uma tranquila vitória madrilena. Benzema, James Rodriguez e o zagueiro Duarte, contra, completaram o resultado.

Com o resultado, o Real chegou aos 47 pontos e diminuiu para um ponto a diferença para o vice-líder, Atlético de Madrid. Na próxima rodada, os comandados de Zidane entram em campo contra o Granada, fora de casa. A partida está marcada para as 17h30 (de Brasília) do próximo domingo.

Já o Espanyol segue em 14º, a apenas dois pontos da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, a equipe catalã enfrenta o Real Sociedad em casa.

O jogo

Fulminante. Assim foi o início do Real Madrid. Como de praxe, a equipe merengue não tomou conhecimento dos visitantes e já abriu o placar aos seis minutos. James Rodriguez cruzou da direita e Benzema tocou de cabeça para o fundo das redes.

Quatro minutos depois, Cristiano Ronaldo foi derrubado por Roco dentro da área do Espanyol, e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, o próprio CR7 aumentou a vantagem madrilena.


Foto: Getty Images
Aos 15 minutos, foi a vez de James Rodriguez deixar o dele, acertando um belo chute de esquerda da entrada da área. A tentativa do colombiano ainda desviou em um jogador catalão antes de entrar.

Antes da ida para o intervalo, Cristiano Ronaldo ainda deixaria sua marca mais uma vez, e em um lance com toques de genialidade. O português recebeu lançamento de James, cortou dois defensores adversários e soltou uma bomba de perna esquerda da entrada da área.

O gol saiu pouco depois de o atacante Salva Sevilla perder uma grande chance para os visitantes, chutando em cima de Keylor Navas ao sair na cara do gol. O Espanyol voltou a assustar logo no começo da etapa final, em uma cabeçada de Rocco que passou raspando a trave de Navas.

O bom momento dos catalães parou por aí. O Real manteve o controle do jogo, e voltou a ampliar a vantagem já no final. Aos 36, Cristiano Ronaldo recebeu de Jesé e concluiu para o fundo do gol.

Aos 41, foi a vez do zagueiro Óscar Duarte mandar contra o próprio patrimônio após novo cruzamento de Jesé e dar números finais à partida.

Confira os resultados do Campeonato Espanhol neste domingo:

Sevilla 3 x 1 Levante

Valencia 0 x 1 Sporting Gijón

Las Palmas 2 x 1 Celta de Vigo

Real Madrid 6 x 0 Espanyol

 Gazeta Esportiva

Milan vence Internazionale e assume 6ª posição no italiano



O Milan colocou a Inter de Milão na roda neste domingo, no San Siro, em clássico válido pela 22ª rodada do Campeonato Italiano. Com direito a olé no fim do jogo, os Rossoneros bateram o arquirrival por 3 a 0, algo que não acontecia desde a temporada 2013/14. O brasileiro Alex, Bacca e Niang fizeram os gols do time rubro-negro. 

Com o resultado, o Rossonero vai para 36 pontos, fica na sexta colocação e segue em busca do quinto lugar, posição que o credenciaria para a próxima Luga Europa. No momento, a Roma ocupa a vaga, com 38 pontos.

Já a Inter fica mais distante da ponta. Os Nerazzurri ocupam a quarta posição, com 41 pontos, um atrás do G3, a zona de classificação para a próxima Champions. No topo, o Napoli soma 50. 

Na próxima rodada, o Milan sai de casa para pegar o Palermo. Lá no Sul da Itália, nesta quarta-feira. No mesmo dia, a Inter de Milão recebe o Chievo. 

 LANCE!

Mirassol derrota o Atlético Sorocaba em estreia na Série A2 do Paulista

Sob forte calor na cidade de Indaiatuba – a partida foi transferida de Sorocaba por conta de problemas no gramado do estádio Walter Ribeiro –, o Mirassol venceu o Atlético Sorocaba por 2 a 0, no estádio Ítalo Mário Limongi, e iniciou a caminhada na Série A2 do Campeonato Paulista com vitória. Os gols da vitória foram marcados pelo meia Xuxa, de pênalti, aos 13 do segundo tempo, e pelo volante Paraíba, oito minutos mais tarde, sacramentando o triunfo do time visitante. O público foi de 177 pagantes. 
Atlético Sorocaba x Mirassol Campeonato Paulista Série A2 (Foto: Emilio Botta)O Mirassol estreou no Campeonato Paulista Série A2 com vitória (Foto: Emilio Botta)


Na próxima rodada, quarta-feira, o Atlético Sorocaba enfrenta o União Barbarense, às 20h, na Toca do Leão, em Santa Bárbara D'Oeste. No mesmo dia, às 20h30, o Mirassol recebe o Velo Clube, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol. 
O jogo 
Atlético Sorocaba x Mirassol Campeonato Paulista Série A2 (Foto: Vinícius de Paula / Mirassol FC)O calor atrapalhou o desempenho dos times (Foto: Vinícius de Paula / Mirassol FC)
A temperatura foi o grande personagem do primeiro tempo em Indaiatuba. Os forte calor de 34°C prejudicou as duas equipes, que pouco criaram nos primeiros 45 minutos. Verdade, também, que a baixa qualidade dos times também colaborou para o péssimo rendimento ofensivo. Quem teve a melhor e única chance de gol foi o Mirassol, que após uma cabeçada do zagueiro Reniê, nos minutos finais, quase abriu o placar. Fora isso, muita briga no meio de campo e só.  
Na volta do intervalo, o Mirassol passou a tomar a iniciativa e partiu para o ataque. Apesar disso, precisou da marcação de um pênalti para abrir o placar. Chicão interceptou cruzamento com a mão e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, Xuxa bateu no meio do gol e colocou o Mirassol à frente: 1 a 0. 

Após o gol, o Mirassol se animou e logo ampliou. Paraíba recebeu na entrada da área e arriscou o chute. A bola bateu no pé das duas traves e entrou para sacramentar a vitória: 2 a 0.  

CRB vence o Sete de Setembro no Rei Pelé e segue invicto no Alagoano

CRB e Sete de Setembro entraram em campo na tarde deste domingo com a vantagem de não terem perdido ainda no Campeonato Alagoano. A partida no Estádio Rei Pelé prometia fortes emoções, pelo futebol apresentado pelas duas equipes até então, mas o jogo foi fraco tecnicamente. No duelo de líderes, o Galo levou a melhor sobre o Canarinho vencendo por 2 a 1. Os gols alvirrubros foram marcados por Luiz Fernando e Matheus Galdezani, enquanto Etinho diminuiu para o time do Tabuleiro.
- Sabemos que temos que melhorar muito, estamos no terceiro jogo, não tem esse negócio de desculpa pra isso não acontecer novamente. Não foi o jogo que nós queríamos, mas o que vale mesmo são os três pontos - disse o zagueiro Audálio, do CRB, logo após a vitória.
CRB x Sete de Setembro, no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)CRB vence Sete de Setembro, no Rei Pelé, e se mantém na liderança do Grupo B (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Com o resultado, o CRB se manteve líder invicto do Grupo B, agora somando nove pontos. Do outro lado o Sete de Setembro conheceu a primeira derrota no estadual, continuou com quatro pontos, e perdeu a segunda colocação do Grupo A para o ASA, que soma seis.
O jogo
CRB e Sete de Setembro não fizeram um jogo de qualidade no Estádio Rei Pelé. No primeiro tempo as duas equipes começaram arriscando muitos chutes de fora da área, mas a pontaria de ambas estava descalibrada. Aos 10 minutos, após uma saída de jogo errada do Canarinho, Luiz Fernando recebeu na entrada da área e com categoria abriu o placar no Rei Pelé. Apesar do gol, o time do Tabuleiro continuou ousando em campo e foi em busca do empate.
No segundo tempo, a equipe do técnico Adriano Cabeça continuou com o mesmo ímpeto de empatar a partida. O Galo errava muitos passes e o Sete seguia jogando melhor, parecendo que chegaria ao gol. Porém, numa infelicidade do experiente goleiro Hudson, o CRB chegou ao segundo gol, aos 26 minutos, após um chute de Matheus Galdezani (veja o gol no vídeo abaixo). Com o placar de 2 a 0, o alvirrubro administrou a partida. O Sete não se entregou e conseguiu diminuir com Etinho, aos 42. Nos minutos finais, o Canarinho ainda buscou o empate, mas já não havia mais tempo.

Remo vence o Águia de Marabá no Mangueirão em estreia no Parazão

Em uma tarde inspirada de Ciro e Eduardo Ramos, o Remo iniciou o Campeonato Paraense com pé direito e goleou o Águia de Marabá por 5 a 3 neste domingo, dia 31, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em partida válida pela primeira rodada do estadual. O resultado deixa o Leão na liderança do Grupo A1, com três pontos, enquanto o Azulão ocupa a quinta posição.   
Remo e Águia (Foto: Antenor Filho/TV Liberal)Remo é superior durante os 90 minutos e goleou o Águia por 5 a 3 (Foto: Antenor Filho/TV Liberal)
Valdanes e Flamel, duas vezes, marcaram para os visitantes. Já o Remo balançou as redes com Eduardo Ramos, Marco Goiano e Ciro, em três momentos. A próxima rodada acontece no meio da semana, na quarta-feira, dia 3. O Leão vai até Santarém e enfrenta o São Francisco, no Colosso do Tapajós. O Azulão recebe o Pebas, no Zinho Oliveira.   
O jogo   
Ainda sentindo o ritmo de jogo e o entrosamento, o Remo começou a partida errando passes e com dificuldade de penetração na área adversária, apesar de ter maior posse de bola. O Águia, no entanto, era mais eficiente do meio de campo em diante, e finalizou praticamente todas as oportunidades que teve, principalmente com Valdanes, autor do gol do Azulão.   
O Remo melhorou taticamente depois dos vinte minutos da etapa inicial e a dupla formada por Marco Goiano e Eduardo Ramos começou a aparecer bem na articulação das jogadas e com boa movimentação. A equipe de Leston Junior também era perigosa pelas laterais, de onde surgiu o lance do empate, ainda no primeiro tempo.    

Remo e Águia (Foto: Antenor Filho/TV Liberal)Na volta para os últimos 45 minutos, o Leão foi superior e jogava fácil. Ciro e Eduardo Ramos deslancharam. A equipe de Belém ampliou a vantagem e chegou aos 5 a 3 no marcador. Depois, administrou o resultado, enquanto o Azulão não esboçava mais nenhuma reação.
Mangueirão recebeu bom público neste domingo (Foto: Antenor Filho/TV Liberal)

Itabaiana sofre, mas vence Lagarto de virada no Sergipano

De certa forma, Itabaiana e Lagarto entraram no gramado do estádio Etelvino Mendonça, em Itabaiana, bastante pressionados. Ambos não haviam vencido nas primeiras rodadas e ficaram devendo um melhor futebol. Mas a vitória por 2 a 1 do Itabaiana, com gol nos acréscimos, mostrou que o time comandado por Nadélio Rocha tem potencial para evoluir e se aproximar dos primeiros colocados. Os lagartenses, mesmo perdendo mais uma, também mostraram virtudes e demonstraram que também podem evoluir.
No primeiro tempo, Fabinho abriu o placar para o Lagarto, mas na etapa complementar Igor, de bola parada, e Leonardo, nos acréscimos, garantiram o triunfo do Tremendão. Com quatro pontos. os itabaianeses ocupam a quinta colocação na tabela, enquanto o Lagarto, ainda sem somar pontos, é o vice-lanterna.
Na próxima rodada, o Itabaiana tem outra partida complicada, contra o Estanciano. O jogo acontece na próxima quarta-feira, às 20h15, no Etelvino Mendonça. No mesmo dia e horário, o Lagarto visita o Socorrense, no Estádio Wellington Elias.
Um tempo de cada
Foi justamente este o resumo do jogo. O primeiro tempo foi todo do Lagarto. O time alviverde marcou pressão em cima do Itabaiana, criou a maior quantidade de chances de gol e soube explorar bem os erros do adversário. Fabinho fez o gol do Lagarto. As coisas não estavam funcionando bem de tal maneira para o Tricolor que, ainda no primeiro tempo, Nadélio Rocha tirou Lineker para colocar Hildebrando. Essa alteração colaboraria, e muito, para mudar a história da partida.
Na volta para o segundo tempo, mais duas alterações. Entraram Renan e Ceará para as saídas de Thiago Rangel e Zada. O Itabaiana voltou outro. Mais ofensivo, pressionando mais, e aos poucos foi encontrando o caminho da virada. O empate veio na bola parada, com Igor. Aos 47 minutos, Leonado recebeu passe de Hildebrando e sacramentou a vitória do Tremendão.  

Bauru derrota o Brasília em casa e cola no líder Flamengo

Impulsionado pela torcida no ginásio Panela de Pressão, o Bauru venceu o Brasília por 94 a 92 neste domingo, colou no Flamengo na liderança do Novo Basquete Brasil e, ainda, faturou o bicampeonato do troféu Cláudio Mortari. O prémio, criado pela Liga Nacional de Basquete (LNB), é disputado entre os campeões da Liga Sul-Americana e da Liga das Américas.
Com o resultado, o Bauru soma 33 pontos, mesma pontuação do líder Flamengo, mas se mantém na segunda posição por conta do número de vitórias, são 15 do adversário pra 14 da equipe bauruense. Já o Brasília perdeu a invencibilidade neste ano, já que ainda não tinha sentido o sabor da derrota em 2016. Até o momento a equipe candanga soma 12 vitórias e seis derrotas, ocupa a terceira colocação no torneio. 
Na próxima rodada do NBB, o Bauru enfrenta o Pinheiros, fora de casa, no ginásio Henrique Villaboim. A partida está marcada para quarta-feira, às 20h30. No mesmo dia, mas às 20h, o Brasília encara o Basquete Cearense, dentro de casa, no ginásio Asceb.
O jogo
Bauru e Brasília começaram a partida com muita movimentação e mostraram que estavam com a pontaria calibrada, já que houve poucos erros de saque. Os primeiros 10 minutos de bola quicando foi bem equilibrado, com as duas equipes driblando com eficiência e com rapidez na troca de passes. Mas o placar final do quarto foi favorável para a equipe da casa: 31 a 29.
No segundo quarto, o jogo ficou mais disputado, com direito a enterradas e tocos. Porém, as equipes diminuíram o ritmo das cestas, tanto que foi o período em que menos pontuaram no jogo, já que foi finalizado - ainda com a equipe de Bauru à frente - em 16 a 14.
Já no início do terceiro quarto, Brasília mostrou que estava disposta a reverter o placar ao marcar nove pontos consecutivos. Ao notar a falta de reação de sua equipe, Demétrius Ferracciú pediu tempo, mas mesmo assim não conseguiu segurar o ritmo de jogo da equipe candanga, que fechou o quarto a frente do placar por 23 a 26.
No último período do jogo, a disputa ficou ainda mais acirrada, era uma cesta de um lado seguida de outra cesta do adversário. Só que os brasilenses conseguiram abrir uma diferença de cinco, mas o Bauru correu atrás do resultado e em um fim de partida emocionante conseguiu reverter o placar e fechou o quarto em 24 a 23.

Gama vira sobre o Planaltina-GO e estreia com vitória no Candangão

A estreia do Gama no Candangão 2016 deu a impressão de que teria uma dose extra de sofrimento. Depois de um empolgante início de jogo, a equipe viu o Planaltina-GO capitalizar na única chance clara de gol que teve, mas conseguiu manter os nervos no lugar e com um segundo tempo avassalador, venceu por 3 a 1 no primeiro jogo do certame local. Os atuais campeões também contaram com a estreia do técnico italiano Amedeo Mangone em partidas oficiais.O time do entorno, por sua vez, contou com o supervisor de futebol Pedro Mendes como técnico interino. Jorge Medina, contratado para o posto no início do ano, pediu demissão do time alegando problemas pessoais. Além da ausência do ex-treinador, o Pantera do Cerrado ainda teve no veterano Iranildo sua grande estrela na partida.
Gama x Planaltina-GO, Candangão 2016 (Foto: Lucas Magalhães)Torcida compareceu em bom número à estreia do Gama no Candangão 2016 (Foto: Lucas Magalhães)
- Eu estava muito concentrado. Sabia que esse seria um jogo muito importante para mim e para minha família. Dedico esse gol à minha mulher e minha esposa, já faz um mês que estou longe deles - afirmou um emocionado Fábio Gama após o apito final.
Empolgado pela torcida que compareceu em ótimo número ao Estádio Bezerrão, o Gama começou a partida pressionando o Planaltina. Com as ações capitalizadas sobretudo com o meia Marlon, um dos estreantes dos donos da casa, atuando bem pelas laterais do campo, os atuais campeões candangos não tiveram trabalho para chegar à meta defendida pelo goleiro Julião. Faltava, porém, tranquilidade ao Alviverde na hora de finalizar. Na melhor chance do Gama no primeiro tempo, por exemplo, Marlon acertou bom chute cruzado, mas a bola explodiu na trave e saiu em tiro de meta para o Planaltina-GO.
O que faltou aos donos da casa, sobrou para os visitantes. Aos 41 minutos da etapa inicial, a zaga do Gama, perdida, bateu cabeça e deixou Júlio César sozinho na área. O jogador não teve trabalho para dar um tapa na saída do goleiro Pereira para abrir o placar. O gol do Planaltina-GO foi suficiente para que a torcida do Gama, que começava a ficar impaciente, passasse a pegar no pé de Jeziel. A cada toque na bola, o zagueiro ouvia vaias e xingamentos das arquibancadas. No caminho para os vestiários, os jogadores do Alviverde ainda precisaram ouvir mais protestos da torcida.
Na volta do intervalo, o Gama voltou a campo com modificações no esquema tático. Com Fábio Gama lançado na vaga de Adriano, os donos da casa tiveram outra postura na partida. O outro estreante do Alviverde conseguiu melhorar o setor de criação, sufocando a zaga do Planaltina-GO. Até os 17 minutos do segundo tempo, foram três chances claras de gol do Periquito. Em uma delas, o meia Héricles, até então apagado na partida, por pouco não anotou um gol olímpico. Depois da cobrança de escanteio, a bola bateu na trave e caprichosamente quicou na linha e saiu.
Aos 17 minutos, o atacante Rafael Grampola, uma das esperanças de gol do Gama, recebeu grande lançamento, deu um chapéu no goleiro Julião e empurrou a bola de cabeça para o fundo das redes, empatando o jogo. 17 minutos depois, o atacante Dodô, que entrara justamente no lugar de Grampola pouco antes, recebeu grande passe e, da entrada da área, acertou um belo chute no ângulo, sem chances para Julião, virando o marcador para o Gama. 
Quando a partida se encaminhava para o fim e as duas equipes já pareciam ter diminuído o ritmo, o Gama ainda achou fôlego para anotar o terceiro. Em rápida jogada iniciada por Héricles, Dodô deixou Fábio Gama na cara do gol, batendo na saída do goleiro Julião e dando números finais ao confronto.
Na próxima rodada, o Gama vai até Formosa, enfrentar os donos da casa, no Estádio Diogão, às 16h. A partida será disputada no próximo domingo. Um dia antes, o Planaltina-GO fará a primeira partida como mandante na competição. O time receberá o Sobradinho, no Estádio Augustinho Lima, em Sobradinho, às 16h. O time do entorno goiano mandará jogos no estádio do Leão da Serra porque os espaços em Planaltina-GO ainda não oferecem condições para a realização de partidas oficiais.

JOGO DE FESTA
Em 2016, a maior conquista da história da Sociedade Esportiva do Gama completa 18 anos: o título da Série B do Campeonato Brasileiro de 1998, que credenciou o Periquito a disputar a Primeira Divisão do futebol nacional no ano seguinte. Por conta da data, a diretoria do Gama promoveu uma partida festiva, que envolveu os jogadores do time que levou o Alviverde à elite, junto de alguns convidados, contra uma equipe formada por grandes nomes do futebol de Brasília.
Desta forma, os torcedores puderam matar a saudade de nomes como Augusto, Rochinha e Romualdo, além de Jairo e Gerson, que marcaram época defendendo as cores do Gama. Curiosamente, o atual técnico da equipe, e ex-zagueiro do Roma, Amedeo Mangone, também participou da festa e chegou a "barrar" Jairo, ao sair jogando entre os titulares do Gama de 1998.
O placar, entretanto, foi desfavorável aos donos da festa: o combinado de jogadores de Brasília venceu a partida por 4 a 2. 

Sampaio Corrêa vence Moto Club e segue na liderança do Grupo A do Maranhense

No primeiro encontro entre tricolores e rubro-negros no ano, melhor para os torcedores do Sampaio. Com direito a golaço, bola na mão dentro da área e gol anulado, o superclássico terminou com a vitória do Sampaio sobre o Moto Club por 1 a 0, neste domingo, no Castelão, e segue firme na liderança do Grupo A do Campeonato Maranhense de 2016. 
Estádio Castelão  TR Sampaio x Moto Club - 3101 (Foto: João Ricardo Barbosa/G1)Estádio Castelão TR Sampaio x Moto Club - 3101 (Foto: João Ricardo Barbosa/G1)
O gol da vitória foi marcado pelo atacante Edgar aos 42 minutos do primeiro tempo. Com a vitória, o Sampaio manteve 100% de aproveitamento e chegou aos nove pontos e se isolou na liderança do Grupo A. O Tricolor volta a campo na quinta-feira contra o Araioses, no Castelão.
O Moto Club segue na segunda posição, com quatro pontos e tem pela frente o São José. A partida está marcada para quarta-feira, no estádio Castelão. 
O Superclássico
Com a bola rolando, o confronto começou muito disputado e com os dois clubes buscando as jogadas ofensivas desde o início. Nos primeiros minutos, o Sampaio tomou a iniciativa e encontrou um Moto Club muito bem organizado defensivamente. 
Mesmo com leve domínio e pressionando a saída de bola do Sampaio com os volantes Felipe Dias e Curuca, foi o Tricolor quem abriu o placar aos 42 minutos com Edgar. Atacante recebeu passe na entrada da área e chutou colocado acertando o ângulo de Rodrigo Ramos. 
Na volta para a segunda etapa, o Tricolor voltou mais ofensivo.O Sampaio até chegou ao segundo gol com Guilherme Santos, mas a arbitragem anulou justificando posição irregular do jogador. Nos últimos minutos da partida a torcida ainda reclamou de um toque de mão do defensor do Sampaio, quando Pedro Gusmão chutou de fora da área. No fim vitória do Sampaio por 1 a 0. 

Flamengo vence Aguilas de Tunja e está na semifinal da Liga das Américas

Depois de um primeiro tempo ridículo quando foi derrotado por 33 a 25 pela fraquíssima equipe do Aguilas de Tunja, da Colômbia, o Flamengo voltou o para a etapa complementar e não teve dificuldades para fechar o jogo em 75 a 60 e garantir a vaga para a fase de semifinais da Liga das Américas de 2016.

Neste domingo com transmissão, ao vivo, do SporTV3, o Flamengo decide o primeiro lugar do quadrangular, grupo "C", da LDA/2016, com o Correcaminos de Colón, do Panamá, que derrotou no encerramento da segunda rodada, a equipe do Gimansia & Esgrima, da Argentina, por 60 a 54.

Os alas Marquinhos com 21 pontos, 3 rebotes e duas assistências e Marcelinho Machado com 14 pontos, sendo 9 em 3 bolas convertidas de 3 pontos em 9 arremessadas, ou seja, 33,35 de aproveitamento, foram os destaques do rubro-negro carioca.

Vale a pena lembrar que já estão definidas 6 das 8 equipes da fase de semifinal. A saber: Mogi, Malvin (Uruguai), Bauru, Quimsa (Argentina), Flamengo e Correcaminos (Panamá).

Na próxima semana, na cidade de Barquisimeto, na Venezuela, será a vez do Brasília medir forças com o anfitrião Guaros de Lara, o Capitanes de Arecibo (Porto Rico) e o Capitalinos de la Habana (Cuba).

Fortaleza se isola na liderança do Grupo A1 do Cearense ao vencer o Uniclinic

O Unilinic e Fortaleza fizeram um grande jogo pela quarta rodada do Campeonato Cearense. Jogando como visitante na Arena Castelão, o Leão aproveitou o entrosamento com a sua casa e venceu a Águia de Precabura por 3 a 2.

Os gols do Fortaleza foram marcados por Daniel Sobralense, Anselmo e Dudu Cearense, enquanto André Lima e Diogo anotaram os tentos do Uniclinic.

Com o resultado, o Leão se isolou na ponta do Grupo A1 do Campeonato Cearense, com nove pontos. Já o Uniclinic segue na segunda colocação, com seis.

A primeira etapa da partida foi eletrizante durante todos os 45 minutos. Logo aos três, Daniel Sobralense abriu o placar para o Fortaleza. Em cobrança de falta rasteira, a bola ainda bateu na trave e, logo na sequência, entrou para deixar o Leão em vantagem.

O Uniclinic empatou logo na sequência. Aos seis minutos, após cruzamento na área, André Lima subiu livre no meio da zaga e completou de cabeça para igualar o marcador.

A equipe ainda teve a oportunidade de virar o jogo, em chute de Preto, aos 17. No entanto, foi o Fortaleza que voltou a ficar na frente. Aos 29, Anselmo aproveitou cruzamento, se antecipou à zaga e chutou para fazer o segundo da equipe na Arena Castelão.

O Leão, porém, acabou levando o empate novamente. Aos 42, Diogo se beneficiou de lançamento em profundidade e se esticou para fazer o segundo do Uniclinic e levar a igualdade para o intervalo.

No segundo tempo, o Uniclinic teve outra oportunidade para virar aos 11 minutos. Em cobrança de falta, Diogo mandou um chute forte e obrigou o goleiro do Leão a usar os pés para salvar.

Se a Águia da Precabura não aproveitou sua chance, o Leão foi novamente decisivo. Dudu Cearense aproveitou cruzamento para a área, aos 27 minutos, e completou para colocar o Fortaleza novamente em vantagem.

Apesar do jogo de muitos gols, o Uniclinic não conseguiu criar grandes chances para empatar a partida novamente. Com isso, o jogo se encerrou com a vitória do Fortaleza por 3 a 2.

 Gazeta Esportiva

Goiás derrota o Vila Nova e estreia com vitória no Goiano

O estádio todo era vermelho e branco, mas o Goiás não se intimidou. Em clássico com torcida única no Serra Dourada, na tarde deste domingo, o Esmeraldino venceu o Vila Nova por 2 a 0 e estreou com o pé direito no Campeonato Goiano.

O time alviverde não teve grandes problemas para construir o resultado ainda no primeiro tempo, com gols de Patrick e do estreante Rafhael Lucas. Na defesa, o goleiro Renan foi o grande destaque, fazendo boas defesas e garantindo o triunfo esmeraldino.

O Goiás volta a entrar em campo pelo Estadual nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília) diante do Aparecidense no Serrinha. Já o Vila, no mesmo dia, às 21h45, enfrentará o Anápolis fora de casa.

O jogo – Apesar da presença única dos torcedores colorados no Serra, foi o Goiás quem iniciou a partida pressionando. Aos nove minutos, o Esmeraldino criou a primeira boa chance do duelo, quando o meia Wagner aproveitou falha da zaga do Vila e bateu para defesa de Edson.

O Tigre respondeu aos 16 minutos, em uma falta cobrada por Fernando Neto que passou muito perto da trave. Aos 19, o goleiro Renan salvou o Goiás ao defender uma tentativa de Douglas Assis.

Quando o Vila Nova começava a melhorar, tomou um banho de água fria. Aos 21 minutos, depois de um bate-rebate, Patrick arriscou da entrada da área, a bola passeou pela zaga colorada e entrou no canto esquerdo de Edson.

Vivendo uma tarde inspirada, Renan ia garantindo a vitória esmeraldina com grandes defesas. Aos 30, o arqueiro fez duas intervenções seguidas, em finalizações de Robston e Douglas Assis após cobrança de escanteio.

E se o goleiro fazia seu papel lá atrás, o ataque decidia na frente. Aos 45 da primeira etapa, Rafhael Lucas recebeu de Wagner e bateu para ampliar o marcador em sua primeira partida oficial com a camisa alviverde.

O segundo tempo foi bem diferente do primeiro: morno, com pouca movimentação e quase nenhuma chance clara de gol. A primeira (e melhor) delas só veio aos 31 minutos: Rafhael Lucas recebeu de Daniel Carvalho e bateu para grande defesa de Edson.

O Vila Nova respondeu quatro minutos depois. Zotti cruzou na área, o zagueiro Deivid desviou contra o próprio patrimônio e obrigou Renan a fazer mais uma intervenção, garantindo de vez a vitória.

 Gazeta Esportiva

Sporting Gijón vence e aumenta crise do Valencia no Campeonato Espanhol

O Valencia recebeu o Sporting Gijón no estádio Mestalla neste domingo pelo Campeonato Espanhol e foi surpreendido, perdendo por 1 a 0 e ampliando sua extensa série sem conseguir vencer no certame nacional. Antonio Sanabria marcou o único gol do jogo. O placar deixa os donos da casa com 25 pontos, na 12ª posição, enquanto os visitantes sobem para 16º, com 21.

O início da partida marcou um bom desempenho do Valencia, que guiados por Enzo Perez, marcava o rival no campo de ataque e possuía o controle do jogo. No entanto, nas chances criadas, Negredo pecou na falta de precisão e jogou fora valiosas oportunidades de abrir o placar.

Apesar da ânsia em buscar a vitória que já não ocorre há três meses no Espanhol para o time de Gary Neville, o placar permaneceu inalterado ao fim dos primeiros 45 minutos. O Gijón, que começou acuado, foi se encontrando e conseguiu trazer equilíbrio para a partida.

Na volta para a etapa final, no entanto, os donos da casa não tiveram a mesma sorte, e Danilo acabou cometendo pênalti imprudente que Antonio Sanabria cobrou para colocar os visitantes na frente, aos 5 minutos. O baque foi forte para o Valencia, que imediatamente fez substituições na intenção de reagir em campo.

As chances vieram, e Negredo voltou a ficar perto de marcar, acertando a trave em bom cabeceio dentro da área, aos 13. André Gomes também arriscou, e da entrada da área disparou chute que passou rente ao poste direito.

Negredo abusou dos gols perdidos até os instantes finais do jogo, isolando chutes em boa condição de concluir dentro da área. Pagando caro pela falta de eficácia, o Valencia conheceu o seu 11º jogo seguido sem vencer no torneio.

Sevilla bate o Levante em casa e se aproxima do G4

O Sevilla também entrou em campo neste domingo dentro de seus domínios, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, onde recebeu o Levante e saiu vitorioso pelo placar de 3 a 1. O triunfo deixou a equipe comandada por Unai Emery com 36 pontos, na quinta posição, enquanto os visitantes somam 17 e continuam afundados na lanterna do torneio.

No minuto inicial de jogo, os anfitriões já abriram o placar, com o francês Kevin Gameiro. Iborra, no começo da etapa final, ampliou. O Levante chegou a diminuir com Giuseppe Rossi, mas Eugene Konoplyanka matou o jogo e selou o placar definitivo.

Atlético-PR estreia no Campeonato paranaense com vitória sobre o Operário

Sob calor de 29ºC, o Atlético Paranaense estreou neste domingo no Campeonato Paranaense de 2016. Fora de casa, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, o Furacão venceu por 2 a 0, o Operário, atual campeão estadual. Os  gols foram marcados pelo atacante André Lima, ambos no segundo tempo. 

Com a vitória, o  Atlético iniciou a competição com o pé direito, conquistando seus primeiros três pontos no torneio e reforçando que, diferentemente das últimas temporadas, o time do técnico Cristóvão Borges vai em busca do título que não vence desde 2009. 

O próximo jogo do Furacão pelo Estadual será na próxima quarta-feira, às 19h30, diante do Maringá, no Escoestádio, já que a Arena da Baixada, casa do Atlético, segue inoperante devido à instalação da grama sintética. O Operário, por sua vez, volta a campo na quinta-feira, também às 19h30, no Germano Krüger, contra o Paraná. 

O Jogo

A parida iniciou bastante faltosa, com jogadores de Atlético e Operário nervosos e reclamando muito com o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior. O Furacão começou sofrendo pressão do Fantasma, que atuou com a marcação adiantada e forçou dois erros do volante Otávio, em menos de 10 minutos. Apesar da pressão, o time de Cristóvão Borges foi o primeiro a criar chances de gol. Aos 19 minutos, Vinícius lançou boa bola para Anderson Lopes, que driblou o goleiro Juninho, mas acabou chutando fraco. Douglas Mendes completou o serviço afastando a bola quase em cima da linha, evitando o gol do atacante rubro-negro. Pouco depois, novamente, Anderson Lopes levou perigo à meta adversária ao arriscar de fora da área. Desta vez, Juninho não deixou passar. Antes da marca dos 30 minutos, o Operário, que manteve boa base do elenco campeão paranaense, na última temporada, enfim, chegou ao ataque. O lateral, Danilo Baia, encheu o pé na entrada da área e quase abriu o placar para o Operário-PR.

A segunda etapa começou bastante movimentada, mas com o Fantasma tomando a iniciativa. Aos 4 minutos, Juba recebeu pelo lado direito e arriscou chute forte na entrada da àrea, assuatando o goleiro Weverton, que viu a bola passar muito perto do gol.  O susto exigiu mudanças e Cristóvão Borges não esperou para colocar em campo o atacante André Lima e o lateral Sidcley, nas vagas dos atacantes Crysan e Anderson Lopes, respectivamente. Apesar das alterações, o Furacão sofreu forte pressão do Fantasma. Aos 20 minutos, o Operário chegou no ataque, com Rafinha, que chutou por cima do gol. Logo na sequência, a equipe do técnico Antônio Picoli, chegou mais uma vez, Desta vez, exigindo boa defesa de Weverton, no chute de Juba. Dai para frente, o Atlético se acertou e tomou conta do jogo. Enfim, aos 29 minutos saiu o gol. Após cruzamento, e falha da zaga do Fantasma, a bola sobrou para André Lima, que finalizou marcando seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Com o gol, a equipe da casa se desestabilizou e Lucas e Reinaldo acabaram levando amarelo. Já nos acrescimos, o Fantasma viu masi um de André Lima, que recebeu cruzamento cirurgico de Vinícius e mandou para o fundo da rede. 

Escalações: 
Operário: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Wallacer (Alessandro 30'/2T) e Rafinha; Juba e Reinaldo Mineiro (Nathan 34'/ 2T) - Técnico: Antônio Picoli. / Banco Operário: Sílvio; Jean, Fredson Baiano, Jhonathan Silva, Nathan, Alessandro e Lucas Batatinha/ C artões Amarelo: Reinaldo (22'/ 2T), Lucas (35'/ 2T) 

Atlético-PR: Weverton; Léo, Christian Vilches, Paulo André, Roberto; Otávio, Deivid, Vinícius (CAMISA 29), Marcos Guilherme, Anderson Lopes (Sidcley 9'/2T); Crysan (André Lima 10'/ 2T) - Técnico: Cristóvão Borges. / Banco Atlético: Santos, Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno, Sidcley, Jadson, Hernani, Bruno Mota, Giovanny, Ewandro e André Lima.

Bahia derrota o Jacuipense de virada com dois gols de Hernane

O atual campeão baiano sofreu para estrear com vitória na edição de 2016. Jogando fora de casa, o Bahia teve um jogador a mais desde o primeiro tempo, mas saiu atrás no placar e chegou a levar o empate. Com dois gols de Hernane, contudo, bateu a Juazeirense por 3 a 2.

A Juazeirense saiu na frente logo aos cinco minutos, quando goleiro Marcelo Lomba cometeu pênalti em Ebinho e Nino Guerreiro converteu. Em desvantagem, o Tricolor se lançou à frente e foi criando chances. Mas só empatou com outro pênalti, que acabou definindo a partida: o zagueiro Ricardo Braz derrubou Danilo Pires na área, foi expulso ao receber o segundo amarelo e ainda viu Hernane balançar as redes.

A expectativa era de que o Bahia, enfim, impusesse sua superioridade. O gol saiu rapidamente. Aos três minutos, Juninho cobrou escanteio e Edigar Junio cabeceou na trave, mas aproveitou o rebote para balançar as redes. E o Tricolor seguiu no ataque, tentando sacramentar logo a conquista dos três pontos.

Mas a Juazeirense, em rara aparição na frente, conseguiu empatar. Aos 19 minutos, Ebinho aproveitou chutão da defesa, venceu os marcadores na corrida e balançou as redes. O Bahia, no entanto, tinha Hernane. Aos 28, Rômulo passou para Luisinho, que tocou para o centroavante, sem marcação nem goleiro, só desviar para as redes. Nos acréscimos, Sassá chegou a igualar o placar novamente, porém o árbitro apontou impedimento. O treiunfo foi tricolor neste domingo.

Com a vitória nesta primeira rodada, o Bahia passa a ter a terceira melhor campanha do Campeonato Baiano. Está atrás do Vitória, que bateu Jacuipense por 3 a 0 nesse sábado, e do Bahia de Feira de Santana, que impôs 2 a 0 sobre Feirense neste domingo.

Confira os resultados do Campeonato Baiano neste domingo:

Bahia de Feira 2 x 0 Feirense

Flamengo 0 x 0 Vitória da Conquista

Colo Colo 0 x 0 Fluminense de Feira

Juazeirense 2 x 3 Bahia

Salgueiro vence o Sport por 1 a 0 na estreia no Pernambucano

Em jogo da 1ª rodada do hexagonal final do Campeonato pernambucano 2016, o Salgueiro vence o Sport por 1 a 0, no estádio Cornélio de Barros.

O gol da vitória do Carcará saiu aos 12 minutos de jogo, quando Tamandaré que fez o cruzamento pela direita, Anderson Lessa desviou e Cássio, com liberdade, mandou para o fundo das redes.

Com o resultado da partida, o Salgueiro ficou na liderança provisória do hexagonal do título, pois apenas este jogo foi realizado na abertura da competição, que terá essa rodada completada apenas no dia 14 de fevereiro, com a realização do embate entre América e Central, no estádio Ademir Cunha, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

FICHA TÉCNICA SALGUEIRO 1 x 0 SPORT

SALGUEIRO: LUCIANO; MARCOS TAMANDARÉ, RANIERI, ROGÉRIO E DANIEL; RODOLFO POTIGUAR, MOREILÂNDIA E CÁSSIO (LUCAS PIAUÍ, MIN 67); PIAUÍ, JEFFERSON BERGER (JAILDO, MIN 63) E ANDERSON LESSA. TÉCNICO: SÉRGIO CHINA.

SPORT: DANILO FERNANDES; SAMUEL XAVIER (WALLACE, MIN 70), MATHEUS FERRAZ, DURVAL E RENÊ; RITHELY, SERGINHO (LUIZ ANTÔNIO, MIN 59) E EVERTON FELIPE (FÁBIO, MIN 61); MAICON, TÚLIO DE MELO E MARK GONZÁLEZ. TÉCNICO: PAULO ROBERTO FALCÃO.

PLACAR: 1-0, CÁSSIO, MIN 12;

ÁRBITRO: GILBERTO CASTRO JÚNIOR (PE), AUXILIADO POR CLÓVIS AMARAL (PE) E ELAN VIEIRA (PE). CARTÕES AMARELOS: CÁSSIO E ROGÉRIO (SALGUEIRO); RENÊ (SPORT).

INCIDÊNCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA PRIMEIRA RODADA DO HEXAGONAL DO TÍTULO DO CAMPEONATO PERNAMBUCANO 2016, DISPUTADA NO ESTÁDIO CORNÉLIO DE BARROS, EM SALGUEIRO, PERNAMBUCO. PÚBLICO: 3.081. RENDA: R$ 20.847,00.

Grêmio bate o Brasil de Pelotas fora de casa em estreia no Gauchão

De virada, Grêmio vence o Brasil-Pel por 3 a 1 em estreia no Gauchão Felipe Nyland/Agencia RBS

A gurizada resolveu. Com gols de Luan, Éverton e Pedro Rocha, o Grêmio passou com facilidade pelo Brasil-Pel, por 3 a 1, no Centenário, em sua arrancada no Gauchão. Sem a força do Bento Freitas, o adversário incomodou somente no primeiro tempo. A vitória só se esboçou com mais clareza na segunda etapa, quando Roger Machado corrigiu o erro inicial, ao apostar em Maicon como substituto de Giuliano.
Uma falha defensiva permitiu que o Brasil -Pel iniciasse em vantagem. A sete minutos, Kadu não alcançou escanteio batido por Xaro, Marcelo Grohe demorou a se mover e Cleverson concluiu sem marcação. Repetiu-se, nesse lance, a dificuldade defensiva do Grêmio em lances aéreos, registrada contra o Danubio-URU, em amistoso, e Avaí, pela Primeira Liga.
O esboço de reação do Grêmio esbarrava na efetiva marcação do Brasil, exercida na intermediária. Sem Giuliano, Maicon e Everton revezavam-se sem melhor sincronia na tentativas de penetração pelo lado direito. Como em outros jogos, o time repetia a hesitação no instante de chutar. Só aos 24 minutos surgiu o primeiro arremate, por Luan, muito alto. As seguidas interrupções por falta, que resultaram em sete amarelos só no primeiro tempo, favoreciam o Brasil.
A 37 minutos, a arbitragem deixou de assinalar pênalti de Leandro Camilo sobre Luan, que ainda conseguiu chutar para defesa de Martini. Por fim, a 42 minutos, o empate. Luan desarmou Xaro na frente da área, serviu a Maicon, seguiu correndo na direção da área, recebeu a devolução e venceu Eduardo Martini com um chite rasteiro.
Roger mexeu bem no time para o segundo tempo. Recuou Maicon para sua posição de origem e ganhou na saída de bola e deu velocidade ao ataque com Pedro Rocha. Com isso, caiu completamente a resistência do Brasil. Logo a um minuto, após drible desconcertante, Luan cruzou na direção da ára e Everton ampliou de cabeça em falha de Martini. Não houve tempo para que surtissem efeito as duas modificações de ataque feitas por Rogério Zimmermann. Aos 14, lançado por Maicon, Pedro Rocha tomou a dianteira da marcação e fez 3 a 1.
Com a vitória encaminhada, o Grêmio reduziu o ritmo. Roger trocou Maicon por Moisés e perdeu Luan, lesionado, dando chance a Bobô. O Brasil só ameaçava com avançadas pelo lado esquerdo, que não resultavam em arremates. O susto maior foi do Grêmio, em cruzamento de Kadu desperdiçado por Pedro Rocha. A resposta veio no arremate rasteiro de Wender, que atingiu a parte externa da rede. 

Soares/Vesnina derrota Tecau/Vanderweghe e fatura o Aberto da Austrália nas mistas

Já imaginou conquistar dois Grand Slams em menos de 24 horas? Isso é possível e aconteceu com Bruno Soares. No sábado, ele levantou o Aberto da Austrália ao lado de Jamie Murray e neste domingo, o tenista se sagrou campeão de duplas mistas com a russa Elena Vesnina.
Bruno Soares conseguiu a sua quarta conquista de Grand Slam na carreira
Foto: Efe




























Os dois superaram o romeno Horia Tecau e a americana Coco Vanderweghe por 6/4 4/6 10/5. Ele conseguiu sua quarta conquista de Grand Slam na carreira. Além da conquista com Jamie Murray, ele consegiu o triunfo do US Open em 2012 com a russa Ekaterina Makarova e 2014 com a indiana Sania Mirza nas duplas mistas do último Major da temporada.
Esta é a primeira vez que um brasileiro levanta dois Slams num mesmo torneio desde Maria Esther Bueno em 1962 quando a Rainha do tênis brasileiro foi campeã de dupla e dupla mista no US Open.

Vasco goleia o Madureira na estreia no Carioca



Atual campeão do Carioca, o Vasco estreou com vitória no Estadual de 2016. Contra o Madureira em casa, o Gigante conseguiu uma boa atuação e derrotou o Madureira por 4 a 1 em duelo realizado na tarde desde domingo em São Januário. Os gols do clube da Colina foram marcados por Riascos, Andrezinho e Nenê. Daniel descontou para os visitantes.

O Vasco volta aos gramados na próxima quinta-feira, quando enfrenta o América, em Edson Passos, às 19h30. Já o Madureira encara a Cabofriense, na quarta, em Conselheiro Galvão, às 17 horas.

O Vasco começou melhor o duelo em São Januário. Com a marcação adiantada, o Gigante sufocou o Madureira e conseguiu o seu gol aos sete minutos. Nenê recebeu na esquerda e colocou na cabeça de Riascos, que fez a conclusão de forma perfeita, colocando o clube da Colina na frente.

Logo depois, o Madureira conseguiu o empate, na primeira chance que teve. Aos 15 minutos, Arthur Faria cobrou falta, Daniel subiu mais que a zaga do Vasco e cabeceou, o sol atrapalhou um pouco e Martín Silva acabou aceitando. Tudo igual em São Januário.

Depois do empate, o Madureira conseguiu equilibrar as coisas. O Gigante sõ chegou com perigo aos 45 minutos quando em cobrança de falta, a bola sobrou em boas condições para Julio Cesar, mas o lateral-esquerdo acabou finalizando para fora.

O Vasco voltou para o segundo tempo com uma mudança. Yago Pikachu entrou na vaga de Matheus Pet. Com apenas três minutos, o Gigante voltou a ficar na frente. Luan acertou cruzamento pela direta e Andrezinho cabeceou para o fundo das redes, deixando o Gigante em vantagem novamente.

Na frente do placar, o Vasco seguiu melhor na partida, criando algumas oportunidades. Aos 33 minutos, Madson foi derrubado dentro da área, pênalti. Na cobrança, Nenê deslocou o goleiro Rafael Santos e fez o terceiro. 

E ainda houve tempo para mais. Em belo contra-ataque. Eder Luis tocou para Nenê, que serviu Riascos. Já sem goleiro, o atacante só rolou para a o fundo das redes, fechando o caixão do Madureira.

Alemanha derrota a Espanha, fatura o Europeu de handebol e vaga na Olimpíada

A Alemanha já está classificada ao torneio masculino de handebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. A equipe obteve a vaga ao conquistar o Campeonato Europeu da modalidade, derrotando na final a Espanha por 24 a 16, neste domingo, na Cracóvia, na Polônia. O bronze ficou com a Croácia, que passou pela Noruega por 31 a 24.

É o segundo título continental da Alemanha, que levou o Europeu também em 2004, quando derrotou na final a anfitriã Eslovênia. O Brasil, país-sede, a França, campeã mundial em 2015, a Argentina, vice-campeã dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, o Catar, vencedor do Pré-Olímpico da Ásia, e o Egito, campeão africano, são os outros times garantidos no Rio 2016.

As seis vagas restantes na chave masculina do handebol serão definidas no Pré-Olímpico mundial, realizado de 7 a 10 de abril. São 12 times divididos em três chaves. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

O Grupo A tem Polônia, Macedônia, Chile e Tunísia. O B, Espanha, Eslovênia, Irã e Suécia. O C, Noruega, Dinamarca, Bahrein e Croácia.

 Gazeta Esportiva

Lebron James lidera vitória dos Cavalliers sobre os Spurs na NBA

O confronto deste sábado não era fácil para o Cleveland Cavaliers, contra a perigosa equipe do San Antonio Spurs. No entanto graças à noite inspiradíssima do seu trio de estrelas, LeBron James, Kevin Love e Kyrie Irving, os Cavs despacharam um de seus rivais mais duros por 117 a 103, resultado que selou a quarta vitória seguida da equipe, líder da Conferência Leste.

LeBron foi sem dúvidas o grande nome do jogo, terminando como o cestinha da partida, com 29 pontos anotados. No entanto, seus companheiros também conseguiram números de se elogiar: Kevin Love deixou a quadra com um duplo duplo que contabilizou 21 pontos e 11 rebotes, mesma pontuação que fez Irving, ainda executando seis assistências.

No lado de San Antonio, Kawhi Leonard foi o grande nome, responsável por 24 pontos. Os Spurs não tiveram a presença de Tim Duncan, seu principal jogador, poupado por lesão no joelho.

O triunfo deixa os Cavs com uma sólida campanha de 34-12. Os Spurs não fazem feio no Oeste, e só não são os primeiros porque os Golden State Warriors ostentam um desempenho ainda mais impressionante que os seus 39-8, que lhe garantem a segunda colocação na Conferência.

Todos os jogos da NBA do último sábado:

Philadelphia Sixers 105 x 108 Golden State Warriors

Toronto Raptors 111 x 107 Detroit Pistons

New Orleans Pelicans 105 x 103 Brooklyn Nets

Houston Rockets 122 x 123 Washington Wizards

Memphis Grizzlies 121 x 117 Sacramento Kings

Cleveland Cavaliers 117 x 103 San Antonio Spurs

Indiana Pacers 109 x 105 Denver Nuggets

 Gazeta Esportiva

Taubaté goleia o Independente e assume a liderança da Série A2

O Taubaté aplicou a maior goleada no primeiro dia do Paulistão A2 Itaipava, neste sábado (30) e, por isso, lidera pelo saldo de gols. O time do Vale do Paraíba fez 5 a 1 em cima do Independente, tendo saldo de gols superior a de Bragantino e Guarani, que venceram fora de casa.

Com a goleada, o Taubaté ficou com quatro gols de saldo, contra três do Bragantino, que foi até Jundiaí e goleou o Paulista, por 4 a 1, e dois do Guarani, que também fora de casa, superou o Monte Azul, por 3 a 1.

Os outros dois jogos do dia terminaram empatas e sem gols. No estádio Plínio Marin, Votuporanguense e Marília, no período da tarde, e no estádio Oswaldo Scatena, igualdade entre Batatais e São Caetano.

Esta primeira rodada ainda vai ter mais cinco jogos domingo (31), dois pela manhã e três à tarde. O regulamento prevê turno único e depois a classificação à segunda fase dos oito melhores. De outro lado, os seis piores vão ser rebaixados para a Série A3, em 2017.

Confira os jogos da 1.ª rodada:

Sábado

Paulista 1 x 5 Bragantino
Monte Azul 1 x 3 Guarani
Taubaté 5 x 1 Independente
Votuporanguense 0 x 0 Marília
Batatais 0 x 0 São Caetano

Domingo
10 horas
Barretos x Portuguesa
Juventus x Penapolense

16 horas
Rio Branco x Santo André
Atlético Sorocaba x Mirassol

18h30
Velo Clube x União Barbarense

Sevilla bate o Levante e mantém 5º lugar no Espanhol

No primeiro jogo de domingo na Liga BBVA, o Sevilha recebeu e derrotou o Levante (3-1), numa partida em que o português Daniel Carriço não saiu do banco. A turma do sul de Espanha segue nos lugares de acesso à Liga Europa e já não perde há quatro jornadas.

O jogo não poderia ter começado melhor para os homens de Unai Emery. Logo no minuto inaugural, Kevin Gameiro inaugurou o marcador para os sevilhanos, aproveitando uma assistência de Iborra.

Mais gols só na segunda parte. Aos 47 minutos, os papéis inverteram-se: Kevin Gameiro assistiu e Vicente Iborra concretizou. Pouco depois, aos 55', Giuseppe Rossi reduziu para o Levante, mas o tento do jogador emprestado pela Fiorentina de pouco valeu, dado que Konoplyanka faturou o terceiro do Sevilha e resolveu o encontro, aos 76'.

Com este triunfo, o Sevilha somou a sua terceira vitória nas quatro últimas jornadas e segue lançado no quinto lugar da Liga BBVA, com 36 pontos amealhados, no primeiro lugar que dá acesso à Liga Europa.

Por seu turno, o Levante é último classificado, com apenas 17 pontos. Nada está perdido para os valencianos, mas as próximas jornadas terão que ser sinónimo de pontos amealhados. Caso contrário, a despromoção à Liga Adelante poderá tornar-se uma realidade incontornável.

Djokocic vence Murray e fatura o Hexa do Aberto da Austrália

O tenista sérvio Novak Djokovic, líder do 'ranking' mundial, venceu hoje, pela sexta vez, o Open da Austrália, primeiro 'Grand Slam' da temporada, numa final arbitrada pelo português Carlos Ramos.

Na segunda final consecutiva entre Djokovic e o britânico Andy Murray, segundo da hierarquia, o sérvio revalidou o título com um triunfo em três 'sets', pelos parciais de 6-1, 7-5 e 7-6 (7-3), em duas horas e 53 minutos.

Este foi o 31.º confronto entre os dois primeiros da classificação mundial, com Djokovic a reforçar o domínio nos frente a frente, somando a 22.ª vitória sobre o britânico.

Com Hat-trick de Oscar, Chelsea derrota o Milton Keynes Dons na FA CUP


Chelsea e Everton apuram-se para os 'oitavos' da Taça de Inglaterra

No terreno do Milton Keynes Dons, 20.º classificado da ‘Championship’ (segundo escalão), o Chelsea venceu por 5-1, com destaque um ‘hat-trick’ do brasileiro Oscar, alcançado na primeira parte, aos 15, 32 e 44 minutos.

O belga Hazard, aos 55 minutos, de grande penalidade, e Traore, avançado do Burkina Faso, aos 62, completaram a goleada.

Potter, aos 21, fez o único tento dos Dons, que nesta partida apresentou um ‘onze’ totalmente composto por jogadores britânicos.

Boavista empata com Braga e deixa a zona de degola do Português

O Boavista abandonou hoje os lugares de despromoção da I Liga portuguesa de futebol, ao empatar a zero na recepção ao Sporting de Braga, em encontro da 20.ª jornada.

Com este resultado, os ‘axadrezados’ ultrapassaram a Académica, somando os mesmos 17 pontos, mas melhor diferença de golos, enquanto os ‘arsenalistas’ mantiveram-se no quarto posto, agora com 36.

Os bracarenses acabaram reduzidos a 10 unidades, depois do vermelho direto a André Pinto, aos 78 minutos.

Lewandowski comanda triunfo do Bayern de Munique sobre o Hoffenheim na Bundesliga


Alemanha: 'Bis' de Lewandowski em novo triunfo do Bayern no campeonato

O Bayern Munique manteve hoje os oito pontos de vantagem sobre o Borussia Dortmund na liderança do campeonato alemão de futebol, após receber e vencer o Hoffenheim, por 2-0, com um ‘bis’ de Robert Lewandowski.

No encontro que encerrou a 19.ª jornada, o avançado polaco marcou aos 32 e 64 minutos e passou a somar 19 golos na ‘Bundesliga’, menos um que o gabonês Aubameyang, do Borussia Dortmund, que lidera a lista, com 20.

Com este triunfo, o Bayern continua a comandar a prova, com oito pontos de vantagem sobre o Dortmund, segundo classificado, numa campanha em que até agora apenas cedeu um empate e só por uma vez foi derrotado.

Na luta pelas competições europeias, o Wolfsburgo empatou 1-1 na receção ao Colónia e caiu para o sétimo lugar, a dois pontos dos lugares de acesso.

Com assistência de Vieirinha, Draxler colocou o Wolfsburg em vantagem, aos 67 minutos, mas o francês Modeste garantiu um ponto para o Colónia, aos 75.

Caen vence o Nice e encosta na zona de classificação para Liga Europa

Numa partida entre duas equipas muito próximas na tabela classificativa, o Caen superiorizou-se ao Nice (2-0), igualando a formação derrotada no quarto posto da Ligue 1.

O portista Ricardo Pereira foi titular no onze do Nice, que começou a perder logo aos 13 minutos, quando o francês Ronny Rodelin inaugurou a contenda para a equipa da casa.

O Caen manteve o seu ascendente e, à passagem dos 41 minutos, aproveitou uma grande-penalidade para se colocar mais tranquilo na frente do marcador: Andy Delort foi quem concretizou com sucesso.

Com este resultado, o Caen somou a sua segunda vitória consecutiva e curiosamente terminou com uma série de dois triunfos seguidos do Nice.

Ambas as equipas seguem com os mesmos 36 pontos, a três pontos do segundo Mónaco e a 24 pontos do líder destacadíssimo da Ligue 1, o quase tetracampeão Paris Saint-Germain. 

Paraná vence o CRB e conquista acesso para a Série A

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiro, o CRB perdeu para o Paraná por 1 a 0 na tarde deste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Ma...